Deslivros:Como criar sua saga de Power Ranger

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Este artigo é parte dos desmanuais, seu acervo de instruções livres de conteúdo. Nuclear-explosion.jpg

Você! Você mesmo, caro descíclope que está lendo este artigo. Você já criou sua própria saga de Power Rangers e ficou rico ou não vendendo bonequinhos da mesma? Não? Acho que posso te ajudar...

Antes de começar, leia um pouco sobre nossos amigos. Nada melhor do que conhecer a concorrência antes de entrar no mercado...

Criando sua própria saga de Power Rangers[editar]

Todos nós sabemos que existem 6309,5 séries entituladas Power Rangers, e que se você simplesmente criar mais uma vai ser difícil que você obtenha sucesso a partir desta. Entretanto, você pode ganhar muito dinheiro sendo o criador de uma saga qualquer de Rangers, com a exibição de episódios na televisão, venda de bonequinhos e fantasias estilo "cospobre", dentre outras bugigangas. Bem, você precisa definir algumas coisas, que serão explicadas abaixo.

Nome da série[editar]

O primeiro passo para você é diferenciar a sua série das milhares já existentes. Se você foi um bom menino e leu mesmo a página criada sobre o esquadrão colorido, ou se pelo menos já viu uma saga inteira deles, o que vai ser dito aqui vai ser mais um lembrete. Mas se você é tão alienado ou tem menos de 10 anos de idade e nunca viu uma única saga ranger, vou te contar uma novidade: todas elas têm Power Ranger como nome (as vezes está no plural, mas é mais do mesmo), o que as diferencia é exatamente o que vem depois desse nome. Exemplos de nomes seriam: Power Ranger Pré História, Power Rangers Estrelas da Alvorada, Power Rangers Zoo 3000, Power Ranger QFT (a sigla não é aleatória, deve significar algo ou não). Para o resto desse artigo, usaremos o nome Power Ranger: O Herdeiro de Chessuss. O nome da sua série definirá qual será o enredo a ser seguido na sua historinha. Explicarei mais adiante.

Personagens[editar]

Os Rangers[editar]

Primeiramente, vamos definir quem e quantos serão os mocinhos presentes. As séries antigas costumam ter cinco personagens principais fixos e mais um que aparece ao longo da série. Não se esqueça que estes irão usar uniformes na sua respectiva cor, com detalhes em preto ou branco e capacetes de motoqueiro ridículos, da mesma cor do resto da roupa.

Quantidade[editar]

Nas séries mais recentes, aparecem três fixos desde o começo e outros três surgindo durante a série, mas nada te impede de inovar. Você pode até criar um grupo de sete rangers(seis mais um por exemplo). Para nosso exemplo, usaremos o tradicional cinco mais um

Cores[editar]

Conforme informações reolhidas em sites de confiabilidade duvidosa, tais como a desciclopédia, seguem alguns exemplos frequente.

Vermelho - Geralmente do sexo masculino (segundo a biologia), predestinado a ter o maior poder entre os integrantes e liderar os pobres coitados que tem a missão de salvar o mundo. Costuma fazer todas as burradas possíveis, até que o mundo se torne um lugar seguro para viver.

Azul - Pode ser homem com H maiúsculo ou minúsculo ou mesmo ser mulher. Com esse é dez ou oitenta: ou é um nerd ou um completo boçal, prevalecendo o primeiro caso. Esta cor se reveza com a próxima a ser citada a recrutar rangers negros.

Preto - Também homem, aparece mais para fazer número e ajudar seus miguxos rangers. Não gosta muito do ranger verde, tendo em vista que raras vezes os dois aparecem na mesma saga. Mas nosso amiguinho cor de trevas (sem preconceitos) leva vantagem sobre o clorofila boy (ranger verde), aparecendo em mais histórias do que seu rival. Às vezes, preenche a cota destinada a afrodescendentes.

Verde - Outro homem, que faz papel similar ao ranger acima descrito. Quando não começa no time, entra durante o jogo para ajudar os teletubbies que lutam contra o mal.

Rosa - A única que é mulher e quer ser mulher. Normalmente é peguete do ranger vermelho. De modo geral, costuma ser loira, gostosa e burra.

Amarelo - Outra mulher do time, tem uma grande vontade de estar no lado azul da força. Tanto que em uma ou outra série mais atual, o ranger amarelo é homem (sendo o ranger azul uma mulher, aí esta vestirá um uniforme azul claro e nosso amigo amarelo terá um uniforme mais escuro). Costuma dar mais porrada que todos os homens do grupo juntos.

