Defloração

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.


No Wikipedia.png QUEBRARAM A CARA!

Os espertalhões da Wikipédia NÃO têm um artigo sobre Defloração.

DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...

Cquote1.svg Acho isso uma puta falta de sacanagem. Cquote2.svg
Guria fã do Restart sobre Defloração
Cquote1.svg AAAIII! Cquote2.svg
Guria Retardada sobre o que ela sente neste momento único
Cquote1.svg Vai querer deflorar é a jumenta da sua mãe, seu escroto do caralho. Cquote2.svg
Dercy Gonçalves sobre Defloração
Cquote1.svg Forró de arrastão! Adoro! Cquote2.svg
Carla Perez sobre Defloração
Cquote1.svg Na União Soviética, a guria retardada deflora VOCÊ! Cquote2.svg
Reversal Russa sobre Defloração

Defloração é o nome que se dá a página de entrada de uma mulher no mundo do sexo, sendo o nome atribuído para esta relação, onde na maioria das vezes há o rompimento do HIMEM.SYS, também conhecido pelos nomes de hímen e de cabaço, o que seria considerado a pedra fundamental da perda da virgindade, muito valorizada por religiosos, por punheteiros e por tarados em geral, em especial por ser uma coisa considerada como santa por tais correntes, em especial pelo risco ínfimo de se transmitir DSTs ou mesmo o vírus da AIDS para os mesmos (ou não).

Como se pode ver, se trata de um pano que rende muito pano para a manga, se tendo toda uma tradição em torno da exploração disso para efeitos de controle social por parte do Grande Irmão, sendo ao fim é uma das marcas registradas da passagem da vadiagem sem rumo da infância e da adolescência para a vida adulta, ainda que muitos digam o contrário.

Observação importante: Hímen NÃO É VIRGINDADE, essa asociação é comum em pessoas imbecis, fanaticos religiosos (nao vi diferença), e desinformados em geral, têm mulher que nasce sem e outras que rompem essa pelezinha durante o crescimento, e existem outras que nao rompem nunca, por mais que transem, e é possivel remover de milhares de formas diferentes, seja com masturbação ou cirurgia, tem gente por ai que pede pros medicos removerem quando o bebe ainda é recém nascido.

Origem do nome[editar]

Pode não parecer, mas estas flores tem a ver (ou não) com o assunto que a gente está tratando aqui.

O nome teria surgido da construção dos termos Dê, do verbo dar, em composição feita de forma ligada aos substantivos flor, que neste caso se referiria por analogia a área vaginal e ação, que teria a ver com o ato em si, que é de muito agrado para pessoas paranoicas, tais como o Narrador da Sessão da Tarde por exemplo.

É fato que nesta soma, formada inteligentemente por estes três termos simbolizaria o que ao fim seria esta primeira relação, na qual a mulher em teoria entraria virgem e sairia puta da vida, em especial pelos fortes efeitos colaterais, que só tem paralelos na dor do parto, no cheiramento de gatinhos e no uso de outras dorgas, como Cogumelos Alucinógenos e Crack, que por si só tem efeitos bem mais devastadores sobre o corpo humano, em especial no que tange a guria retardada que é alvo de tal ação invasiva por parte do material peniano.

Segundo informações passadas por adeptos da teoria da conspiração, haveria uma mensagem subliminar na hora de se dar flores de presente para uma mulher, sendo estas um indicativo do nível de desejo a nível sexual, sendo a rosa vermelha o símbolo do desejo de se tocar por dentro com uma penetração semelhante a da Defloração, a rosa amarela o desejo de sentir a pele da mulher a quem é dedicado tal buquê e a rosa branca o desejo de simplesmente esporrar em cima da garota alvo do desejo do punheteiro, que muitas vezes faria isso de caso pensado, na tentativa de quem sabe agradar a guria retardada e arrastá-la para uma noite caliente na cama, na medida do possível cheia de putaria.

