Dirt: Showdown

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Dirt: Showdown é um jogo virtual (game).

Enquanto isso, Eirin Yagokoro tenta selar a lua em Touhou 8


Sujo Show de Baixo
Dirt Showdown.png

Capa carnavalesca do joguinho

Informações
Desenvolvedor Codemasters
Publicador Codemasters
Ano 2012
Gênero Corrida
Plataformas Sony's Black Knight; Bill Gate's BOX; PC da Xuxa
Avaliação 50%
Idade para jogar +18 (cenas fortes de sexo entre carros)

Dirt: Showdown é uma continuação bastarda do jogo Dirt 3, cujo resultado final foi tão decepcionante que decidiram nem chamar de "Dirt 4", mas sim de "Dirt Showdown", que para o caso de alguém reclamar da baixa qualidade do jogo os produtores poderem apenas falar que é apenas um DLC de luxo de Dirt 3, ou algum tipo de spin-off, o que deixa todos automaticamente mais tolerantes.

Graficamente o jogo é similar ao anterior Dirt 3, só que dessa vez muito mais colorido, parecendo mais carnaval na sapucaí do que corrida de carros. O público do jogo é declaradamente jovens denominados rednecks do interior sul dos Estados Unidos, mesclando corridas de demolição com uma trilha sonora típica dos guetos das grandes cidades.

Modos[editar]

Racing[editar]

  • Race-Off - O modo mais comum e tradicional de corrida simples, que pode ser descrito como uma espécie de "Mario Kart", só que com carros quadrados e sem a possibilidade de arremessar itens nos outros, apenas o próprio carro.
  • Domination - O modo mais chato de todo o jogo, pois fica um narrador chato de sotaque caipira gritando na tua orelha "DOMINATION" a cada quarto de volta completada. Neste modo não ganha aquele que completar a linha de chegada primeiro, mas sim quem acumular mais pontos, que é basicamente quem chega primeiro.
  • Elimination - Neste modo, em todos os carros é colocado em seu motor uma ratazana gigante. A cada 30 segundos um raio é jogado no carro que estiver na última posição, irritando a ratazana que rói e come todos componentes do motor, estragando tal carro. Dessa forma, todos carros um por um vão sendo estragados, até sobrar apenas o vencedor.

Demolition[editar]

  • Rampage - Talvez a grande novidade trazida por Dirt Showdown foram estas corridas de demolição. Como a produtora Codemasters é focada na produção de jogos arcades sem qualquer realismo de física mecânica, uma corrida de demolição surreal é divertimento garantido, pois ninguém é capaz de morrer, e mesmo que dois carros se colidam de frente a mais de 100 km/h, o máximo que conquistaram será um amassadinho no capô da frente, uns bons pontos, uma perda discreta na barra de life, e um narrador chato gritando "HEAD-TO-HEAD". O objetivo é conquistar a maior quantidade de pontos batendo seu carro nos outros. A ausência de itens divertidos para jogar em cima dos outros, como cascos verdes de tartaruga, por exemplo, torna esse modo extremamente maçante.
  • Knock Out - Uma versão mais sofisticada da demolição comum, onde os carros se reúnem numa plataforma e devem jogar os outros para fora do ringue. Como a máquina é burra, ela sempre posiciona-se na beirada da arena, sendo praticamente impossível o jogador não vencer estes modos facilmente.
  • Hard Target - Espécie de survival mode onde uma horda de inimigos virão tentar te destruir com tudo e você precisa sobreviver a maior quantidade de tempo. É uma grande marmelada, porque ninguém garante que seus rivais resistiram mais ou menos tempo que você.
  • 8-Ball - Pequenas corridas realizadas no quintal de alguém nas quais o circuito se entrelaça e permite que batidas ocorram com enorme frequência. Como ninguém morre nesse jogo, não há perigo em acertar algum adversário de lado a 100 km/h e esmagá-lo na lataria velha de seu carro velho.

Hoonigan[editar]

  • Trick Rush - Modo de jogo roubado de Dirt 3, no qual com um carro rebaixado o jogador deve se mostrar para uma plateia feito um perfeito playboy amante de carros tunados e realizar o maior número de "zerinhos" possíveis.
  • Head 2 Head - Similar ao modo anterior, só que competindo diretamente contra alguém para ser o mais rápido.
  • Smash Hunter - Modo de jogo que causa daltonismo em quem ainda não tem, o jogador precisa usar seu carro para destruir caixas de isopor multicoloridas e estragar a festa de alguém. Cada cor representa uma marca ruim de cerveja barata (Skol, Nova Schin, Budweiser, Heineken, Brahma) e quanto maior a variedade de caixas de isopor destruídas, melhor, assim banindo farofeiros da praia onde só playboys de carrões podem frequentar.

Há também a possibilidade de se jogar online essa porcaria, o problema é encontrar na rede mundial de computadores alguém maluco o bastante desejando por isso também

Jogabilidade[editar]

Uma suruba de carros.

O jogo é totalmente em estilo arcade e qualquer forma de realismo foi totalmente abolida da multicolorida e surtada qualidade gráfica do jogo. Curvas há mais de 100 km/h com carros totalmente antiaerodinâmicos são completamente normais, e o grande diferencial do jogo é o incentivo para o jogador bata o carro, para que experimente num ambiente virtual a alegria de capotar o carro, espremer adversários no muro e assassiná-los sem quaisquer consequências.

O jogo no modo single player é zerado em meros 15 minutos de campanha, portanto a suposta diversão deveria ser encontrada no modo multiplayer online, apesar de que na prática nunca há uma alma viva desejando jogar online este jogo, e nas poucas vezes que aparece alguém, ou a conexão com a internet dessa pessoa é terrivelmente péssima e ela cai no meio da partida, ou a sua conexão que é péssima e você é quem cai no meio.

v d e h
Colin Dirt.jpg