DuckTales

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Duck Tales)
Ir para: navegação, pesquisa

NOTA: Se você queria o remake, procure por DuckTales (2017)

DuckTales gosta de aventurar-se!

Este artigo é sobre alguém que vive perambulando por todo canto, fugindo de perigos com a adrenalina a flor da pele.

Faça como DuckTales e saia se balançando nos cipós!
Indy2.jpg


Placa80.svg

Este artigo discute coisas intrínsecas aos Anos 80's!
E tinha que usar ficha no orelhão.

ATENÇÃO! Para compreender melhor este artigo, recomenda-se lê-lo ouvindo esta música: Duck Tales! Uh-uh! São os caçadores de aventuras! Oh-uh!
Patinhas Jackson e seus meninos

Cquote1.png Duck Tales! Uh-uh! São os caçadores de aventuras! Oh-uh! Cquote2.png
BozoLuís Ricardo sobre DuckTales
Cquote1.png Na verdade não faliu, eu que simplismente não quis mais! Cquote2.png
Tio Patinhas sobre DuckTales
Cquote1.png O tio dá um trocado, ae? Cquote2.png
Pivete sobre Tio Patinhas
Cquote1.png Meu filho se você arrumar 2 me dá um Cquote2.png
Tio Patinhas sobre pivete a cima
Cquote1.png Tá tudo no manual do escoteiro mirim Cquote2.png
Sobrinhos do Donald
Cquote1.png Na minha opinião o pior vilão dessa história é o Tio Patinhas Cquote2.png
Eu sobre DuckTales
Cquote1.png Esse é meu acidente de numero 1000 Cquote2.png
Capitão Bóing
Cquote1.png Maldito Patinhas Cquote2.png
Mac Mônei sobre Tio Patinhas
Cquote1.png Eu descobri esses pilantras, digo, pivetes primeiro! Cquote2.png
Pato Donald sobre Tio Patinhas
Cquote1.png Patinhas, o senhor nos deixa entrar na caixa forte? Cquote2.png
Irmãos Metralha sobre fortuna do Tio Patinhas
Cquote1.png Proposta recusada, mas permito que vocês continuem sonhando! Cquote2.png
Tio Patinhas sobre citação acima
Cquote1.png Um dia ela será minha!!! Cquote2.png
Maga Patalójika sobre moedinha Nº 1 do Tio Patinhas
Cquote1.png Santa Poupança!! Cquote2.png
Tio Patinhas sobre o traseiro de jovens patas gostosas
Cquote1.png Porque falam dos Estúdios de Walt Disney? Eu fui o verdadeiro criador desse velho pato sovina! Cquote2.png
Carl Barks sobre Duck Tales
Cquote1.png Eu não tive nada a ver com isso! Cquote2.png
Walt Disney do seu refrigerador túmulo de gelo sobre citação acima!

DuckTales é um desenho animado gringo desenhado em estúdios asiáticos, mas ainda sim, não deixa de ser gringo. Trata-se da vida de um velho pato mão-de-vaca, altamente mesquinho, que é tio de um pato imbecil com voz rouca o qual se alistou na Marinha e deixou 3 pivetes trombadinhas trigêmeos aos seus cuidados. Toda a família tem aventuras em grande parte do mundo (Noooooo!! Sério?) especialmente na cidade de Patópolis, que, apesar do que diz seu nome, não são apenas patos, mas animais humanóides de todos os tipos, mas nunca humanos...graças a Deus! Também tem destaque um pelicano maluco que se diz aviador e foi responsável pelo acidente do 11 de setembro e um galo magricela que inventa muitas coisas e se orgulha de ser louco. O Patolino também fez teste para entrar no programa, mas a Warner o pagou melhor para atuar com o Pernalonga e o Gaguinho.

