Cubo Negro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
O que deveria ter sido o cubo negro.

Cubo negro (e não cubo mágico, Cubos de José ou Cubo Cósmico, ou mesmo caixa preta) é uma porcaria preta que fica em uma das infinitas salas do Castelo Rá-Tim-Bum. Na lógica, ninguém saberia pra que diabos serve essa porcaria. Acho que nem os babacas que moram no castelo sabem.

Criação[editar]

Foi criado pelas indústrias ACME, as mesmas que inventam aquelas tralhas velhas pro Coyote. Quando o anônimo (por vergonha opção) que criou essa josta a criou, ele queria fazer uma bola quadrada pro Kiko, mas infelizmente tal coisa não foi bem sucedida, devido a suas crises de abstinência, dando origem a um verdadeiro cubo psicodélico, que fica passando um monte de imagens malucas, caleidoscópicas, lisérgicas. O tipo de coisa que você costuma ver quando acorda.

Função[editar]

Deixar os doidos que abrem esse cubo muito doidões, tentando descobrir o que diabos vai aparecer no cubo. Aliás, muitas coisas nesse castelo são estranhas, ninguém sabe ao certo todas elas. Afinal, não é em todo lugar que você fala com cobras, sapatos e relógios.

Dentro de um cubo negro você verá...[editar]

Qualquer coisa que você imaginar, ou até o que você nem imagina. Lá podem aparecer:

E tudo o mais que não existe, pelo menos segundo o Padre Quevedo.

O que eu ganho com um cubo negro?[editar]

Não sei. Aliás, tenho que parar de escrever esse artigo logo, antes que digam que estou fazendo humor negro, ou melhor, humor afro-descendente.

Ver também[editar]