No entanto, outras fontes desmentem tal teoria, ainda que concordem que as flores tenham a ver com o desejo sexual de descobrir as partes intimas da garota alvo de tal investida, sendo preparadas poesias em especial para agradar (com muita viadagem) e deixar tal oferecimento um pouco menos ordinário e com o mínimo de elegância possível no que tange as relações sociais.

Convém lembrar que o mais importante é a conquista do indivíduo alvo da investida, até para a garantia dos prazeres a nível sexual, que ao fim é o que é o desejado em meio a este jogo de paqueras e de badalação, onde a entrada na roda é algo temporário e efêmero, sendo apenas parte do jogo no rumo de um relacionamento estável, ainda que se diga o contrário.

No que se baseia a defloração[editar]

Basicamente, a defloração se baseia no rompimento do hímen, em geral resultante da primeira relação sexual, mas que pode ocorrer também de outras formas que não a via sexual, em uma relação sexual posterior ou até no parto, dependendo-se neste caso apenas da elasticidade desta membrana, voltada a proteger a vagina da entrada de possíveis microorganismos que pudessem comprometer a fertilidade (ou não) e também como uma barreira física a penetração do pênis, em especial antes da puberdade.

Além disso, há casos relatados e documentados de mulheres que nasceram sem o hímen, para as quais a tal virgindade depende da declaração da mesma, não podendo ser comprovada pelos olhares alheios ao das mesmas, que dependem da sua própria palavra para provarem que seriam virgens ou não, ainda que gente como você pouco ligue para isso na prática, querendo mais uma bela de uma foda mesmo.

De qualquer forma, o fato é que tal momento é tão valorizado por sua raridade a ponto de religiões explorarem tal marco de passagem para a vida adulta, no intento claro de garantir seus trocos e também poder sobre a multidão de alienados que seguem as mesmas, a ponto de explorarem bastante a questão do casamento para efeitos de preservação e garantia da contenção sexual entre a sociedade chata e completamente egoista do mundo real, como trataremos adiante.

Já que atiçamos sua curiosidade e considerando que tanto pelo lado dos marmanjos quanto pelo das moçoilas se tenha várias dúvidas quanto a esta foda inicial, desenvolvemos adiante dois contextos, sendo eles direcionados para os dois públicos e que estão abaixo para serem apreciados com muito gozo, nem que seja o da masturbação por exemplo.

Defloração para os Marmanjos[editar]

Algumas pessoas veem o rompimento do frênulo prepucial (freio do pênis) como uma forma de defloração masculina. Isso não esta completamente errado, pois alguns homens realmente rompem o freio, mas é mais comum disso ocorrer na masturbaçao. Assim como o himen, nem sempre se rompe, tambem pode provocar uma certa dor, e se o garoto for um fracassado ele vai broxar e ter chilique porque rasgou uma pele inutil do pinto. Entretanto essa "cultura" não é muito comum, simplismente porque o homem que manda nessa porra de mundo, e ele nao iria querer o universo se metendo na virgindade dele, por isso só as mulheres se fodem, alias os judeus retiram o prepúcio e com isso o freio logo no 8 dia de vida, assim a palavra de que é virgem vale mais do que uma prova de cabaço, no caso do homem.

Mas voltando a falar da defloração feminina, é possível que você, marmanjão malandro tenso, possa gozar em meio a defloração de uma moçoila do sexo feminino, o que ao final pode ser uma experiência muito gostosa, em especial se considerando o gozo adicional pelo maior aperto da xota virginal.

Considerando tais fatores, damos dicas abaixo para que vocês possam curtir essa trepada especial, que tem lugar apenas uma vez na vida da garota ou não.

Como conseguir uma defloração?[editar]

Tua Prima, a forma mais prática e menos tortuosa de conseguir uma defloração sem grandes complicações.

Em geral, será difícil para você conseguir isso por parte de uma garota maior de idade, uma vez que em geral, mesmo as garotas mais conservadoras em geral já tiveram um dia de sacanagem a esta altura da vida, sendo por isso mesmo a defloração de garotas adultas uma coisa tão fácil quanto encontrar o caminho para o Acre.

