Detroit

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Alficina.jpg Esty artygo é dy pobry!
Esty artygo é sobry koyzas dy póbry, peçowas póbrys
y o dono taméyn dévy dy sê un pobretãwn do karáy!
Detroit faliu!
Cows1.jpg Nem a Mega-Sena quita suas dívidas!

Veja outros que ficaram no vermelho.

Cquote1.svg Tenho medo. Cquote2.svg
Regina Duarte sobre Detroit
Cquote1.svg Agrooooo!!! Cquote2.svg
Wander depois que roubaram Agro em Detroit.
Cquote1.svg VRUUUUUMMMM Cquote2.svg
Carro de corrida sobre Detroit.
Cquote1.svg Minha terra natal! Cquote2.svg
Ayrton Senna sobre Detroit.
Cquote1.svg Você quis dizer Capão redondo gringo? Cquote2.svg
Google sobre Detroit

Típica criança de Detroit.
Cena comum em Detroit.

Detroit é a capital uma cidade do estado de Michigan, é a cidade das corridas. Um lixo urbano deixado para apodrecer na falência. Cidade muuuuito segura: 5 mortes a cada 4 habitantes ( só tem 4 mesmo) .


Fundação[editar]

Polícia de Detroit

Detroit foi fundada por rachadores, em 1600 e vovó era bebê, quando ainda era permitido o uso de turbo nas ruas, Detroit foi fundada inicialmente para ser o templo dos rachas, NOS, turbos e outras coisas relacionadas a corrida de carros. Detroit também foi o marco da guerra de 1800 e bolinha, onde foi usada como forte para guardar os queijos e champanhes francesas.

The walking detroit.

Geografia[editar]

Localizada a oeste da Estátua da Liberdade, à direita do sino da liberdade e aos pés da estátua de Lincoln. Com esta geografia privilegiada, foi considerada a pior melhor cidade de 2006 pela UFC, United Fight Club. Em 2007, Detroit foi invadida por alguns milhares de pastores da Igreja Universal.

Economia[editar]

Altamente baixa, Detroit move aproximadamente 1.5 dólares por ano só com corridas de rua semi-legalizadas, com aproximadamente 500 mil moradias de pobres: 499.99 abandonadas. Detroit, é uma cópia de Bervely Hills e Hollywood depois de um apocalipse. Onde, a qual é movimentada pelas corridas e filmes pornôs. Muitos estúdios tem Detroit como fonte de mão de obra barata. Apesar de ser a parte rica de Michigan, é a parte mais odiada pelos americanos, pois não existe um computador que preste para jogar Call Of Duty.

Indústria[editar]

Detroit, como já foi dito deve sua fama pelas corridas de rua. Sua indústria é movida por mais de 500 mil fábricas de carros (abandonadas) (segundo a última contagem do IBGE).

Esportes[editar]

Cquote1.svg Detroit ri com os Lions, vai com a cara dos Pistons, torce para os Tigers, e vive e morre pelos Red Wings Cquote2.svg
Oscar Wilde sobre esporte em Detroit

Detroit é a casa de zero quatro times esportivos.

Detroit Lions (NFL)[editar]

Detroit Lions é o show de comédia mais famoso da história dos EUA. Em cartaz desde 1958, tem sketches históricos como Joey Harrington, Charles Rogers em vez de Andre Johnson, Mike Williams, e o mais famoso de todos: 0-16.

Uma parte da famosa obra 0-16

Detroit Pistons (NBA)[editar]

Considerados em 1989 e 1990 como o grupo terrorista mais perigoso em atividade nos EUA. Dennis Rodman começou a perder a sanidade jogando pelos Pistons. Chegaram a ter relevância durante a metade da primeira década do século XXI, mas hoje habitam o deserto conhecido como aquela área da classificação da Conferência Leste entre o décimo e o décimo segundo lugares, onde estão os times que não são bons o suficiente para irem aos playoffs, mas não são ruins o suficiente para disputarem a primeira escolha no draft.

Detroit Red Wings (NHL)[editar]

A religião oficial da cidade. Fundado por Cthulhu, que é homenageado pelos torcedores a cada gol com lulas arremessadas ao gelo. Foi substituída por um sitcom com o mesmo nome em 2017, sendo um remake do sitcom de grande sucesso (para os adversários) durante as décadas de 70 e 80.

Detroit Tigers (MLB)[editar]

Mais de cem anos de história e ainda é uma das franquias menos lembradas dos esportes norte-americanos.

Falência[editar]

A cidade fantasma faliu depois que os japa "tomaram" seu lugar na indústria automobilística, já que todos americanos queriam carros robôs japoneses e tacaram o foda-se pra Detroit, que só se sustentava vendendo carros pela General Motors .

Lá já tava cheio de político ladrão, então o povo fugiu pra cidades vizinhas melhores, tipo Chicago .