Produção[editar]

Embora muitos não saibam, Doquiteious começou a ser produzido quando Valdisnei já estava enterrado e congelado, em vez disso, deixaram o design dos personagens para o Homem-Pato, numa época em que se acreditava que a Disney desapareceria para sempre à mercê do boom que formou com os macacos chineses na Japolândia. Mas antes que estes chegassem na Terra da Corrupção, esta série foi ao ar, criando uma nova geração de aberrações infantis incuráveis, como o autor que escreveu esse artigo.

História[editar]

AVISO: O texto abaixo contém detalhes da trama como por exemplo que o Tio Patinhas é o pato mais rico do mundo e que seu contador é também seu guarda-costas. Agora que eu já te contei, pode continuar lendo...

Donald em ato claro de pedofilia.

A série tem duas temporadas que no total terminam em 100 episódios, mas nem metade vale a pena ver...

As estrelas principais da série eram Tio Patinhas, um velho solteiro e pedófilo e seus sobrinhos-netos Huguinho, Zezinho e Luisinho, três bichas que também são os sobrinhos do Pato Donald (aquele pato que só anda com a bunda de fora e rebolando). Essa turminha de boiolas vive em uma cidade com um nome pra lá de original.

O enredo do desenho gira em torno da busca de tesouros perdidos ou valiosos (dã), como um cálice de ouro que ficou um luxo na sala do Tio Patinhas. Donald aparece apenas algumas vezes em DuckTales depois de terminar seu relacionamento com Mickey Mouse, que não aguentava mais ver sua amada com a bunda de fora o tempo todo, então se viu obrigado a trabalhar (qual seria o melhor lugar do que em um navio no meio do mar cheio de homens másculos só para ele?). Devido ao trabalho, Donald deixa seus sobrinhos com Tio Patinhas.

Como o pato mais milionário e mesquinho do mundo, Patinhas tem à sua disposição muitas fábricas de escravos que trabalham para ele fazendo todas as coisas de Patópolis e assim nunca perde dinheiro com sua máfia pessoal. Mas a chegada de seus sobrinhos significou um desperdício de dinheiro absurdamente insignificante para mantê-los, mas como ele não quer perder nada, os mantém como escravos também, dizendo que é apenas uma viagem.

Os episódios típicos são aqueles que Patinhas descobre que existe algum tesouro lá onde Judas perdeu as botas e ele vai roubá-lo para ficar mais rico, passando por seus sobrinhos e muitas vezes arriscando sua frágil e imprudente existência. Mas no final, ele sempre fica com tudo SÓ PRA ELE e tudo termina bem.

Em outros episódios, os inimigos do Tio Patinhas tentam roubar sua fortuna e ele com seus sobrinhos e demais empregados devem detê-los, sempre de alguma forma engraçada ou com uma invenção engenhosa do Professor Pardal, para que os bandidos sejam derrotados e bastante humilhados (uma pena que na vida real, não é bem assim...).

Personagens[editar]

Principais[editar]

Tio Patinhas[editar]

Tio Patinhas pensando em como ganhar cachê para aparecer nesse artigo.

É o personagem mesquinho principal, de origem escocesa. Chegou à Patópolis (localizada nos EUA) porque ganhou sua Moedinha Número Um em seu trabalho de engraxate e como aquilo não valia porra nenhuma na Escócia, teve que se mudar para a América. Agora ele é o dono de toda a Patópolis, seus habitantes, fábricas, prostitutas, etc. Tio Patinhas escravizou o mundo inteiro para trabalhar para ele sozinho. Mas quando seus sobrinhos chegam, teve que se dedicar a eles ...até que contratou Madame Patilda para se livrar daqueles pestes. Diverte-se fazendo-os arriscar suas vidas em caças ao tesouro e protegendo sua fortuna. Seus inimigos são Mac Mônei, Maga Patalógika e os Irmãos Metralha. Outro de seus inimigos é o Seu Sirigueijo, um caranguejo tão avarento quanto o Patinhas, dono de um restaurante no fundo do mar e patrão do Bob Esponja.

Huguinho, Zezinho e Luizinho[editar]

Cuidado! Esses 3 pivetes estão armados e são perigosos!

