Cheap Trick

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Passarinho.jpg Este artigo é sobre um(a) artista, grupo musical ou uma banda.

Certamente, seus fãs idiotas alienados o odiarão!

Cheap Trick
Cheaptrick.jpg
Os nerds da banda
Origem Bedrock, Illinois
País gringo
Período Anos 70 - Atualmente
Gênero(s) rock brega
Gravadora(s) várias. Todas falidas
Integrante(s) Rick Nielsen, Bun E. Carlos, Robin Zander, Tom Petersson
Ex-integrante(s) sempre foram esses mesmos caras
Site oficial http://www.cheaptrick.com


Cquote1.png Quem? Cquote2.png
Roqueiro sobre Cheap Trick
Cquote1.png Esses caras são injustiçados. São a melhor banda de baladas metal que existe! Cquote2.png
Detonator sobre Cheap Trick
Cquote1.png Eles vão ter que me engolir! Cquote2.png
Rick Zagallo Nielsen sobre sucesso que demorou
Cquote1.png I waaant you to want me... Cquote2.png
Rick Nielsen, pedindo para você comprar qualquer disco da banda dele

Cheap Trick é uma banda de rock brega especializada em tocar aquelas baladinhas dos anos 70, que você conhece a música mas não lembra que elas são do Cheap Trick. A banda é formada por tiozões lunáticos foragidos de um hospício construído sobre um antigo cemitério indígena, os integrantes da banda são o travesti Robin Zander, o nerd extrovertido Rick Nielsen, o tímido e complexado Tom Petersson e o tiozão do churrasco Bun E. Carlos.

Os fãs de Cheap Trick são conhecidos como um dos mais fanáticos e fiéis que existem no mundo do rock, ainda mais por Cheap Trick ser uma banda underground que ninguém conhece, porém, todo roqueiro diz que adora o Cheap Trick, mas nunca deu conta de escutar nenhum CD da banda por inteiro.

Estilo de Música[editar]

Cheap Trick indo tocar em algum casamento.

O Cheap Trick é a primeira banda underground da história, as suas músicas misturam estilos de The Beatles misturado com Beethoven e por isso fazem boas músicas que enchem o saco.

Alguns discos ainda não passam de plágios de músicas de Elvis Presley, mas com uma batida mais roceira para disfarçar e ludibriar o centro de patentes. O único álbum verdadeiramente do Cheap Trick é o "All Shock Up" que eles produziram por acaso enquanto estavam em um dos churrascos promovidos por Carlos. O single "Surrender" também é genuíno do Cheap Trick que o desenvolveu para servir de música-tema para um monte de coisa.

Trajetória da Banda[editar]

Integrante da banda tocando a flauta de maneira diferente, como o Cheap Trick gosta.

Cheap Trick é a banda desconhecida de mais sucesso do mundo do rock. Tudo relacionado ao Cheap Trick é alternativo e desconhecido, alguns acham que a banda na verdade não existe, pois só acreditam vendo. Os CDs de Cheap Trick são impossíveis de se achar em uma loja discoteca convencional, ninguém sabe o que é Cheap Trick (acham que você os está xingando), até mesmo os programas e seriados que Cheap Trick faz a trilha sonora são coisas que ninguém nunca ouviu falar, como o programa The Colbert Report ou o seriado De Volta aos Anos 70 transmitido sem horário fixo pela BAND ou nas pequenas vinhetas com música na série Sobrenatural. Até os prêmios que o Cheap Trick tem são coisas totalmente desconhecidas como o tal do Chicago Chapter of NARAS Awards, até mesmo o país aonde fazem um sucesso estrondoso que são o Japão e a Albânia que não possuem nem tradição e nem gosto por música de qualidade. Rick Nielsen é um excelente guitarrista todos falam, mas quando você pergunta para alguém nomes de grandes guitarristas, o coitado do Rick Nielsen nunca é lembrado. Apesar de tudo isso, todo roqueiro sabe o que é Cheap Trick, já escutou Cheap Trick, diz que gosta de Cheap Trick e tem discos do Cheap Trick, mas na verdade pouco sabe da banda e nunca escuta os CDs que comprou.

