Desnotícias:Governador do Rio de Janeiro substitui serviços de saúde por "amém" no Facebook

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Desnoticias logo.png

Este artigo é parte do Desnotícias, a sua fonte de ignorância 24 horas por dia.

RIO DE JANEIRO

Quantos likes esse princeso merece?

O governador do Rio, Pé Grande anunciou ontem as novas medidas para amenizar a crise na saúde do estado. A mais polêmica delas se refere ao corte de custos no funcionalismo, que já sofre com vários meses de atraso nos salários. De acordo com o governador, o estado vai exonerar todos os funcionários, fechar as unidades e incentivar a política de likes e améns no Facebook.

"Esta medida vai zerar os custos do governo, ampliando o atendimento e a eficiência, já que haverão milhões de "doutores" do mundo todo curtindo os post e nenhum paciente morrerá em nossos hospitais", disse o governador à nossa reportagem.

Com o fechamento da Secretaria de Estado de Saúde, o governo pretende alocar os funcionários fantasma (os concursados serão demitidos) na nova Secretaria de Estado do Facebook, especializada em fazer posts com memes e agregar likes e compartilhamentos.


Fontes[editar]