Cantor

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Icon tools.svg Cantor

Terdddror.jpg

Típica cantora no auge da carreira
Lema Sou artista!
O que faz Torrar teus ouvidos, fazer o delírio das guria retardadas, morrer de overdose,...
Utilidade Icon 00 percent.png Nenhuma
Popularidade Amado
Salário Alto Alto
Empresa Indústria da Música
Sindicato Dos Músicos
Profissionais Ilustres
Crystal Clear action bookmark.svg.png
Ariana Grande, Miley Cyrus, Justin Bieber, Selena Gomez, Jennifer Lopez, Britney Spears, Adele e todos os outros
Ex-Profissionais Freddie Mercury, John Lennon, Johnny Cash, Janis Joplin, Amy Winehouse e todos os outros que foram comer capim pela raiz
Na ficção Qualquer papel que permita passar uma cantora para cantriz
Animal Papagaio
Planta Maconha
Padrinho da Profissão
Male Icon.png
Elvis Presley
Madrinha da Profissão
Female Icon.png
Madonna


Cquote1.svg Você quis dizer: Pesadelo dos instrumentistas Cquote1.svg
Google sobre Cantor
Cquote1.svg Quim é u caintor?! Cquote2.svg
Tiririca sobre seu programa


Cantor é aquele profissional (sic) inútil cuja única utilidade é torrar os nossos ouvidos e encher o nosso saco.

Segundo o Boça, se trataria de um puta trabalhador honesto, no entanto, há teorias que contradizem esta afirmação, em especial algumas que dizem que rola o maior Teste do Sofá também no mundo musical.

Porque esta profissão é inútil?[editar]

Uma aspirante ao mundo da música mostrando os seus talentos orais vocais

Em primeiro lugar, é uma coisa que a exemplo de uma mulher gostosa posar nua, é completamente vulgar.

Em segundo, tem o fato de que qualquer burro poder posar de o cantor, ainda que seja na base do bundalelê organizado pelo Bengalelê Motumbo.

Além disso, há afirmações de que este descaminho seria uma forma de cabular noites e noites, facilitando a vida das putas pagas, dos bandidos e de outros seres cuja existência só é possível graças a gandaia.

Verdades sobre a profissão[editar]

  • Todo cantor já passou fome, ou, chegou perto;
  • Todo cantor tem um disco/CD cujo título é seu próprio nome;
  • Todo cantor já apareceu com roupas bizarras e ridículas em alguma capa de seus Discos/CDs;
  • Todo cantor já teve problemas amorosos por causa de sua profissão, explicando, quando ele era pobre, metade de suas namoradas achava a sua profissão coisa de vagabundo;
  • Todo cantor já teve problemas com sogras que achavam que sua profissão era coisa de vagabundo;
  • Todo cantor já teve problemas com sogros que imploravam para ele arranjar um emprego de VERDADE;
  • Todo cantor inicia sua carreira cantando músicas que não são suas;
  • E finalmente, todo cantor já cantou em um barzinho falido para um magnífico público de 5 bêbados e um garçom.

Utilizações no dia-a-dia[editar]

O Cantor já foi muito útil até os anos 80, tempos em que a tecnologia digital ainda não tinha dado grandes facilidades a vida dos DJs, que apesar de não saberem soltar o gogó, sabem dar uma batida melhor que muito cantorzinho meia boca.

Além disso, em geral é uma coisa que hoje é deixada de lado, a ponto de pedir para os pobres não comprarem CD pirata no intento de evitar a sua morte por inanição, uma vez que esta é uma profissão que já era, a não ser para alguns afortunados que fizeram sucesso graças ao famoso Teste do Sofá, gente como Rihanna e Beyonce por exemplo.