Caim (livro)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Caim é o derradeiro livro de José Saramago, talvez foi por causa dele que Deus resolveu tirar a vida de José Saramago(ou não), com a mesma liguagem que usou em O Evangelho Segundo Jesus Cristo, Saramago dá seus pitacos em Deus e em outros personagens. A história passa desde dos primórdios da humanidade, e termina com Caim comendo matando todo mundo na Arca de Noé.

Quando publicado o livro sofreu duras críticas, principalmente da Carla Perez, Tiririca, Mulher Feijoada e por que não, da igreja Igreja Católica também, essa por última não devemos ressaltar aqui no artigo.


Enredo[editar]

Capa do livro, semelhante a capa de um DVD de Bollywood.
Pombopoo.jpg
ATENÇÃO! à partir de agora você vai ler(se souber ler) spoilers sobre esse livro.
Ou seja, além de você não ter o que fazer por aqui, você pode descobrir que Jesus Cristo come Maria Magdalena no Evangelho segundo Jesus Cristo
20100203221304!5 wikipedia-2-550x550.jpg

Tudo começa depois que Eva é pega fazendo sexo com uma cobra, logo depois é expulsa do Jardim do Edén junto com Adão, ambos vão morar em uma caverna fedorenda, depois que percebem que não podem viver só de sexo, decidem procurar comida, Eva então vai até o Jardim do Edén e então faz sexo com o anjo que ficava na portaria em troca de algumas frutas que lá tinham, desse evento nove meses depois nasce Abel, como se percebe Adão é o primeiro corno da história da humanidade.Algum tempo depois vem Caim, depois que Deus entra em sociedade com Caim(sem o conscentimento de Caim) o mesmo mata seu irmão, e depois Deus faz um trato com ele que ele andaria errante pelo mundo, Caim aceita e começa uma jornada sem noção, Caim faz sexo com todos que encontra pela frente, a história finalmente acaba quando Caim come Noé, na sua própria arca.

Linguagem[editar]

Assim como todos livros, você tem que redobrar a atenção caso queira entender alguma coisa, repleta de piadas e sempre escrevendo o nome de todos, inclusive Deus com minusculas.

Milhares de vírgulas pode ser encontradas, a seguir, um exemplo de como é a linguagem do livro:

Cquote1.png tu? vais beber o quê?,tem coca-cola?, tem, o demasiado dialogo, não parou por aqui. E então? vai beber o quê?, já disse, senhora, uma Coca-Cola, mas Coca-Cola está em falta, Como assim “em falta”?, em falta, conheces? em… falta! EM… FAL… TA!, Errr… mas a senhora disse que tem, então, tem, mas não há Cquote2.png

Recepção do público[editar]

Mesmo com as críticas, da Carla Perez, Tiririca, Mulher Feijoada entre outros, o livro foi baixado no MegaUpload no formato PDF mais de oito mil vezes no primeiro minuto depois que algum idiota teve o trabalho de scanear todas as páginas.

As quantidades de livros vendidos não se sabe o correto ainda, pois que estava contando era um português, e o mesmo só sabia contar até 5 e mesmo assim pulava o 3 sem querer.

v d e h
Livros de José Saramago