Deportivo Alavés

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Deportivo Alavés
Escudo do Deportivo Alavés.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Deportado A la Vez
Origem Bandeira da Espanha Espanha- Vitoria em cristo (Espanha)
Apelidos
Torcedores Albiazul, alavezense (segundo a Wikipedia)
Torcidas alavezense
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio Mendizorrotza
Capacidade Quase 20 mil negos caindo um cima do outro
Sede
Presidente Alfonso Fernández de Trocóniz
Coisas do Time
Treinador Maurício, o peregrino
Pior Jogador da história Nuvola apps core.png Todos
Melhor Jogador da história Crystal Clear action bookmark.svg.png Nenhum
Patrocinador
Time
Material Esportivo LEA 1923
Liga La Liga
Divisão primeira liga
Títulos
Ranking Nacional 102
Uniformes



O Deportivo Alavés, que também é conhecido como Alavés, é um time de futebol da Espanha, a terra dos doces fálicos que jorram creme, chifradas e danças anti-vascaínas. Um time secundário (literalmente) no futebol hispânico, o Alavés é aquele time que só existe pra cumprir tabela e ser rebaixado, salvo uma ou outra temporada.

A grande parte da história desse time de segunda (mais um trocadilho infame) se resume a ganhar a segunda divisão espanhola, levar um pau na primeira e voltar com o rabo entre as pernas pra Série B. Aí repete.

História[editar]

Fundação[editar]

Desde os primórdios o Alavés é apenas um time io-io, cai e volta, uma vez fundado na década de 20, o time logo fez sucesso na Série B, subiu pra A e caiu logo em seguida. Pra voltar pra primeirona de novo foram necessários 30 longos anos, e logo ao voltar caiu um ano depois, mostrando que um raio pode cair duas vezes no mesmo lugar (Nossa, já é o terceiro trocadilho desse artigo). A partir daí o time que já era ruim ficou pior e caiu pra terceira onde ficou por um bom tempo chegando até a ficar sem jogar por um tempo.

Década de 90[editar]

Só na década de 90 que as coisas começaram a ir bem para os albiazules. Conseguiram voltar a Série A e passaram de time favorito ao rebaixamento pra time fraco, mas passível, que devido a baixa qualidade do futebol espanhol na época (até Celta de Vigo e Real Zaragoza eram bons times, pasmem) passou a brigar por vagas em competições europeias.

Anos 2000[editar]

Chegaram a final da Copa da UEFA em 2001 mas perderam pro Loserpool com um gol ouro contra (parabains). Nos anos 2000 o time perdeu sua vaga de coadjuvante de luxo pra Valencia e Villarreal, voltando a condição de figurante da série A até finalmente voltar pra terceira divisão em 2009.

Ressurgimento[editar]

Em 2013 o time se re-ergueu graças a um empresário do ramo de EPIs (equipamentos de proteção individuais) contra quedas que comprou o clube com o propósito de fazer propaganda de seus produtos. Voltou pra primeira divisão em 2016 e na temporada seguinte já estava na final da Copa do Rei, onde caíram feio (minha nossa, esse é o já é o 4º trocadilho) pro Barça do anãozinho autista Messi e do menino Neymar.

Títulos[editar]

  • 2 vezes vice-campeão de um campeonato relevante (2001, 2017)
  • Mais de 8 mil vezes rebaixado pra segunda divisão
  • Rebaixado para a inexistente 4º divisão (1970)

Glórias e conquistas importantes[editar]

  • Ser o terceiro melhor time basco atrás da Real Sociedad e do Athletic Bilbao
  • Passar mais de 30 anos sem ir pra Série A
  • Levar 6x0 do Barcelona após perder uma final de campeonato pra ele
  • Ganhar do Barcelona(!) no Camp Nou(!!!!) com gol do Deyverson(!!!!!!!!!!!!!!!)
  • Perder final de campeonato com um gol de ouro contra
  • Ficar alguns anos no panteão do futebol espanhol até cair (chega de trocadilhos por hoje!)