E ainda que você encontre um desses verdadeiros micos azuis perdidos por ai, na maioria das vezes insistir na vontade da trepada não vale a pena, em geral por esse espécime do tipo mulher em geral estar ensandecido por conta de ideologias religiosas do tempo de 1900 e guaraná com rolha, coisa que ao fim não facilita nada para você, que só vai conseguir este prazer assinando um pedido de casamento, tanto no civil quanto no religioso.

Além disso, uma deflorada não se pode voltar atrás a não ser talvez (ou não) com uma cirurgia de caráter estético completamente inútil que é oferecida somente por parte de clínicas de cirurgia plástica, que obviamente cobram uma nota por isso, coisa que mulher praticamente nenhuma está disposta a pagar, a não ser em países onde a virgindade seja considerada como valor fundamental de moral, como o Irã e o Afeganistão por exemplo.

Isso sem contar com o fato de que é completamente desaconselhável que idiotas como você peguem menininhas de 13 anos para baixo, sob pena de entrarem para o panteão formado por Michael Jackson, Pedo Bear, Padres, comunistas e outros comedores de criancinhas, que em geral são enquadrados pelo crime de pedofilia, sendo por isso mesmo uma coisa contra indicada a não ser que você queira pagar uma de mulherzinha na prisão, correndo inclusive o risco de ser morto na cadeia por conta da busca de atiçar mais esse lado de sua taradice.

Para completar, ainda há um enorme risco de pais da garota, independentemente dela ser maior de idade ou não, acabarem por virar a cara para a possibilidade que você e a garota com a qual você está a fim de satisfazer suas taras, até por no fundo virem a garota como uma santa inocente que só deveria ser entregue em troca de um prêmio bem grande, tipo um casamento por exemplo, coisa que pode não estar (ainda) nos seus planos.

Considerando todos estes fatores que pesam na hora de escolher a vítima garota para satisfazer a sua tara, recomendamos, na medida do possível, que você pegue alguém como uma prima entre 14 e 17 anos por exemplo e com ela aproveite esse momento único, a não ser que um outro primo tenha aproveitado ela antes de você, te deixando na vontade (MWAHAHAHAHAHA!).

Um conjunto de garotas das quais se possível você gostaria de ter uma defloração, mas que se não fosse possível, você gostaria de ter só no sexo mesmo... Ou não!

Além disso, é importante observar os seguintes sinais para poder confirmar se você está com uma garota virgem que pode ser deflorada ou não, que são os seguintes:

  • Relacionamentos: Uma garota romântica, mas que não tenha tido um namoro sério de longo prazo, tem mais chances de ser virgem do que uma garota mais liberal ou que já tenha tido um relacionamento sério de namoro, onde a tentação tende a correr mais forte e o desejo tende a ser tratado com mais naturalidade (ou não).
  • Beleza: Neste caso, não há meio termo, sendo que tem de ser ou muito bonita (Quente!) ou muito feia (Fria!) para garantir a virgindade por mais tempo, uma vez que as garotas muito bonitas no geral são muito desejadas pelos tocadores de punheta, mas em geral são vistas como inatingiveis por parte dos paqueradores, enquanto que as feias são aquele tipo que ninguém quer, sendo por isso mesmo um fator a mais para que ela (ainda) não esteja na roda das defloradas.
  • Timidez: Uma garota timida tem mais chance em potencial de ser virgem do que uma garota descolada, em especial por conta disso dificultar os relacionamentos e por fim torná-las inatingiveis aos paqueras.
  • Outros focos: Se a garota só pensa em fazer faculdade, em ler livros ou em fazer coisas que tem pouco ou nada a ver com sexo, a possibilidade de ela ser virgem é bem maior do que se ela fosse uma pessoa que se dedicasse mais a curtir uma balada e os prazeres da vida.
  • Expressão franca de virgindade: Se a garota fala abertamente que é virgem como se isso fosse uma coisa boa, pode ter uma garantia de que ela é mesmo virgem e se ela expressa medo de que o sexo possa doer é bem provável que ela seja virgem também ou talvez já tenha passado por uma dolorosa experiência na defloração que ela quer esquecer, o que dá quase que no mesmo.
  • Religião: Se a garota for muito religiosa, há grande possibilidade de que ela ainda seja virgem mesmo depois de anos e anos de relacionamento, sendo que neste caso só casando ou então dando esperanças do casamento como proposta tangível no curto prazo.
  • Família: Se a família for tão conservadora a ponto de ser repressora dos desejos da filhota e ela não tiver o tipo rebelde, é bem provável que você esteja frente a frente com uma virgem, mas nesse caso, se recomenda cuidado, pois uma investida mais forte pode causar confusões que até Deus duvida.

