Dailymotion

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Erro ao criar miniatura: Não foi possível salvar a miniatura no destino
Erro ao criar miniatura: Não foi possível salvar a miniatura no destino
Atenção!
Erro ao criar miniatura: Não foi possível salvar a miniatura no destino

Você caiu em uma cilada. Um vírus está sendo baixado para seu computador enquanto você está lendo isto.

Erro ao criar miniatura: Não foi possível salvar a miniatura no destino


Erro ao criar miniatura: Não foi possível salvar a miniatura no destino

Cquote1.png Você quis dizer: RedTube disfarçado? Cquote2.png
Google sobre Dailymotion
Cquote1.png Você quis dizer: Meio termo entre YouPorn e YouTube? Cquote2.png
Google sobre Dailymotion
Cquote1.png Porra, deu pau no meu pc outra vez!! Cquote2.png
Você quando entrou no Dailymotion para procurar putaria
Cquote1.png Que site legal, filho!! Eu acho que vou ver se tem algum vídeo interessante... Cquote2.png
Tua mãe ao pegar você vendo o Dailymotion
Cquote1.png Mas o que é isso!! Então você tava vendo putaria, seu safado? Você merece umas boas chineladas na bunda!! Cquote2.png
Tua mãe ao ver que o Dailymotion não é o que parecia ser

Um típico vídeo do Dailymotion que parece inocente. Mas...

Dailymotion é mais um desses sites da internet que, apesar de não ser grandiosamente conhecido, todos os punheteiros já ouviram falar. Isso se deve ao fato do Dailymotion ser um site de putaria que é disfarçado, sendo que, ao invés dos milhares e milhares de spans penianos e de imagens de mulheres dando a bunda sem nenhuma censura, o Dailymotion tem uma fachada limpa, sendo que apenas aparecem alguns vídeos livres de pornografia do lado direito da tela.

Início[editar]

Dailymotion, mostrando que é um site bastante educacional.

Segundo os espertalhões da Uikipédia, o Dailymotion surgiu na Argentina da Europa, criado por alguns franceses que estavam de saco cheio de serem pegos pelas mães vendo vídeos gays na internet, e não terem nem justificativa, afinal, esses sites, além de terem mais de 8000 imagens pornô em tudo que é canto da tela, também abrem diversas telas com spans, o que torna impossível escapar, pois ninguém consegue fechar mais de 8000 telas em apenas dois segundos.

Nos primeiros dias de funcionamento do Dailymotion, os franceses resolveram evitar colocar muita putaria, e apenas colocavam vídeos de coisas que ninguém quer ver, como por exemplo, uma disputa de velocidade entre uma lesma e o Rubinho. Porém, com vídeos desse naipe, o Dailymotion não fez sucesso, e, se não fosse feito algo à respeito, o site iria quebrar mais rápido que o carro do Felipe Massa.

Como os criadores do Dailymotion não tinham grandes condições financeiras, eles começaram colocando vídeos pornô amadores, costumeiramente da tua mãe fazendo "favores" para o vizinho. Porém, com aquele problema das mães, os criadores colocavam os vídeos de maneira secreta, sendo que apenas os punheteiros que pesquisassem no Google por putaria conseguiam encontrar. Eles pensaram que eles iriam fazer sucesso, mas eles não contavam com sua astúcia que existissem tantos punheteiros no mundo, e que eles iriam acessar tanto o site. Como o número de punheteiros era extratosfericamente gigantesco, em muito pouco tempo o Dailymotion virou um sucesso internacional, sendo um dos mais vistos no mundo. Haaaaaja energia por parte dos punheteiros.

Funcionamento[editar]

Basicamente, para assistir os vídeos do Dailymotion, basta entrar no site, escolher um vídeo e fazer igual você faz no RedTube (Não me diga!!). Porém, temos que lembrar que a página principal do Dailymotion é apenas uma grande fachada. Ou seja, se você acha que vai encontrar o que queria na página principal, desista.

Para a sua decepção, nem existem links para os vídeos de putaria. MWAHAHAHAHAHA!. Ou seja, o único modo de se chegar no Baú de David Jones do Dailymotion é jogando no Google o tipo de vídeo homo que você quer, e depois rezar para que o Dailymotion esteja na lista.

Cita3.pngAh, muito complicado... Não gostei!!Cita4.png
Você

Ver também[editar]

Ligações externas[editar]