Daltônico

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Asclepius.png A Desciclopédia não é um consultório de medicuzinho.
Por isso, tome vergonha e vá procurar um para fazer seu check-up.

Daltônico é, basicamente, aquele que não enxerga determinada faixa de cores, seja ela cintilante, quente, fria, belga, celta, extremista, comunista, socialista, capitalistas, burguesa, barroca, de esquerda, de direita, centroavante, emo, marciana, empirista, que brilha no escuro, que brilha no claro, que não brilha, que finge que brilha mas não brilha, que finge que não brilha mas brilha, imparcial, completa, incompleta, entre outros.

Eles expecionalmente enxergam apenas a cor-de-burro-quando-foge, que não se encaixa em nenhuma dessas classificações.

daltônico que venceu o cubo mágico

Surgimento[editar]

O primeiro daltônico surgiu em meados do século X,II. Quando um homem chamado Dalton estava criando bastões de energia e chapas de energia negativa e positiva para inventar o raio X, ele acidentalmente foi coçar o olho com a mão suja de fluido radioativo. Como os átomos radioativos tem o costume de bater em outros átomos e células, Dalton sofreu uma mutação.

A terrível mutação genética do mal[editar]

Dalton não mais sentia suas pernas. Ele mal podia parar em pé e respirar ao mesmo tempo. as emoções que ele sentia eram indescritíveis. Então ele desmaia. Após certo tempo, quando sua empregada doméstica crequenta o acorda, ele percebe que não consegue mais distinguir cores. Percebeu que havia sofrido uma mutação.

Efeitos[editar]

Dalton, apesar de ter 12 anos na época, já havia experimentado todos os tipos de drogas entorpecentes e não entorpecentes, por isso ele sentiu uma sensação de déjà vu. Ele percebeu que a mutação servia como uma droga de longa duração.

Transmissão[editar]

Essa doença é genética. Por isso pode ser transmitida através do contato com geneticistas. Também pode ser transmitida pelo cheiramento de gatinhos. Claro, apenas se você cheirar o mesmo gatinho de alguém infectado.

Sintomas[editar]

Daltonico.jpg

Os sintomas dessa doença são:

  • Não distinguimento analítico de cores comuns aos seres humanos comuns
  • Fortes dores na omoplata direita subversiva
  • Menstruação anal
  • Olhos puxados e que não abrem nunca

Até hoje não foi conhecido nenhum caso que algum daltônico tenha sobrevivido a doença. Eles ficam doidões até a morte.

Ver também[editar]