Esses fatos renderam teses de doutorado em Harvard que teorizavam sobre a banda Cheap Trick nesse paradoxo de sucesso e insucesso que eles convivem.

Primeiros Anos (1968–1974)[editar]

Rick Nielsen no início da carreira, tocando durante a Segunda Guerra Mundial.

Tudo começou quando em 1961 o recém-nascido Rick Nielsen, o único músico mesmo do Cheap Trick, decide querer ser roqueiro porque ele como nerd, essa seria a única forma dele conseguir algumas garotas. Nielsen passa a colocar anúncio em jornais buscando pelos integrantes da banda.

Nielsen era um playboy e gastava toda a sua grana para investir em uma coleção de guitarras, que hoje chega a 4.000 exemplares diferentes. Tem semana que ele fica sem almoçar para gastar com alguma guitarra nova conheceu. Nielsen conheceu Petersson um mendigo que tocava gaita e juntos formaram a banda The Fuse em 1967, e lógico que aquele troço foi um fiasco.

O The Fuse amargava fracasso atrás de fracasso já que as músicas do Cheap Trick era tudo igual e sem noção de ritmo ou musicalidade, mas Nielsen, apesar de ter cara de mendigo, era ricaço e continuou bancando a banda. Posteriormente Nielsen estava em uma churrascaria goiana quando reparou que um dos churrasqueiros passava o tempo batucando panelas e assim Carlos foi chamado a integrar a banda e como vocalista um cantor sertanejo que ninguém mais lembra o nome começou improvisando.

Formação do Cheap Trick (1975)[editar]

Rick Nielsen e uma de suas guitarras diferentes com mensagem subliminar.

A banda estava até boa, mas o vocalista não tinha qualidade, foi então que Nielsen conheceu em uma boate gay Robin Zander, um carinha metido a Axl Rose (na verdade é o oposto, Axl Rose que é metido a Robin Zander). Ele também não era lá essas coisas como vocalista mas como ele começou a dar aquelas reboladas e fazer todo um jeitinho de mulher (atitude que roqueiros gostam) o Cheap Trick pôde ganhar mais reconhecimento.

O nome Cheap Trick em português significa "Truque Barato", é o que a banda é um truque, e também barata. Nielsen foi quem escolheu esse nome, na época em que o Fantástico revelava os truques do Mister M.

Sucesso no Japão (1978–1982)[editar]

Cheap Trick quando fez um show num presídio.

No início, os álbuns do Cheap Trick, por motivos óbvios, não ficaram nem entre os 100 mais vendidos nos Estados Unidos, mas o Cheap Trick tinha um grande sucesso e todos conheciam a banda, mas é que como o salário era meio apertado, na hora de escolher um disco do Led Zeppelin ou do Cheap Trick, todos optavam pela primeira opção.

Por algum motivo inexplicável o Cheap Trick alcançou o topo das paradas no Japão e (ilegalmente) na China, ganhando nesses países o álbum de platina, o de ouro, o de jade, o de diamante... E chegou no topo das paradas em países muito nada haver como Suécia e Guatemala.

Esse sucesso ficou explicado quando se relacionou o fato do Cheap Trick abrir os shows do John Lennon e Yoko Ono. O japonês que já se sabe, não entende nada de rock, achava que o Cheap Trick era os Beatles, o que na verdade, engana até alguns ocidentais de vez em quando.

Petersson cadê você!? (1981–1987)[editar]

Rick Nielsen consegue tocar 3 guitarras ao mesmo tempo, para assim compensar a falta de habilidade do restante da banda.

Em 1980 o Cheap Trick lançou o seu único disco que levou nota "Bom" (6,0) na crítica do jornal e vendeu alguma coisa. Foi o disco "All Shook Up". Esse disco foi produzido pela banda em momento de revolta, quando o personagem de RPG de Nielsen morreu, quando Carlos viu que havia comprado uma picanha vencida, quando Zender bagunçou o cabelo e quando Petersson perdeu seu personagem de Tibia que havia cultivado por tantos anos. All Shock Up saiu um disco revoltado e fez muito sucesso.