Branco - Metido a fodão, só aparece da metade da série para frente. Começa muito forte e dando surra nos outros rangers todos juntos, mas aí passa para o time do bem e fica a mesma bosta que o resto. É o único que já colocou o ranger vermelho no chinelo e liderou uma equipe de rangers.

Prata e dourado - Irmãos do Branco. E também só aparece da metade da série pra frente, com poderes escrotamente gigantes e terminam a mesma coisa insignificante que os demais. o prata Tem outros nomes. Nunca aparecem junto com o ranger branco (mas aqui você pode mudar isso).

Vinho - Versão masculina da ranger rosa. Nem merece comentário.

Para nosso exemplo, vou colocar o branco como líder pela segunda vez na história, e junto com ele o preto, o verde, a rosa e a amarela. Durante a temporada, surgirá um ranger prateado.

Armas e Zords[editar]

Zords ou Megazords, se preferir, são como legos tamanho família. Veículos enormes, se é que podemos chamar assim, que conforme a necessidade se encaixam uns nos outros e formam um robô humanóide gigante. Podem ter qualquer forma. Podem ser animais, similares a carros, partes de um corpo humano gigante, qualquer coisa mesmo. O importante é que se encaixem uns nos outros (ui!) e formem um megazord humanóide.

Zords e armas típicas que costumam aparecer nesse tipo de "entretenimento infantil". Não se preocupe em plagiar alguns, caso não possua uma mente capaz de elaborar tais engenhocas.

Quanto às armas, podem ser espadas, varinhas mágicas ou armas de fogo mesmo. Às vezes também se encaixam para formar uma arma superpoderosa. O engraçado aqui é que essa "arma superpoderosa" geralmente derrota o monstro, mas os rangers sempre apanham um bocado até que uma bela hora resolvem usar essa engenhoca e derrotam, ou melhor, a arma derrota o monstro, quando simplesmente poderiam usar esta arma logo de primeira e já acabar com o monstro sem apanhar.

Nessa categoria, podemos ainda ter veículos individuais, geralmente motos, que viram armaduras ou armas mais poderosas que as anteriores. Você tem que criar armas e veículos individuais uniformes para os rangers, e um com design diferente para o ranger que aparecer depois.

Nessa parte, você pode se basear naquele jogo de RPG para criar suas armas. Lembre-se que elas sempre serão mais avançadas no final da série, assim como você vai precisar de um Megazord básico (com os Zords dos rangers escolhidos), mais um Zord para o ranger "extra", podendo aparecer outros robôs mais fortes se você assim desejar. Assim como num jogo de RPG.

Guia e ajudante[editar]

Os tradicionais guias, comparados com as nossas sugestões para você.

É importante que seus rangers tenham um guia, que pode ser uma cientista gostosa, velho, um rosto branco enorme num tubo de vidro, quem ele é não importa. É sempre o mais importante, porque conhece todos os segredos dos inimigos dos rangers. E este deverá ter um ajudante, que pode ser um mafagafo, um robô, ou mesmo você. É quase um figurante. Serve mais para acionar os Zords e servir de correio para os rangers.

No nosso exemplo, os rangers serão guiados por Sérgio Mallandro (há!), o herdeiro de Chessuss, o qual é acessorado pelo pônei maldito.

O mal[editar]

Dívide-se em:


Alto comando[editar]

Quem decide qual o monstro do dia. Geralmente é um cara muito, muito feio que quer destruir o mundo, além de outros quatro personagens, geralmente duas filhas desse "cara muito feio". O cara muito feio costuma ser o líder da gangue. Além das filhas, é acessorado por dois monstros mais poderosos e incompetentes. São responsáveis pelo "crescimento" dos monstros, para que esses possam fazer frente ao Megazord. Todos devem usar fantasias de carnaval misturadas com fantasias de Halloween.

E o alto comando nem necessita ser o chefão todo poderoso da série, pois, assim como o sexo ranger, poderá aparecer na metade da série, podendo ficar apenas nas sombras, ou simplesmente ainda está preso numa prisão mágica ou tecnológica, sendo ele libertado apenas nos episódios finais na luta contra os Power Rangers.

Em resumo, o alto comando poderá até ser um subordinado de um general, que é subordinado ao todo poderoso da série.

