Borduguês:

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Bem-vindo(a) à Desziglobédia

A enziglobédia livre de gondeúdo e gue qualguer um bode edidar.

59 294 ardigos · 198 543 imagens

Ajuda

Embaijada

Bergundas

Bolítigas

Mídia

Gondribuir

Ardigo em destague
Chupe o Freud. Só assim terás toda as respostas da humanidade. (E uma possível dor no pescoço)

Piru-Litu ou Peru de Itu é um doce, onde tem uma bala em forma de bola e um palitinho pra você ficar segurando e fazendo um movimento nada normal em volta da sua boca até a bala se desfazer por completa ou as vezes soltar algum líquido que fica dentro dela...Ver também: Sexo oral.

Tudo começou nos tempos primórdios onde descobriram a principal utilização do órgão genital açúcar. Antes dela o homem ainda tinha muito essa "mania" de chupar as coisas, era um chupão na unha do pé (argh!), um chupão lá, acolá e assim vai. Com o descobrimento do açúcar extraído através da cana, o homem resolveu se especializar em criar algo doce para se ficar chupando no dia-dia.

O Primeiro pirulito provavelmente era feito de água e açúcar congelado, isso também deu origem ao primeiro sorvete. Com a inteligência (e maldasia) que o homem foi adquirindo aos longos dos anos, começou a criar a bala, não satisfeito resolveu colocar um pau na bala para ficar segurando e chupando. Surgia então o Pirulito. Mas não se sabe ao certo, de onde veio essa inspiração de segurar o pauzinho e chupar o doce (Juro que não sei).

Algumas mentes poluídas como você deve achar que toda essa história foi inspirada através do..da...do “chupão no Sr. Feliz”. Mas basta por sua mente para funcionar, o pirulito não tem nada semelhante com o que os homens têm entre as pernas. Talvez a verdadeira inspiração surgisse da famosa frase “Vão Chupar parafuso para virar prego”. Mas ai eu penso, da onde surgiu a inspiração para se chupar um parafuso?

Compartilhe: Compartilhe via Facebook Compartilhe via Twitter




Nezde dia...


Valando nizo, vozê zabia...


Imagem da vez
 
Abresentação
Batata desciclo sem texto.gif
Bem-vindo(a) à Desziglobédia, uma (dez)enziglobédia esgrida com a golaboração de zeus leidores. A Desziglobédia é um zite de humor debochado e seu gondeúdo não debe zer levado a zério. Dodas as nozas regras e bolídicas gonvergem para um só bringípio: zer engrazado e não abenas idioda. É um bringíbio amoral, mas que imblica numa édica subjagente. Significa que, no âmbito da Desziglobédia, só bodem ter brogedênzia as grítigas que se refiram à qualidade diverdida de um ardigo. Não tem, bordando, nenhum sendido dendar defender os méridos morais ou ardízdicos de algo que você gosta (banda, filme, personalidade, brograma, gâme, etc.) e que tenha zido zaganeado num ardigo da Desziglobédia. Ezas coizas não inderezam nem um honorável bouquinho aqui.


Bardizibação
Dodos bodem bublicar gondeúdo onrine desde que não sejam vândalos ou desresbeidem as regras. Dendre as diverzas báginas de ajuda à zua disbozizão, estão as que esbligam como griar um ardigo, edidar um ardigo ou inserir uma imagem. Em cazo de dúvidas, não hesite em bergundar e dar sua abnião.


Gomunidade
A gomunidade bem crezendo dia bós dia. Borém brezisamos de mais golaboradores para bodermos ambliar o número de ardigos em língua borduguesa e expandir, melhorar e gonzolidar os que já exisdem.


Brojetos irmãos
A Desziglobédia existe graças à entidade sem fins lucrativos Fundazam Desziglomidia. A Desziglomidia opera vários projetos em diversas línguas, sempre com gondeúdo livre:


Lista completaComeçar uma nova edição