Depois desse grande sucesso, Petersson que sempre foi marrento decide dar o fora da banda se achando o tal e imaginando que poderia fazer sucesso em carreira solo.

Já o Cheap Trick continuou a lançar discos toscos, mas que conseguiam sucesso sem motivo aparente, mas na hora de conferir, ninguém conhecia esses discos, porém todos tinham esses discos do Cheap Trick em sua coleção, mas nunca os levavam para tocar na festa e assim por diante...

Durante essa época de ouro o Cheap Trick encontrou a sua vocação que é a de fazer trilhas sonoras para filmes bregas e assim fazer mais sucesso desconhecido. Alguns filmes que Cheap Trick já compôs a trilha sonora foram Top Gun, Psicose, 2001: Uma Odisséia no Espaço, Cheap Trick o Filme e Cheap Trick.

Depois de Tanto Tempo, Finalmente o Sucesso (1987–1997)[editar]

Rick Nielsen e sua guitarra imortal de 5 braços. 1 de 12 cordas, 1 de 6 cordas, 1 cavaquinho, 1 violino e 1 baixo.

Petersson, arrependido e devendo mais que o Zé Carioca, com a "bola" baixa volta para o Cheap Trick, que o recebe de braços abertos, pois a banda também estava em decadência sem um baixista médio.

Os caras do Cheap Trick ficaram enjoados de lançar discos líder de vendas sem sucesso e passaram a investir em shows e turnês, eles estavam sem ideias nem tempo para novas composições já que eles descobriram a nova onda dos nerds, Ragnarok. A banda virou indie (uma expressão que só surgiu na época, já que o Cheap Trick é indie desde sempre) e ficou viajando pelos Estados Unidos fazendo shows a céu aberto e promovendo churrascos beneficentes.

Depois de tocar por tanto tempo sem parar, finalmente as pessoas começam a saber o que é Cheap Trick e atualmente, um dos pré-requisitos para constatar se alguém é um bom roqueiro, ou não, é saber se ele conhece Cheap Trick. Em países subdesenvolvidos e pobres musicalmente como Brasil, o Cheap Trick ainda é uma incógnita.

Hora de Fazer Show pelo Mundo (1998–2003)[editar]

Robin Zander. Vocalista.

Já de saco cheio de ficar lançando álbuns e viajando pelos Estados Unidos, o Cheap Trick dessa vez passou a viajar pelo mundo, para levantar a alto-estima dos nerds com palestras de como ser bem-sucedido socialmente sem precisar deixar de jogar Tibia ou usar computador.

Os shows do Cheap Trick são famosos por sempre contarem com convidados especiais do rock internacional (geralmente aqueles que estão sem banda), todos para chamarem mais público e fazer mútua promoção entre as duas partes. Veja quem já melhorou os shows do Cheap Trick: Eddie Vedder, Slash, um cara que não conheço, Bob Dylan, David Gilmour, Chimbinha e um guitarrista desconhecido aí.

Seus cds são vendidos a preço de banana pela Amazon.com.

Atualmente (2003)[editar]

Rick Nielsen. Guitarrista e animador de palco.

Hoje, o Cheap Trick são um grupo de tiozões barrigudos viciados em cerveja que fazem a festa da garotada pois atualmente tiozões descolados estão na moda.

Eles também são quem fazem os sons do jogo voltado para o público nerd, Guitar Hero.

Legado[editar]

O Cheap Trick trouxe muito para o rock, mas como o mundo é injusto, eles tiveram todas as suas patentes roubadas, daqui a 50 anos ninguém mais vai saber quem foi Cheap Trick, ainda bem.

Instrumentos[editar]

Joguinho: "Encontre o Petersson"

O Cheap Trick é conhecido pelos seus instrumentos musicais exóticos que chamam mais a atenção em si, do que a música que sai deles.

Zander por exemplo toca uma guitarra de 13,5 cordas e um banjo disfarçado de guitarra elétrica. Já Petersson tem um baixo em formato de cavaquinho. Carlos tem uma bateria feita de panelas e outros instrumentos de cozinha e churrasco. Nielsen, o grande astro do Cheap Trick, colecionador de guitarras, possui a sua famosa guitarra de 5 braços, uma guitarra em forma de garotinho e uma guitarra de dez braços entre outras aberrações do rock.

