Catherine (jogo)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Catherine (jogo) é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, Alguém vê mais uma calcinha em Soul Calibur.


Katherine com C
Catherine cover art.jpg

O dilema já começa sobre qual console escolher

Informações
Desenvolvedor Atlus
Publicador Atlus
Ano 2011
Gênero Puzzle
Plataformas PlayStation 3; Xbox 360
Avaliação 70%
Idade para jogar Livre, não rola peitinho como aparenta ter

Catherine é um jogo para pervertidos sem costumes cujo objetivo primordial é aprender a trair sua namorada, desenvolvida pela empresa de jogos infanto-juvenis Atlus com a supervisão de João Kleber. Embora a crítica especializada insista em classificar como jogo para adultos, sabemos que é um jogo voltado para o público adolescente leitor ávido de hentai, que obviamente vai se decepcionar com a propaganda enganosa do jogo porque não há uma cena de nudez total sequer. É só mais um daqueles estranhos jogos japoneses onde aprendemos o quanto o homem oriental é indeciso sobre sua sexualidade e seus compromissos. Vem em três dificuldades, sendo a Easy considerada difícil para quem quer ver apenas a história, a Normal considerada dificílima para quem é bom em resolver Sudoku e já zerou os 100 levels de Sokoban, e a Hard que são para os malucos de QI anormal.

História[editar]

A história, basicamente, resumida num screenshot.

Dizem que o enredo do jogo é muito bom e original, só porque não trata de algo como salvar o mundo, matar capangas alheios, perambular por telhados de cidades, escalar montanhas, atravessar mares ou qualquer coisa épica que tornam os jogos de videogame realmente legais e não apenas uma brincadeira de casinha. A história basicamente narra o dilema do protagonista Vincent entre duas mulheres de estilos bem distintos.

Vincent tem uma namorada chamada Katherine, uma nerd metida a professora gostosa que se mente estar grávida para forçar um casamento. Após essa introdução, Vincent aparece no bar o qual vai torrar a grana do seguro desemprego todas as noites, e lá encontra uma loirinha vestida de ligerie branca de renda, gostosa e com voz de menina virginal, chamada Catherine. Vicent bebe várias e várias doses de Coca-Cola com vodka eembriagadíssimo, ao voltar pra casa e dormir começa a ter pesadelos nos quais ele é um homem carneiro com cueca de corações (boiola) e ele tem a missão de subir uma escada gigante atravessando os mais bizarros obstáculos, e ao chegar no topo, ele acorda ao lado de Catherine, que é agora sua amante, e assim começa o desenrolar da história.

A partir de então o jogador terá que através de suas escolhas dar preferência para a namorada ou para a amante, enquanto a cada noite precisa enfrentar os repetitivos pesadelos de subir a escadaria infernal que não existe mente em perfeita sanidade que consiga passar aquilo em dificuldades elevadas.

Convenientemente em todas as manhãs Vincent acorda com amnésia alcoólica de maneira que o jogador jamais pode ver a cena hentai onde ele come a Catherine das formas mais pervertidas e deliciosas imagináveis.

Finais[editar]

Após atravessar as cansativas 9 noites de pesadelos, Vincente finalmente chega ao final do jogo, o qual nos oferece uma variedade de 8 finais diferentes, que na verdade são apenas basicamente 3: ficar com a Katherine (final ruim, pois é casamento); ficar com Catherine (final bom, pois ela é uma súcubus viciada em sexo); ou se descobrir gay (final secreto). Todos finais que variam detalhes entre si para serem 8, e no final das contas tudo o que você fez durante o gameplay resume-se à três perguntas finais.

Jogabilidade[editar]

Subir blocos? O jogo é isso?

O jogo conclui-se em 9 dias, e eles são basicamente formados por muita cutscene, uma noite de boemia sempre no mesmo bar, e uma madrugada de pesadelos

No bar o jogador pode beber, pode conversar com os mesmos desocupados de sempre que todo dia frequentam lá, pode atender o celular, ler os SMS que recebeu e responder de maneira amorosa ou estúpida. É a parte legal do jogo, porque é onde o jogador simula o quão filho da puta ou corno ele é.

Durante os pesadelos o estilo de gameplay muda, precisando o jogador subir uma enorme escadaria puxando blocos, empurrando blocos e morrendo muitas vezes para atingir o topo. Entre as fases daquela noite o jogador encontra uns carneiros antes de entrar num confessionário para responder perguntas realmente capciosas, do tipo "você ama dar o cu?" que definem a moral de Vincent para desenrolar do enredo na história que virá a acontecer assim que ele acordar na manhã seguinte.

Personagens[editar]

Recompensa por optar pelo lado caótico.
  • Vincente - O grande protagonista dessa historinha, um cara inseguro, mentiroso, cara-de-pau, com cabelo ruim de emo, que está sempre suando, e mesmo comendo duas mulheres gostosas passa os dias depressivo e indeciso sobre o que fazer da vida. Os pesadelos que sofre toda noite é uma maldição lançada por João Kleber sobre namorados infiéis, e só no último dia consegue livrar-se dessa sina ao optar por Catherine, Katherine ou a vida de forever alone.
  • Catherine - A putinha loira hentai causa de todos problemas (ou não) da vida de Vincent. Ela na verdade é uma súcubu, e por isso não tem vergonha de estar por aí vestindo apenas uma lingerie branca com um decote ousadíssimo e trepar com um cara logo no primeiro encontro por mais tapado, pobre, burro, boêmio e desinteressante que esse cara se demonstre ser. No final, além de tudo, se demonstra uma psicótica maluca caso seja recusada.
  • Katherine - Namorada de Vincent e metida a intelectual e certinha, mas mente uma gravidez para prender o cara e é tão ingênua que acredita que o namorado a traiu com uma loira gostosa imaginária porque ele foi amaldiçoado aleatoriamente por um dono de bar.
  • Orlando - Melhor amigo de Vincent, com quem se encontra frequentemente em banheiros para realizar o fetiche dos dois em cheirar resíduos masculinos para conversar mais inspirados.
  • Jonny - Um fumante que não tem a menor importância na história.
  • Toby - Moleque que do começo ao fim não ajuda em nada e não tem a menor ideia do que diabos está acontecendo.
  • Erica - Garçonete gostosa que dá mole pra todo mundo, e o único que se demonstra macho o bastante para comê-la foi o inútil do Toby que parecia ser o viado do quarteto de amigos.
  • Thomas Muton - O grande filho da puta responsável por toda essa baderna, parece mais um personagem renegado de Metal Gear. Dono do bar, na verdade é um empregado do João Kleber responsável por contratar Catherine para aplicar o teste de fidelidade em Vincente.