Canuto, o Grande (filme)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desinopselogo2.png

Este artigo é parte do Desinopse, a sua coletânea de filmes rejeitados.

Viggo Mortensen com uma maquiagem que o deixou completamente diferente

Canuto, o Grande é um filme de 2004 que conta a história de Canuto, o Grande, rei dinamarquês que invandiu a Inglaterra nos anos 1000. A direção do paranoico Oliver Stone foi a pior de todos os tempos e o filme foi um tremendo fracasso nas bilheterias.

Ficha técnica[editar]

  • Título original: Canute, the Great
  • Gênero: Biografia épica
  • Ano de lançamento: 2004
  • Direção: Oliver Stone
  • Roteiro: Knut Svensson (Não é o próprio)
  • Produção: Steven Spielberg
  • Estúdio: Warner Bros.
  • Orçamento: 143 milhões
  • Bilheteria: 11 milhões
  • Tempo de duração: 213 minutos

Elenco[editar]

Cena do combate da invasão na Inglaterra
  • Viggo Mortensen: Rei Canuto, o Grande
  • Kil Gore: Canuto, na infância
  • Christopher Lee: Svend, o Barba Louca
  • Scarlett Johansson: Hel
  • Catherine Zeta-Jones: Le
  • Monica Belucci: Escrava número 3, sem nome
  • Sophia Loren: Grunhilda
  • Keanu Reeves: Edmundo Braço de Ferro
  • Anthony Hopkins: Harald Dente-Azul
  • Stellan Skarsgard: Haroldo II
  • Clive Owen: Uhtred
  • Natalie Portman: Crystal Blonde
  • Liam Neeson: Marcos, o Umbro
  • Peter Perfect: Cel

Sinopse[editar]

O filme conta a trajetória do rei Canuto, o Grande, desde a época em que era um garotinho juvenil criado a leite de burra e carne de javali. Seu treinamento com os berserkers, a traição de seu pai, a golpe de estado contra si próprio, as batalhas na Inglaterra e sua morte.

Na verdade essa bosta de filme não mostra porcaria nenhuma disso. Mostra só uma história parecida com Coração Valente, mas com atores e personagens diferentes. Não tiveram nem a decência de criar um roteiro novo. Pegaram o roteiro de Coração Valente, jogaram no Word, mudaram umas palavrinhas, substituíram os personagens e criaram o roteiro para o filme Canuto, o Grande.

Curiosidades e premiações[editar]

  • O filme foi um tremendo fracasso de bilheteria. Arrecadou apenas 11 milhões nas bilheterias.
  • Oliver Stone foi indicado ao Framboesa de Ouro por pior direção.
  • Canuto, o Grande se revirou no túmulo após assistir a esse filme.

Ver também[editar]