Galeria de algumas das guitarras de Rick Nielsen:

Influência[editar]

Cheap Trick é uma das bandas que mais sofreram plágio na história do rock, ao lado de Bob Dylan e Pixies. Tudo quanto é banda de sucesso cita Cheap Trick como sua influência, o engraçado é que o Cheap Trick em si não fez tanto sucesso.

O Cheap Trick já influenciou diversas bandas, tanto que o Nirvana e Guns n' Roses na verdade são plágios do Cheap Trick com os direitos autorais pagos. O vocalista Robin Zender e seu jeitinho de mulherzinha e cabelos feitos teve seu estilo copiado descaradamente por Kurt Cobain e Axl Rose por exemplo.

Integrantes da Banda[editar]

Bun E. Carlos. Baterista. Exibindo seus espetos de churrasco.
Estrelinha, metido a bonzão da banda, na verdade é o que menos faz algo pelo Cheap Trick. Zender é aquele que dá autógrafos para as tietes do Cheap Trick (que são algumas velhas gordas). Começou a careira profissional como limpador de turbinas de avião até virar um Cheap Trick. Zander foi abduzido por alienígenas certa vez, que fizeram a patir dele vários clones para formarem a banda de insucesso Angra. Experimentou lançar um álbum solo, que vendeu 5 cópias.
  • Rick Nielsen - Guitarrista mesmo, nerd, tiozão e animador de palco.
O único que toca alguma coisa na banda é o inventor do jogo Guitar Hero. Toca desde que nasceu e tem 3 parafusos a menos na cabeça. Suas marcas registradas são seu boné de aba reta que se fundiu à sua cabeça, sua gravata borboleta (sim, dá pra tocar rock e parecer fodão usando uma dessas) e sua coleção de guitarras que é mais importante que a sua esposa.
Um dinamarquês que faz número na banda, entra mudo e sai calado e seu baixo é muito baixo, ninguém o escuta. Petersson toca nos Strokes nas horas vagas.
Treinado por anos na arte da cozinha uruguaia, é o grande responsável pela união da banda, esse tiozão do churrasco é o responsável pela organização das festas do churrasco do Cheap Trick. É atualmente o melhor churrasqueiro de picanha de toda a América, ele toca bateria usando espetos de churrasco batucando em panelas. É viciado em cerveja e especialista em ciência computacional, trabalhando de hacker barrigudo nas horas vagas. Carlos é também funcionário público.

Discografia[editar]

Novo integrante da banda. Papai Noel, o maior dos tiozões.

O Cheap Trick possui uma incrível falta de imaginação par dar nomes aos seus álbuns, sendo que os títulos não fazem sentido nenhum parecendo que foram escolhidos ao acaso, ou então se chama Cheap Trick, o nome mais "invocado" que a banda conseguiu imaginar.

A arte das capas dos álbuns também são de um mau gosto incrível. Veja a discografia do Cheap Trick e a nota que recebeu dos jornais:

  • Cheap Trick (5,0)
  • InColor (5,0)
  • Sky Tonight (5,0)
  • Dream Hospital (5,0)
  • Cheap Trick (5,0)
  • All Shook Up (6,0)
  • Twoon Two (5,0)
  • Cheap Trick (5,0)
  • Next Position Please (5,0)
  • Cheap Trick (5,0)
  • Cheap Trick (5,0)
  • Cheap Trick (5,0)
  • Standing on the Edge (5,0)
  • The Doctor (5,0)
  • Cheap Trick (5,0)
  • Lap of Luxury (5,0)
  • Busted (5,0)
  • The Greatest Hits I (5,0)
  • The Greatest Hits II (4,0)
  • The Greatest Hits III (3,0)
  • The Greatest Hits IV (2,0)
  • The Greatest Hits V (1,0)
  • Woke Up With A Monster (5,0)
  • Cheap Trick (5,0)
  • Special On (5,0)
  • Rockford (5,0)
  • Cheap Trick the Final Sound (5,0)