Combine (Half-Life)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Os Combine são um império intergalático avançado que apareceu primeiramente no Half-Life 2 para encher linguiça e continuar a história da franquia. São os maiores antagonistas do Half-Life 2 pra cima. Conseguem viajar entre planetas, conseguiram dominar a Terra, escravizar os humanos e tem tecnologia avançada, mas não conseguem de jeito nenhum matar o protagonista, afinal, ele é um protagonista de jogos. Invadiram a Terra por meio dos portais que Gordon Freeman abriu sem querer querendo.

História[editar]

Guardinha fidaputa prestes a derrubar a latinha e mandar você pegar, só pra ser atingido na cabeça pela mesma latinha.

Depois de Gordon Freeman explodir a churrasqueira de controle remoto no primeiro jogo, vários portais de Xen para a Terra (não confundir com Portal) se abriram. Foi aí que começou a putaria e suruba generalizada, com aquelas geleias ETs explorando o nosso vasto planeta, para a tristeza dos dedetizadores. Os Combine estavam com tédio, já que eram muito tecnológicos e já estavam cansados de escravizar planetas com aliens mais toscos que os zumbis do The Walking Dead. Com os portais, eles viram uma oportunidade de invadir o nosso planeta para interesse próprio, semelhante aos políticos da atualidade, que fazem de tudo pra entrar no governo e encher o cofrinho de porco localizado na Suíça.

Na invasão, a guerra começou entre o império e os humanos, só que como humano é só marketing, ainda mais os exércitos dos países desenvolvidos, a guerra só durou sete horas. Os Combine tem aquelas armas de laserzinho que ardem pra caralho e isso fez eles ganharem tão rápido. A partir daí é só tristeza, meu povo. O império se instalou no planeta, trouxe vários tipos de soldados, que embora sejam ceguetas pra caralho, são muito poderosos. Eles espalharam o verdadeiro e único comunismo no mundo, comunismo esse que nem mesmo o broxa do Karl Marx pensou alguma vez. Uma cidade caindo aos pedaços do Leste Europeu, a City 17, virou a principal base dos Combine e onde é localizada a Citadel, uma torre que é usada pro império se comunicar com os outros planetas. Serve pra pedir ajuda quando Gordon Freeman estiver destruindo tudo.

The Uprising[editar]

Depois da explosão de Nova Prospekt, uma prisão de segurança mínima em que Eli Vance, o líder da Resistência, estava antes de ser levado forçadamente pra outro lugar (não dá pra resgatar alguém antes de bastante drama...), a Resistência começou a revolta popular e a fazer baderna pelo mundo, tirando força do cu pra isso, já que eles só se fodem ao longo da franquia. Essa batalha resultou em algumas vitórias para a Resistência, como em Overwatch Nexus, um lugar que antes era do governo terráqueo (que a essa hora estão a sete palmos do chão), onde foi desativado um dispositivo que impedia os humanos de ter filhos (sic) para os Combine terem ainda mais poder sobre os humanos e fazer falir as empresas de camisinha e assim dominar a indústria mundial.

Tipos de soldados[editar]

  • Civil Protection: Os gados que têm que ficar nas cidades garantindo a ordem e o progresso, ou seja, ficam nas cidades dando cacetada em vacilão. São compostos de aliens de outros planetas, ou de humanos espertos que resolveram trabalhar como esse tipo de soldado, ganhando um pouco mais além de migalhas, que são oferecidas aos cidadãos.
  • Overwatch Soldier: Os primeiros soldados com armas de verdade. É o tipo que mais se encontra no jogo e são desses fregueses que a gente pega a maioria das armas do jogo. Não são um grande problema mas são irritantes pra boné.
  • Overwatch Elite: São a alta elite da vesguice e são também os mais perigosos soldados. São muito tunados para proteger a Citadel ou liderar um esquadrão com os soldados normais (cones), que com certeza só atrapalham o cara mais experiente.
v d e h
Half-Life logo.png