Big Rigs: Over the Road Racing (filme)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desinopselogo2.png

Este artigo é parte do Desinopse, a sua coletânea de filmes rejeitados.

Big Rigs: Over the Road Racing
br: Os Caminhoneiros do Barulho (BR)
Bigrig poster.jpg
EUA
2009 • cor • 130 minutos
Direção Roger Corman
Roteiro Dick Miller
Elenco Shaquille O'Neal
Sylvester Stallone
Sean Connery
Christian Bale
Steve Buscemi
Gênero Ação


Cquote1.png VENCEDOR ! Cquote2.png
Rubens Ewald Filho sobre Big Rigs: Over the Road Racing (filme)

Big Rigs: Over the Road Racing foi um filme lançado em 2009, vagamente baseado no jogo de mesmo nome. A intenção era capitalizar o grande sucesso do game, na esperança de criar mais um VENCEDOR. Porém, vários erros técnicos levaram o filme ao total fracasso de crítica e público, sendo considerado um dos piores filmes baseados em videogames da história.

Sinopse[editar]

Spoiler5.JPG ATENÇÃO! O texto abaixo pode conter (ou não) um ou mais SPOILERS!

Ou seja, além de deixar o artigo com mais pressão aerodinâmica nas retas e mais estável nas curvas de alta, ele pode revelar, por exemplo, que Seiya fica numa cadeira de rodas, ou que Dil é um traveco.

Spoiler3.jpg

Sergey Titowski (Stallone) é um caminhoneiro russo que trabalha transportando batatas em seu Big Rig através de várias localidades no imenso território da União Soviética. Porém, como a história nos conta, um dia a URSS encontrou seu fim e Sergey se viu desempregado e com míseros centavos no bolso. Sergey percebe que a única coisa que sabe fazer é dirigir seu caminhão, e vendo que não teria mais condições de sustentar seu filho adolescente e retardado (Buscemi), Sergey foge para os Estados Unidos numa lancha roubada. Ao chegar lá ele encontra Jamal (O'Neal), um negão também caminhoneiro. Os dois se tornam grandes amigos, e Jamal coloca Sergey dentro de um lance de transporte de cargas ilegais comandado pelo mafioso italiano Paulie Leone (Bale).

A partir daí, o filme foca em Jamal e Sergey cruzando os Estados Unidos, de Nova York a Las Vegas, transportando toda sorte de carga ilegal da máfia enquanto fogem dos bloqueios policiais comandados pelo Sgt. Delano (Connery), que está decidido a deter os dois motoristas e pôr um fim nos negócios de Leone, colocando em risco o futuro de Sergey e sua família. Enquanto dirige pelos desertos americanos, Sergey se vê questionando seus valores pessoais, dando um toque emocional ao filme.

Recepção[editar]

Apesar de ter um roteiro que prometia e um elenco recheado de estrelas de Hollywood, Big Rigs: Over the Road Racing foi um completo fracasso de vendas e crítica. Tudo isso por ter sido lançado ainda incompleto, o que explica o fato de o filme só durar treze minutos, com outros destaques indo pro CGI malfeito, efeitos sonoros inexistentes, os caminhões violando as leis da física toda hora e vários momentos em que a imagem simplesmente desaparece.

O diretor Roger Corman alegou em sua defesa que a produtora cortou o orçamento sem aviso prévio e por isso ele teve que lançar o filme do jeito que estava. A recepção foi tão negativa que Big Rigs ganhou todos os Framboesa de Ouro ao mesmo tempo e acabou sendo banido pra sempre do círculo de filmes de Hollywood, sem direito a pedir recurso. Ainda assim alguns milhões de dólares, rublos e libras esterlinas foram arrecadados com o filme, que ganhou a admiração dos gamers mais saudosistas. Outros críticos elogiaram o filme pela sua simplicidade e sinceridade. Diz a lenda que Big Rigs ainda pode ser assistido em alguns cinemas drive-in no noroeste da Rússia, mas tudo não passa de boato.

Ver também[editar]

v d e h
Bigrigslogo.jpg