Monstros[editar]

Nessa parte, você deve extravasar e soltar sua criatividade. Você deve criar um monstro para cada episódio. Eles podem ser um monte de lixo, um amontoado de carne, um acidente nuclear, qualquer coisa. São soldados nessa guerra entre o bem e o mal. Sempre começam mais fortes que os rangers, mas sempre irão perder a luta, mesmo que leve dois episódios para isso acontecer. Não se importe ou se empolgue muito com a forma, pois todos os seres pertencentes a esta categoria terão o mesmo final, que é se explodir em milhões de faíscas. Além disso, você já viu alguma criança pedindo para a mãe o bonequinho do monstro? Acho que não.

Figurantes malditos[editar]

Talvez aqui esteja o ouro, ou a razão de o mal sempre ser derrotado. São enviados aos montes para ajudar os monstros, mas sempre são derrotados por cinco caras. Quando o negócio fica sério, o Sr. Monstro tem que fazer todo o trabalho sozinho, e o final vocês já conhecem. Você deve vestir seus figurantes com uniformes cinzas, colados no corpo. Só aparecem para fazer acrobacias e outros números mesmo.

Outros personagens[editar]

Aqui, alguns dos personagens mais importantes do seriado.

Historicamente, são o gordo e o magro. Uma dupla bem no estilo Idi & Ota ou Debi & Loide, que se responsabilizará pelo núcleo de humor da sua história, além de outros personagens, quase todos figurantes ou secundários, sendo que todos nessa categoria servirão para criar problemas para nossos heróis.

História[editar]

Não se preocupe demais com um roteiro elaborado, cheio de nuances e conflitos emocionais. As crianças querem ver é "porrada" pra todo lado. Ou o que elas acham que é porrada. Afinal, toda saga de Power Rangers tem lutas bem coreografadas, no melhor estilo WWE, que mal consegue enganar os telespectadores. Você só tem que dar um mínimo de sentido à história, e um final decente.

Por outro lado, não se esqueça de colocar quando ocorre a história e aonde. Exemplificando: Acre, ano 3000...

Não se esqueça também de duas passagens que existem em praticamente todas as séries ranger: os episódios onde surge um time de rangers do mal para rivalizar com os rangers do bem, o episódio onde se reúnem todos os rangers vermelhos já criados em toda a história da humanidade. São passagens tão clássicas, que existem em todas as sagas deste segmento.

Além das lutas coreografadas e das passagens clássicas, lembre-se de que todo episódio tem uma ordem pré-definida (veja aqui). Outra coisa, a sua história é orientada pelo nome que você deu a ela unicamente (talvez por isso seja o TÍTULO da história... cara, isso é muito óbvio). O que quero dizer aqui, é que você não pode adotar nomes que não digam nada sobre a história (o que, por exemplo, "As mil e uma noites" tem a ver com a história contada? Por um acaso foram contadas mil e uma noites?).

Não se esqueça disso na montagem de sua série, ou saga.

Nosso exemplo de Power Ranger: o Herdeiro de Chessuss ficou assim:

Ano 3000. Sérgio Mallandro andava saltitante nas perdidas terras do Acre, quando achou um artefato estranho no chão. Era a cinta de Chessuss, objeto de interesse de seres malignos, que Mallandro já conhecia de outras guerras. Junto com Pônei Maldito, Sérgio resolve treinar cinco guerreiros para proteger a cinta recém-encontrada. Ao saber que este artefato está localizado no Acre, uma horda de monstros resolve invadir o planeta (onde se localiza o Acre, não a Terra) e destruí-lo por completo, a menos que a cinta seja entregue a eles, permitindo a essa horda dominar o universo. Agora, os recém-formados rangers têm como missão defender o Acre e a Cinta, até que um deles seja declarado o "Herdeiro de Chessuss", e possa assumir o poder da cinta, destruir o mal por completo e governar o universo com justiça (ou com certeza não).

Minha história está pronta. E agora?[editar]

Agora, meu caro, você precisa colocar sua série no mercado. Existem muitas outras na fila, esperando para serem gravadas, e você pode nem estar vivo quando sua saga estrear na TV aberta. Você pode colocar os episódios no mercado negro, mas aí terá que vender sozinho cada um dos DVD's que gravar. Mas pense positivo, afinal, as crianças sempre irão adorar os power rangers, e as mães nunca irão procurar um DVD original de power rangers. Agora, a venda de produtos licenciados depende da sua capacidade de vender os seus episódios. Boa Sorte!