Três clones miniaturas do Pato Donald criados pelo Professor Pardal, mas como nunca foram reconhecidos como tal, Donald os assumiu como seus sobrinhos. Após eles contraírem a síndrome Bart Simpson, Donald se alistou na marinha com a desculpa de deixar eles para o Tio Patinhas. Os 3 pensam como se tivessem apenas uma mente, que começa com a primeira, continua com a segunda e termina com a terceira. Normalmente Huguinho é o vermelho, Zezinho é o azul e Luizinho é o verde, mas isso não tem a menor importância, porque ninguém percebe a diferença. Nota: se você for daltônico, Huguinho é verde, Zezinho é amarelo e Luizinho é vermelho.

Capitão Boing[editar]

Se você tiver o azar de encontrar com essa figura, fuja imediatamente para as montanhas, porque senão...

Bofe do Tio Patinhas Piloto kamikaze que consome quantidades exageradas de esteroides que também o deixam um completo retardado e possuí o vício de se embebedar antes de cada voo, fazendo com que sempre se colida em vários acidentes, onde curiosamente ninguém morre. Foi aluno de John Mirolha.

Professor Pardal[editar]

Professor Pardal mostrando mais uma invenção muito útil para o Tio Patinhas.

Cientista esquizofrênico e anti-social que tem um vibrador assistente chamado Lampadinha que é como um mini-Pinóquio com uma "cabeça" de lâmpada. Como um cientista louco, ele tem sua própria máquina do tempo e, secretamente, fabrica robôs ladrões para roubar a fortuna do Tio Patinhas. Ele também fez um terno robótico para que algum super-herói forte e musculoso pudesse usá-lo, mas desgraçadamente foi usado pelo contador raquítico e magricela do Tio Patinhas chamado Patralhão, que agora o reconhece como seu dono.

Patralhão (Robopato)[editar]

Patralhão, o contador irritante do Patinhas que tenta roubar cena na segunda temporada mas falha miseravelmente.

Patralhão é o personagem que representa você. Um fracassado que vive com sua mãe e que a princípio só servia para contar as coisas a uma velocidade tremendamente incrível. Ele ofereceu seus serviços de contador para Patinhas em um momento de crise, mas acabou cagando tudo quando colocou todo o dinheiro dele em um lago que transbordou, deixando seu chefe totalmente pobre.

Patralhão como o Robopato, guarda-costas do Patinhas, que nas horas vagas trabalha como babá dos sobrinhos.

Para não perder o emprego, encontrou o Pardal que havia deixado um robô armado programado para trabalhar com uma frase estúpida que ninguém diria, mas Patralhão era o único idiota que a disse e assim, a roupa entrou nele e agora, o infeliz serve de guarda-costas e super-herói de Patinhas e de Patópolis. Para esconder sua identidade criou um nome muito original: Robopato! Patralhão também tem uma gostosa chamada Gandra que diariamente lhe coloca um par de chifres, sem que o imbecil perceba.

Bubba (ou Bobo)[editar]

Apesar de ser um completo imbecil, Bubba é o melhor personagem dessa joça toda, já que é o único que não pensa em dinheiro.

Cavernícola acéfalo que adora o Tio Patinhas (não me pergunte porque) e o chama de Putinha "Pitinhas". Tem um triceratopes como seu animal de estimação e possui considerável força para derrotar seus inimigos. Ele entrou na série graças à uma cagada do Tio Patinhas que viajou no tempo com a máquina de viagem no tempo (que serve para viajar no tempo) e assim causou muitos problemas para todos eles. Bubba é tremendamente idiota, mas em um episódio, o Pardal usa uma máquina para torná-lo inteligente, mas depois ele percebe que era mais legal ser estúpido e inverteu a máquina. Seu triceratopes não serve pra nada.

Patrícia[editar]

Patrícia pensando em praticar zoofilia com o triceratopes do Bubba.