Isso sem contar que é importante que ela consinta na relação sexual, o que pode ser uma dor de cabeça a mais na hora que você está com tudo pronto a fim de aproveitar essa hora tão esperada.

Coisas importantes a NÃO se fazer na hora de uma defloração[editar]

Este é o tipo de encrenca que você vai ter de enfrentar. Esteja preparado se for macho ou então pule fora e saia do armário, sua biba.

Uma vez que você conseguiu a garota a ser alvo de sua investida sexual, recomendamos a você que segure a tentação e NÃO faça as seguintes coisas:

  • Meter o pau lá dentro de uma vez sem qualquer excitação anterior.
  • Filmar a cena com a garota para tirar onda com os seus amigos punheteiros, em especial se ela for de menor ou não tiver consentido com isso.
  • Deixá-la mais apavorada do que já tenderia a ficar com a experiência.
  • Dizer que sentir dor é normal em toda e qualquer relação sexual.
  • Esquecer das preliminares, com direito a caricias e tudo o mais.
  • Esquecer da camisinha ou de outro método contraceptivo a menos que se queira a visita da cegonha para breve.
  • Se chocar com o sangue que possa estar saindo da xota dela.

Lembre-se que qualquer dessas coisas que por acaso você fizer vão fazer de você um idiota que pode pagar caro por sua burrice por toda a eternidade, coisa que poderá fazer até com que você se arrependa de ter feito tais bobagens.

Vantagens e prazeres da defloração feminina para os marmanjos[editar]

Dentre as vantagens deste tipo de relação sexual se destacam algumas que levam a mesma a ser constantemente explorada pelos pervertidos de plantão.

A primeira é a possibilidade de haver um menor risco de receber a maioria das DSTs possíveis da garota a ser deflorada, ainda que se esqueçam os preservativos em tal relação.

A segunda é a condição anatômica da vulva feminina nesta primeira penetração, que apesar de não estar completamente adequada a acomodação do pênis, dá uma sensação de aperto que pode dar mais tesão ou não que o de uma mulher que já tenha uma experiência maior no campo sexual.

A terceira e melhor de todas é a de ver a sua gata sentindo pela primeira vez os prazeres do sexo, sem ter a dor de cabeça de se ter comparações picantes nesse campo, que podem ser extremamente broxantes para você, em especial caso você goste da garota, o que ao fim pode ser uma grande possibilidade de que você queira algo mais sério com ela.

Como se pode ver, não é a toa que esta relação é tão valorizada pelos marmanjos, em especial pelos mais preguiçosos que sempre se esquecem da porra da camisinha por exemplo na hora da trepada, ainda que sem o preservativo possa se ter um maior contato na penetração, coisa que ao fim pode ser muito apreciada ou não pelos pares tomados pelo extase do tesão aflorando na pele.

De qualquer forma, é conveniente ter o máximo de carinho com a gata alvo de sua conquista e também lembrar de acompanhar o guia que estamos colocando para as garotas logo abaixo, até porque lá tem dicas úteis que podem fazer com que ela prescinda ou não de você na hora da busca de tal prazer.

Defloração para as moçoilas[editar]

Agora indo a parte destinada especialmente as garotas, alvo principal deste artigo completamente recheado de sacanagem, lembramos a elas as principais dúvidas que correm pela cabeça das mesmas na hora da insistência do namorado ou do paquera quando na sua insistência pela primeira trepada ou não caso ela seja bem informada.

