Desnotícias:Dubladores brasileiros morrem após ritual satânico de otaku

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

Brasil

A comunidade de dubladores brasileiros se encontra em luto e pânico devido a crescente onda de mortes que vem ocorrendo à eles desde abril deste ano. Até o momento pelo menos 8 dubladores já morreram, porém o número deve ser ainda maior, já que a mídia só anunciou a morte dos que são minimamente conhecidos, visto que a maioria dos pseudoprofissionais dessa profissão são massivamente desconhecidos e provavelmente não anunciaram a morte da grande maioria.

Isso vem ocorrendo após um ritual satânico realizado por um otaku gordo, virgem, fracassado e psicopata (se bem que todos os otakus são assim), esse assassino seria um otaku xiita daqueles extremistas que odeia dublagens brasileiras e só aceita dublagens japonesas originais, sendo um baita paga pau de tudo o que há no Japão. Como ele não tinha amigos, vivia entediado e estava sempre com raiva da vida, resolveu fazer um ritual macabro utilizando incensos, suco de groselha que parece de limão e tem sabor de tamarindo e um absorvente com o sangue da menstruação da tua irmã que catou do lixo. Com todos esses itens criou uma maldição mortífera que vem se alastrando no universo da dublagem.

Dentre as vítimas estão:

O matusalém Orlando Drummond, a voz oficial do Scooby-Doo foi uma das vítimas.

Para tentarem destruir essa terrível maldição, os dubladores que ainda estão vivos se uniram e estão criando um ritual de contra-ataque para causar uma morte cruel ao otaku e assim pôr um fim ao seu ritual e acabar com essas mortes.

Fontes[editar]

Compartilhe
essa desnotícia:
Compartilhar via Email Compartilhe via Facebook Tweet essa reportagem Compartilhe via WhatsApp Compartilhe via Telegram