Catedral de Naumburg

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Catedral de Naumburg é um grande enfeite localizado no centro da cidade de Naumburg, lá na Alemanha Central. Há muitos anos atrás foi uma catedral do protestantismo, mas não existe mais crente na Europa desde que todos os europeus viraram ateus, então catedrais como a de Naumburg passaram a ser só decoração.

História[editar]

A ideia de fazer esse negócio enorme numa cidadezinha qualquer do interior da Alemanha foi de um nobre chamado Ecardo I, que tinha que toda hora ficar corrigindo os outros que seu nome não era "Ricardo I", e decidiu que iria criar algo magnífico e marcante para que seu nome ficasse mais evidenciado. Como as principais cidades alemãs já tinham suas magníficas catedrais, ele escolheu um vilarejo escondido chamado Naumburg, onde mandou fazer uma catedral enorme no meio totalmente desproporcional ao restante da cidade. O seu plano não resultou em muito sucesso porque ninguém nunca ouviu falar dessa catedral, tanto que a UNESCO só tomou conhecimento dela em 2018.

E todo o trabalho de fazer essa catedral para ela durar só duas gerações na família Meissen, porque o filho de Ecardo I, o Escarrado II, casou-se justo com a Rainha Má da Branca de Neve, que embora muitos estudos dizem que era estéril, ela na verdade não queria engravidar por vaidade, evitar de ficar gorda. E sem descendentes, a Catedral de Naumburg foi parar nas mãos de algum episcopado.

Arquitetura[editar]

Se toda catedral dessa for um patrimônio mundial, então só a Alemanha e a França deveria ter uns 400 patrimônios a mais cada.

A catedral nos exibe uma mistura de arquitetura românica com gótica. E o que isso significa para nós? Porra nenhuma! Ninguém precisa saber dessas frescuras de movimentos artísticos pra saber que a Catedral de Naumburg é só uma catedral como todas outras da Europa, com aquelas torres que nãos ervem pra nada já que nenhum padre sobe lá, vidros enormes que também não tem utilidade e aquele teto que fica a 10 metros de altura cujas pinturas estão lá no alto mais como "easter eggs" do que propriamente como algo artístico, já que ninguém vai conseguir chegar tão alto pra apreciar essa arte. Originalmente construído em 1029 apenas em arquitetura românica, o que explica as enormes paredes de 10 metros que estão ali sem explicação, já que não existe tanto crente assim para algo tão grande ali, mas no ano de 1210 foi reformada e transformada numa catedral gótica, que era a nova modinha da época entre os jovens, ouvir The Cure e desenhar lápides de cemitérios nos edifícios.

Estátuas[editar]

Como arquitetonicamente é uma catedral como qualquer outra, o grande destaque desa catedral é sua decoração interior, não as pinturas que também são as mesmas que sempre vemos nas demais catedrais, mas sim porque ali estão nove estátuas extremamente realistas esculpidas por um pai de santo hoje conhecido apenas como "Mestre de Não Burro", um escultor anônimo que fazia mandingas e assim aprisionava a alma de pessoas em estátuas, o garantia um grande expressionismo para as suas obras que parecem vivas. A mais famosa estátua neste acervo é a estátua da Rainha Má da Branca de Neve.