Catedral de Colônia

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Cquote1.png "Uma excepcional demonstração do ócio humano em dedicar seu tempo a fazer construções grandiosas e sem sentido Cquote2.png
UNESCO

A Catedral de Colônia é o local onde os arcebispos de Colônia, uma cidade alemã, ficam vendo o tempo passar e coçando o saco. Dedicada a Peter Pan e a Bloody Mary (Maria Sanguinária), a Catedral de Colônia é um dos monumentos mais conhecidos no oeste da Alemanha devido à falta de obras para ocupar o posto de construção grandiosa mais inútil. Muitos turistas gostam de ir à Colônia para observar a catedral, até perceberem que podiam fazer coisas que prestem (ou que não prestem) nesse tempo precioso.

A catedral é tão grande que até a foto saiu distorcida (ou será a própria catedral assim)?

Feita em estilo gótico, atrai muitos desses seres, causando problemas sociais na cidade. A preguiça dos pedreiros em fazer essa obra idiota grandiosa é tanta que ela demorou mais de mil anos para ser construída completamente, isso sem contar os feriados, fins de semana ,o horário do almoço e a noite. E ainda falta uma reforma de ampliação.

História[editar]

A área aonde hoje está a catedral havia sido ocupada há 200 anos atrás, por pequenas casas aonde moravam os bispos de Colônia. Mas eles eram muito ricos e não se satisfaziam com as casinhas. Eles queriam uma construção enorme, capaz de abrigar as festas e orgias dadas pelos arcebispos. Para isso, os caras precisavam de uma catedral inteira. A primeira a ser construída foi destruída, porque de tão alta serviu como para-raios e foi atingida por um relâmpago.

A eletricidade causou um incêndio. Os bispos sobreviventes, usando um grande esquema de corrupção na Igreja, arrecadaram fundos para as obras de uma nova catedral em cima da que foi destruída. Na hora de escolher s homens que fariam a construção, os bispos escolheram muito mal. Contrataram um bando de vagabundos, que não queriam saber de trabalhar, e não faziam nada (exceto nada).

Quando começavam as obras para a construção da catedral, minutos depois paravam e só voltavam ao trabalho na semana seguinte. A preguiça desses caras somada ao tamanho absurdo da igreja fez com que as obras durassem milênios. Nessa época, os habitantes de Colônia tinham que ir a outra cidade para rezarem. A demora chegou a ponto dos arcebispos ordenarem a interrupção da obra sem ela ter acabado, e deixaram a catedral assim.

Ela está incompleta até hoje, mas todos a preferem assim do que esperar mais zilhões de ânus anos para as obras terminarem definitivamente. E só de sacanagem, alguns moradores explodiram fogos de artifício dentro da catedral. O conserto demorou mais 50 anos. O dinheiro arrecadado com o turismo na catedral é destinado ao fim das obras, para que os moradores de Colônia finalmente possam rezar em uma igreja de verdade. Mas até lá vai demorar uns 500 anos.

Debaixo da catedral existe uma fabrica de cerveja artesanal ou seja ou fieis nem precisam ir até o bar mais próximo para poder encher o caneco. A julgar pelo tanto que o povo alemão é chegado numa cerveja a cervejaria é sem dúvida o ponto mais visitado.

Outra particularidade sobre a catedral é que supostamente, segundo a lenda local ela teria sido construída, ou melhor, "terminada" (terminada é o cacete), pelos duendes de colônia. A lenda conta que os duendes eram ajudantes do povo de colônia terminando á noite o que os habitantes começavam durante o dia.