Lembramos aqui que qualquer porra impensada que possa se fazer para se conseguir a defloração é de total responsabilidade dos envolvidos na sacanagem, não tendo a desciclopédia nada a ver com a porra que se possa ter disso, sendo logo de início colocadas as dúvidas, para o seu devido esclarecimento da forma mais sarcástica e sagaz possível a este meio de comunicação voltado a informar o leitor (ainda que de forma nonsense).

Vai doer?[editar]

Esta é a primeira pergunta que se passa pela cabeça da garota antes dela ter a sua transa, em especial pelo fato de o hímen fechar a vagina de tal forma que o contato do pênis ou de outro instrumento que seja usado para a penetração em tal região seja mais incisiva, o que pesa nessa área cheia de terminações nervosas que podem ser responsáveis pelas sensações tanto de prazer quanto de dor.

Dor é relativo, e varia de mulher pra mulher e depende da atitude do parceiro, por isso muitas garotas preferem fazer sozinhas, pois quanto mais prazer menos dor, e ninguem melhor do que você mesmo para se levar ao orgasmo e uma defloração perfeita (ou não)

E se a dúvida é quanto a doer ou não na primeira transa, a probabilidade maior é que doa sim, mas é bom lembrar das seguintes implicações a ser consideradas por você, guria que lê este artigo desgraçado que não educa em porra de nada no que preste.

A primeira implicação é que este sentimento de dor inicial tende a ser mitigado no correr da transa, sendo substituído pela sensação de prazer na relação sexual, ainda que você possa ser masoquista a ponto de sentir prazer mesmo na dor, o que não acreditamos ser o caso, até porque sabemos que você fez a pergunta por medo dela.

A segunda implicação é que a mesma não é nada quando comparada a dor do parto por exemplo, que a sua mãe sentiu ao fim da gestação de você, óbvio produto da relação dela com o seu pai que está aqui bem vivo para ver o conteúdo deste artigo, cheio de sacanagem da qual o brasileiro em geral sente até falta.

Ao final, o que importa é que tentamos ao menos esclarecer a sua dúvida aporrinhante, coisas que em geral os sexólogos, os pais, os educadores, os meios de comunicação em massa e a wikipédia por exemplo não são capazes de fazer por você.

Como faço para ter minha defloração?[editar]

Os meios que você pode ter para fazer uma defloração de sucesso são bem mais variados do que poderia se pensar inicialmente, em especial graças a indústria do sexo, que não para de inventar coisas especialmente voltadas a atender a sua perversão sexual.

Aqui ilustramos os mais comumente utilizados e que podem dar sensações diferentes de dor e de prazer, variando conforme o caso (ou não).

  • Pênis - É quase a mais usual de todas (e muitos acham que é obrigatório), sendo usada desde que o mundo é mundo e de que o homem é vivo, sendo a base principal de perpetuação da espécie na face da terra, sendo por isso mesmo o instrumento mais usado no sentido de garantir prazer para os dois entes na relação sexual.
  • Dedos - Comumente utilizados no 5 contra 1 masculino, também são utilizados para a masturbação feminina há muito tempo, sendo que dependendo de como você utilizá-los, você pode ter a defloração com o uso do famoso fist fucking. no entanto, em geral não é utilizado com essa finalidade pela questão da dor tratada logo acima.
  • Dildo - Uma criação recente da humanidade, voltada ao prazer solitário feminino, que também pode ser utilizado para a defloração, bastando que quem o use tenha o intento de fazê-lo e saiba dos riscos de doer e tudo o mais.
  • Vibrador - Assim como ocorre no caso do Dildo, é voltado ao prazer solitário e também pode ser usado no intento dessa penetração, no entanto tem o adicional de suas vibrações poderem trazer prazer nas zonas erógenas.
  • Cabo de escova ou outros utensílios pequenos - Relativamente comum para meninas que tem medo de pedir para a mãe comprar um vibrador mas estão afim de sentir os prazeres do sexo sem fazer de verdade.
  • Paus ou outros meios grandes - Em geral mais arriscados, em especial por poderem causar maior dor e até mesmo a morte por hemorragia da garota a utilizar isso para suas taras, conforme foi noticiado certa vez pelo Comércio daFranca há algum tempo atrás, onde uma ninfeta de 14 anos morreu por emorragia em consequência de uma trepada no pau do rodo no banheiro.

