Centro de Convenções Ulysses Guimarães

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

O Centro de Convenções Ulysses Guimarães ou simplesmente Centro de Convenções de Brasília é mais um das centenas áreas disponíveis para exposições na capital federal. O centro de convenções (que também conta com um auditório) é um trambolhão que fica no meio do Eixo Monumental e foi inaugurado pelo dono do Distrito Federal, Joaquim Roriz, em 2005. O local foi construído para contribuir com enriquecimento da família Roriz e empreiteira por meios de aditivos extras para a realização da obra, já que próximo ao local já existem dois "auditórios" (o Clube do Choro e a Funarte) e um pavilhão de exposições (no Parque da Cidade). Esses locais foram completamente esquecidos depois da inauguração dessa grande obra, superfaturada como qualquer obra do Distrito Federal.

A obra[editar]

Ao fundo, parte do recinto a referenciado neste artigo.

Antes dessa obra faraônica, existia um centro de convenções bem acanhado no local. Com a mania de grandeza que os moradores do Distrito Federal e em especial o criador de toda aquela joça sempre teve, o local foi expandido elevada a 5ª potência até virar essa coisa cara que é hoje.

Depois de construído o local passou a receber eventos de variados de baixa relevância, como shows quase semanais do Lenine e vendas de ingresso para as piadas Olímpicas de 2016 e nada mais.

Ao mesmo tempo, o local praticamente aposentou todos os teatros e centros de exposições da cidade, pois o custo de manutenção dessa porcaria é altíssimo e não dá para mantê-lo com o Teatro Nacional. A possibilidade de ambos os locais receberem eventos rentáveis no mesmo dia é nula, os shows de ópera tem entrada franca e convenhamos que shows de MPB, onde só universitário público tem coragem de frequentar (só pagam meia), não vai render nunca. Só o custo de limpar as sujeiras que eles mesmos deixam, já vai toda a receita obtida na realização do show.

Ligações externas[editar]

Imagem googlônica do local