A neta sem-graça da Madame Patilda, a princípio era apenas uma guria retardada que brincava com bonecas e toda essas tolices de meninas, mas após conhecer os vândalos Huguinho, Zezinho e Luizinho, mudou completamente e passou a usar drogas. Pouca gente sabe, mas após a série, ela ficou grávida dos 3 patinhos e no futuro, se casou com Asnésio (risos), mas isso não interessa a ninguém. A partir dela é que surgiu o termo Patricinha, para designar garotas esnobes e burras.

Secundários[editar]

Pato Donald[editar]

Donald em suas poucas aparições não fez nada além de estragar tudo.

Nos quadrinhos, era um dos personagens principais, mas por não aceitar o cachê oferecido pelo Tio Patinhas para estrelar a série, fez apenas participações nada especiais. Em suas poucas aparições, não fez nada além de fazer merda como sempre. Tentou se livrar dos 3 capetinhas com a desculpa que iria servir a marinha.

Gastão[editar]

Se nem o Donald entrou nessa porra, porque colocariam o almofadinha do Gastão? Mas ele apareceu em 1 episódio e depois foi esquecido, afinal também não é importante.

Dora Cintilante[editar]

Antiga puta que o Tio Patinhas conheceu nos tempos do Klondike quando garimpava seu ouro com Charlie Chaplin. Hoje está um maracujá com gaveta mas ainda fica com o Tio Patinhas.

Leopoldo[editar]

Madame Patilda querendo dar para o Leopoldo, mas nem sequer desconfia que ele é gay.

O velho mordomo e fiel inglês que obedece rigorosamente todas as ordens do Tio Patinhas sem dizer uma única palavra. É extremamente chato e dificilmente tem algum destaque no desenho, já que não é o típico mordomo dos filmes que tenta matar seu chefe. Apesar disso, ele e Madame Patilda são os escravos mais próximos de Patinhas e, ao contrário do resto de Patópolis, ambos ganham um salário decente, moram na luxuosa Mansão Patinhas e até tomam banho e comem comida de verdade e não a porcaria que o resto come. Não confundam Leopoldo com Batista, outro mordomo puxa-saco que aparece nos quadrinhos, mas este é menos almofadinha.

Madame Patilda[editar]

Velha gorda que é governanta e tem que limpar toda a merda causada pelos desastres de Huguinho, Zezinho e Luizinho. Ela tem uma neta chamada Patricinha, que se tornou uma delinquente juvenil por causa dos sobrinhos do Tio Patinhas. Também é uma viúva encalhada, já que nunca consegue nada do Leopoldo por ele ser gay e apaixonada por seu patrão Patinhas, que também é outro pederasta e só tem olhos para o dinheiro Dora Cintilante.

Sra. Patralhão[editar]

Mãe baranga do Patralhão, que vive em um trailer assistindo novelas baratas e usa o mesmo penteado da Dona Florinda.

Asnésio[editar]

Asnésio é apaixonado pelo Capitão Boing.

Uma bicha gorda que gosta de enfiar banana no fiofó e também dar a bunda pro Capitão Bóing. Na segunda temporada eles simplesmente o eliminaram por ser um inútil.

Anta...gonistas[editar]

Irmãos Metralha[editar]

Mamãe Metralha e seus 7 maridos filhos. E isso não é nem a metade, já que a grande maioria deles está na cadeia...

Família de criminosos idiotas menos afortunados que para andarem na moda, tentam roubar a fortuna do Tio Patinhas e sempre tomam no cu. Usam máscaras de carnaval e são bobos, chatos, feios e com cara-de-mamão. Embora apareçam sempre como 3, sua família é muito maior já que sua mãe, como dizia a canção do desenho era ♪ ♫ uma grande caçadora de aventuras ♫ ♪. A Mamãe Metralha quando está fora da prisão vive com eles para mantê-los, já que esse bando de idiotas não sabe fazer nada além de roubar. Não importa o quão elaborados sejam seus planos para atacar o Tio Patinhas, sempre falham miseravelmente.

