Centro da Terra

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Núcleo
Nucleo.jpg
Informações
Composição: Magma, que é pastoso mas feroz.
Função: Estabilidade da Terra (cura ressaca).
Inverno inexistete.

Centro da Terra é aquele lugarzinho pra onde algumas pessoas viajam algumas vezes, uma delas é o Júlio Verne, que por gostar tanto de se aprofundar na terra deveria be se chamar Júlio Verme. Ele mesmo deu depoimento de como seria o Centro da Terra e vamos falar desse registro e de ainda outros que desbravadores puderam descrever.

Como chegar[editar]

Assim como aqueles russos que disseram ter cavucado até encontrar o inferno, outras pessoas tiveram também esse privilégio de vencer a temperatura caótica das camadas mais profundas mas, encontraram lá coisas bem diferentes.

No caso dos russos eles puderam constatar gemidos e gritos do interior da Terra que os fez acreditar se tratar do inferno, bem dize eles que ficariam de filmar o inferno da próxima vez, para que todos pudessem ter imagens das torturas e não só a suposta gritaria. Alguns dizem que eles já conseguiram essas cenas mas, foram proibidos pelo capeta de divulgá-las sob pena de se caso eles fossem para lá um dia, não serem aceitos e ficarem no limbo ou umbral.

Os materiais para se conseguir a proeza de chegar ao centro da Terra, devem ser de um material tipo o do Chama do Ben 10, que esse personagem (o Chama, não o tonto do Ben Dez), já teve tempo em que fazia visitas periódicas à esse lugar mas, agora diz ter perdido a graça e se tornado um programa chato.

Não sendo como o Chama, os meteriais devem ser do tipo que não se fodem fundem facilmente, quer dizer que o ponto de ebulição mesmo deve ser para graus celsius muuuuuito acima de lugares como aquela bocetinha quente o Sertão Nordestino ou o deserto do Saara. Por sinal esses lugares são um freezer perto das temperaturas alcançadas quando se entra profundamente na mãe Terra.

O que fazer aí[editar]

Ambiente romântico.

Se caso se consiga chegar aí com uma espécie de nave bem resistentemente nóia a partir daí se pergunta: o que fazer aí? Primeiro, essa questão é difícil de responder porque o que há de bom para se fazer e encontrar está sobre a face e as coisa boas de se encontrar tipo as pedras e metais preciosos úteis ou apenas para impressionar as mulheres, estão a uma profundidade que nem chega perto do Magma, que seria o centro da Terra.

O que pelego faria se estivesse aí com uma nave? sair da nave ele não poderia senão se f... bonito (ou bem feio), mas suponhamos que essa nave pudesse colher materiais: O que se tiraria daí de aproveitável além de cimento para um concreto excelente? Sim o concreto de lava escaldante ao se esfriar é algo que se pode chamar de o concreto bonzão... mas, isso pode-se tirar dos vulcões em atividade com bem, mas beeeem menos risco.

O que resta então para fazer no Centro da Terra? Sim, realmente a questão é delicada, fervente e derretida, onde nem as minhocas que amam se aprofundar viram motivos para chegar tão longe ainda que capacidade não lhes falte. Falemos então de antes de chegarmos ao magma. Esses locais é que têm sido motivo de especulações e daí vem aqueles depoimentos bizarros e, Julio Verne, a verdadeira inspiração dos buracos de minhoca de Einstein, é um deles, que claro é ficção ma, sendo ficção científica algumas informações são uma bosta releventes.

Agora passemos à magica.

Um pouco aquém do centro[editar]

Tudo que quer entrar na Terra de forma muito tarada, acaba preso no núcleo.

Ninguém passa frio próximo ao centro e nem é preciso microondas para aquecer a comida. Essas são algumas das muitas vantagens do relato de quem diz ter ido, ou dos cientistas que fazem supositóriosções. Dessa forma algumas pessoas afirmam mesmo uma certa teoria que para seus elaboradores é completamente verdadeira, de que a mãe Terra seria oca (alguns consideram isso uma ofensa à mãe Terra) e que haveriam pessoas morando aí mas, não como aqueles russos relataram: almas padecendo no infernal centro da Terra mas, sim pessoas vivendo como na superfície: Seria a Teoria da Terra Oca.

Os contos de Júlio Verne são um pouco nessa ideia, embora ele diga ser oca até uma parte e esa teoria diga ser totalmente oca, e ao invés do magma haveria um sol interno... énnn...

Os filhotes ou personagens de Júlio Verne são desbravadores que encontram até mesmo cogumelos tipo Toad no centro da Terra porém gigantes por serem fósseis de tempos pré-históricos... isso porque os bobões daquele tempo ficaram com pena de comer aqueles champingionzões que nem eram venenosos, apenas para não agredir a natureza por isso mesmo não é bom ser assim tão ecológico, agora se a história do Júlio Verne tem a ver me diga o que vamos fazer com cogumelos de fósseis? Ora, seja um bom gari reciclando o lixo, não trafique joaninhas e fale sobre solucionar os problemas das queimadas, que já está bão o resto é exagero.

Também dizem que no centro da Terra se pode achar bichos gigantes e chifrudos mas, não aqueles capetas dos russos e sim mansinhos... portanto você que é chifrudo e mansinho se daria bem no lado de dentro do planeta, pode ir se quiser.