Carpediemismo cogitoergosúmico

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Asclepius.png A Desciclopédia não é um consultório de medicuzinho.
Por isso, tome vergonha e vá procurar um para fazer seu check-up.
Bush-besta.jpg "Que burro! Dá zero pra ele!"

Este artigo é sobre algo ou alguém burro ou completamente imbecil.

Cuidado: as burrices podem te morder!


Cquote1.png Tu quoque, fili me Bruti! Cquote2.png
Júlio César ao ser apunhalado
Cquote1.png Eu quoque, fili puti! Cquote2.png
Brutus sobre citação acima.
Cquote1.png Ergo, cogito quae cogito Cquote2.png
Descartes sobre o Carpediemismo cogitoergosúmico.
Cquote1.png Porque a vida é agora Cquote2.png
Cartão Visa sobre a nobre aplicação da filosofia carpediêmica.
Cquote1.png Philosophiae cuum rolas est Cquote2.png
Alguém sobre este artigo.

O que é?[editar]

Doença que ataca os sistemas nervoso e genital, fazendo com que o afetado pense que sabe latim, que sabe literatura e que sabe filosofia. Considera-se que emos, fotologgers, blogueiros, maricotas, indies, falantes nativos do MiGuXeIx e meninas mal-comidas em geral são os principais grupos de risco da doença. Assim como a hepatite, a doença tem vários tipos, sendo notório o vírus Carpe Noctem, variante do Carpe Diem que ataca os Black emos.

Origens[editar]

Brutus e seu pai num momento de descontração.

Brutus foi o primeiro filósofo carpediemista de que se tem notícia. Após matar seu miguxo e pai putativo Júlio César, tentou se redimir com a humanidade escrevendo um livro de poemas em verso xoxônico, Filtro Solar ("Filtrum Solarium"). Inaugurava-se uma nova poética na literatura ocidental, segundo a qual o valor estético e profundo de um texto se avalia pela quantidade de verbos no modo imperativo. Essa nova estética permitiu o surgimento da cultura best-selleriana hollywoodcêntrica e a ascensão da Igreja Googleista.

Meios de disseminação e profilaxia[editar]

É um desafio para a medicina determinar por onde o vírus se propaga, já que o mesmo veículo que leva a contaminação a certa pessoa não contamina outra. Em todo caso, se você acha que já amadureceu - prova infalível de criancice -, é um pseudointectual, se encaixa nos grupos de risco ou é simplesmente da espécie Aborrescentis pentelhum, fique longe de O Mundo da Guria retardada, pare de ouvir CPM22 e não assista Melação.

Sintomas[editar]

  • Pagar um pau desmesurado para filmes piegas como Sociedade dos Poetas Mortos
  • Se entupir de romance burguês do século XIX mas dizer que é de esquerda
  • Enveredar pela carreira de Administração/Contabilidade/Turismo/Letras/Jornalismo/Direito/Marketing nos campi da FODERJ (Faculdade Odair Ernesto Júnior)
  • Autoajudismo
  • Politiquismo
  • Apolitiquismo
  • Budismo de almanaque.
  • Marxismo de almanaque.
  • Maquiavelismo de almanaque.
  • Olhacomosoumaduroesuperiorismo
  • Controlceveísmo
  • Whateverismo
  • Emices em geral
  • Ser analfabeto em português mas achar que pode aprender inglês
  • Escrever de um modo rebuscado, afetado, piegas, adjetivoso, adverbioso, folhetinesco, artificial e analfabeto
  • Falar de um modo rebuscado, afetado, piegas, adjetivoso, adverbioso, folhetinesco, artificial e analfabeto
  • Retrucatismo
  • Assistir novela das oito.
  • Acreditar na Revista Inveja
  • Não ser engraçado, apenas idiota
  • Ter perfil no Orkut com nome de um personagem literário (ou Byron, Edgar Allan Poe etc)
  • Ter perfil no Orkut com nomes tipo "Lestati"
  • Gostar de vampiros, lobisomens, bruxas e todo tipo de literatureca de 14a categoria tendo mais de 20 anos
  • De cada 10 participantes do Big Brother, 14 seguem a filosofia carpediemista

Imunidade[editar]

Algumas pessoas ganham anticorpos da natureza quando saem da aborrescência - o que na verdade é também é a única cura possível. Do contrário, o carpediemismo torna-se crônico, e devemos sacrificar o doente pelo bem da humanidade.