Como podemos ver, as opções são variadas, conforme a sua vontade e o seu tesão na ânsia pelo prazer que uma vida sexual pode trazer (ou não).

Meu namorado tá insistindo para transar... Como faço?[editar]

Neste caso, minha garota, a minha pergunta vai para você, até pelo fato de o seu namorado querer não é sinônimo de você querer.

O mais importante aqui é ilustrar se você quer ou não transar com o garoto e no caso disso ter o máximo de segurança do que está fazendo, até porque numa transa sempre o risco de acontecer a porra de algum imprevisto, como a camisinha furar por exemplo, coisa importante que pode pesar na hora da trepada.

Lembre-se que você está assumindo o risco e que isso presume responsabilidade, uma porra da qual infelizmente seus pais, seus professores ou qualquer pessoa ai dificilmente tenha falado a sério com você, a ponto de você estar boiando nessa merda de artigo aqui, onde parece que estou sendo desgraçadamente idiota para seu gozo gargalhal.

No caso de você querer, a única coisa que você vai ter de se preocupar é com os preparativos de fazer bem feito de forma a não ter nenhuma dor na consciência depois e curtir bem o exercício do vai e vem com a cobra descendo e subindo.

Já no caso de você NÃO querer, o papo é outro e o melhor é partir para a dispersividade, saindo fora pela tangente ou mesmo falar com o cara gritando "NÃO... AGORA NÃO. ME DEIXA. EU NÃO QUERO. SE VOCÊ CONTINUAR EU VOU GRITAR... AAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!" coisa que pode ser tiro e queda, em especial se tiver alguém (da família principalmente) te ouvindo.

Como se pode ver, sexo é uma coisa que depende muito de você querer e consentir, ainda que se diga o contrário.

Vantagens e prazeres para as garotas[editar]

Da mesma forma que existe o prazer no caso dos garotos, também pode haver uma série de vantagens e prazeres para as garotas, que pesam em especial depois de passarem pela fase de acomodação após a primeira penetração.

A primeira é que depois dessa, se abre o campo para a exploração dos prazeres sexuais, coisa que para as virgens em geral é pouco conhecido, a não ser talvez no que diz respeito ao sexo anal ou a masturbação na forma da boa e velha siririca.

A segunda é poder contar o prazer de suas transas para as miguxas e os prazeres das mesmas, de forma que elas fiquem com inveja da sua vida sexual farta de atiçar os desejos delas também ou não, coisa que leva a corrente sexual a ser ainda mais movimentada, com mais e mais garotas querendo também entrar na roda para sentir os prazeres que o sexo pode trazer (ou não).

A terceira e melhor de todas é a possibilidade de mandar que aqueles filhos da puta que ficam pregando religião por ai e o sexo depois do casamento literalmente para a PQP para se fuderem, até porque é um saco do caralho aguentar pregações que só servem de esporro e para encher o saco.

Como se pode ver, nem tudo é sofrimento para as gatinhas, que também sonham com o seu garoto a iniciá-la no mundo dos prazeres carnais, ainda que por vezes vejam ele em quimeras como Justin Bieber por exemplo, coisa que é perfeitamente compreensivel se considerando que é mais ou menos o que o garoto faz quando olha para a garota capa da Playboy, coisa que tende a atiçar os hormônios em ebulição dos mais jovens, coisa que ao fim é fortemente explorada por meios que aparentemente não teriam nada a ver com isso, mas que lucram horrores com a sacanagem alheia, como podemos ver adiante.