Maga Patalógika[editar]

Maga Patalógika considerada o primeiro emo do mundo animal

É o primeiro ser do mundo animal a ser chamado de emo. Bruxa louca italiana que decidou elaborar um complexo amuleto que teria de ser derretido sob as lavas incandescentes de um vulcão chamado Vesúvio. Curiosamente, em sua terra natal. Com a sua Magia, foi fácil conseguir um bagalô sob os pés do famoso vulcão. Entretanto faltava o mais simples, a 1ª moeda que um multi-milionário conseguiu em sua vida. Esta seria a moeda do pato mais rico do mundo. A moeda nº1 do Tio Patinhas. Mas, como esperado, sempre falha graças à sorte de Patinhas e do protagonismo. Maga também pretende fazer com que seu irmão que foi transformado em um corvo volte ao normal. Este mesmo irmão mantém com ela uma relação doentia de incesto e zoofilia combinada (obviamente, eles são irmãos, mas um é um pato e o outro é um corvo).

Pau Duro Mac Mônei[editar]

Mac Mônei tentando pedir emprestado alguns $$$$$$ para Patinhas

A segunda biba mais influente de Patópolis, odeia Patinhas por ele ser uma espécie de Cher na cidade. Eternos rivais, é escocês e o segundo pato mais milionário do mundo, embora nunca tenha mostrado como conseguiu isso. Na verdade, Mac Mônei não está nem perto do nível de riqueza do Tio Patinhas e ele procura de qualquer forma superá-lo, mesmo que isso signifique gastar a sua própria fortuna em invenções que acabam fracassando graças à grande sorte do Gastão Tio Patinhas. Tem uma barba que lembra a do Bin Laden e é um tipinho muito filho da puta. Além de Patinhas e Mac Mônei, também temos Patacôncio que é o terceiro pato mais rico do mundo e...nem sei porque falei dele, já que nunca foi visto nessa série, apenas no remake de 2017 e OLHE LÁ! Patacôncio é tão insignificante, que nem o tarado do autor deste artigo se lembra de vê-lo nos quadrinhos.

Legado[editar]

O impacto que a série teve no mundo varia dependendo de qual lado da lagoa você vive. Por exemplo, 99% das pessoas acham que o desenho é uma merda. Por outro lado, 99% das pessoas acham que a abertura é uma porcaria. Está entendido?

A porra da Moedinha Número 1[editar]

Muitas confusões ocorrem no desenho por causa da porra da moeda de 1 real do Tio Patinhas. Várias pessoas querem que ele libere a moeda mas esse só a libera para seu macho o Capitão Boing mas ele insiste em não dar a porra de 1 real dele, por razões desconhecidas pela Desciclopédia.

Fazendo Bico[editar]

Os vilões Maga Patalójika, Pão-Duro Mac Mônei e o Metralha Tampinha apareceram juntos por um único episódio no desenho Darkwing Duck em uma reunião de bandidos. E nesta mesma série o herói Capitão Boing atuou como o braço-direito de Dark Swing.

Esse é um problema clássico entre os desenhos animados; quando suas séries terminam os desenhos coadjuvantes para não passar fome começam a trabalhar de figurantes em outros desenhos menos famosos, e a conclusão que tiramos de tudo isso é: O PALMEIRAS Ñ TEM MUNDIAL!!!

Apresentadora[editar]

Mara Maravilha nos tempos de DuckTales

O desenho DuckTales era transmitido pelo SBT pela apresentadora Mara Maravilha, que assim como xuxa, posou para a playboy no período em que era a princesa dos baixinhos e hoje, depois de sair pelada com a aranha carangueijeira a mostra, ser funcionária do Silvio Santos e ainda apresentar um desenho de gays e emos, Mara Maravilha encontrou Jesus e se tornou evangélica.

Ver também[editar]

SBTTV.JPG Este artigo é coisa da ex-vice maior audiência do mundo! Seu programa é chato e ruim, dá menos audiência que o Vídeo Show e usa os produtos Jequiti. Se vandalizar, você será forçado a passar o domingo assistindo ao Domingo Legal. Conheça outros plágios mal-disfarçados clicando aqui.
v d e h