Eliza (Tekken)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Alucard11.jpg Este artigo é vampiresco!

Eliza (Tekken) não gosta de alho, dorme de dia num caixão, sabe virar moguerço e tá de olho na tua jugular! Se você tiver HIV, não leia este artigo!

Sexy Female Vampire Elizabeth
Aesiwpjmk.jpg
Nascimento Muito tempo atrás
Bandeira da Romênia Romênia
Idade Uns mil anos
Altura Tanto faz
Peso Não interessa
Estilo de luta Trevoso
Arma preferida Dentes
Técnica Máxima Secreta Infernal Silicone
Religião Vampirismo
Profissão Vampiresa
Característica marcante Sensualidade
Comida favorita Sangue
Frase favorita Cquote1.png Eu poderia usar uma bebida. Cquote2.png
Esporte Nenhum
Mania Hibernar

Eliza é uma hentai girl criada para encher linguiça na série Tekken. Foi escolhida pelos fãs da franquia através de uma votação ocorrida via Facebook na San Diego Comic Con entre três personagens para decidir qual seria oficializado como personagem jogável. Ela fez sua estreia em Tekken Revolution, um jogo não-canônico que serviu apenas como caça-níquel para arrancar grana dos fãs mais otários, e depois foi introduzida de vez em Tekken 7 como um bônus exclusivo para quem comprou o jogo ainda em pré-venda.

Aparência[editar]

É uma vampiresa gótica e sensual que usa roupa curta e decotada para ressaltar seu estilo de puta.

Aparentemente, a Bandai e a Namco, empresas responsáveis pela atual produção de Tekken, não sabiam muito bem se fariam Eliza de fato uma vampira, uma súcubo ou uma zumbi feminina, então resolveram misturar um pouco das três criaturas e criaram uma morta-viva chifruda que bebe sangue.

Ela poderia tranquilamente ser a terceira integrante da banda The White Stripes caso tivesse algum talento musical (ou não, já que a própria baterista Meg White também não tem nenhum), pois é representada por apenas três cores: vermelho, preto e branco, sendo esta última apenas por causa de sua pele que é mais pálida que a da Branca de Neve.

História[editar]

Eliza em raro momento acordada, fazendo uma visita a seu próprio túmulo no cemitério.

Eliza sofre de narcolepsia, uma espécie de insônia ao contrário. Ou seja, ao invés de ter dificuldade para dormir, ela dorme até demais, tendo crises de sono aleatórias. Em uma dessas crises, ela dormiu por cerca de seiscentos anos, quando na verdade tudo o que ela queria era tirar um cochilo. Ao despertar, por algum motivo seus poderes vampíricos haviam desaparecido, o que faz com que ela chupe o sangue de todo mundo que encontra pela frente na tentativa de voltar ao normal.

Como não é humana, Eliza não pode simplesmente consultar um médico para resolver seu problema, então ao invés disso ela faz uma visita a um antigo clã de exorcistas para ver se eles têm a cura. Obviamente, não adianta porra nenhuma, pois exorcistas sabem lidar apenas com demônios, e não com vampiros.

A solução de seus problemas surge após derrotar Claudio Serafino em uma luta. Como já é de praxe, ela fica podre de sono depois de enfrentá-lo, e vai para casa descansar em seu caixão. Lili Rochefort a segue e revela que na verdade ambas são irmãs, mas Eliza sofreu um derrame anos atrás que deixou-a amnésica e passou a acreditar que era vampiro, ou seja, ficou completamente maluca. Para curar sua narcolepsia, Lili recomenda que a suposta irmã mais velha beba café ao invés de sangue, mas Eliza recusa porque não quer deixar de ser poser.

Poderes e habilidades[editar]

Se Eliza for realmente irmã de Lili, então ela não é vampiresa porra nenhuma, mas sim uma cosplayer retardada que se recusa a sair do personagem. Isso explicaria porque ela não consegue fazer coisas básicas que todo vampiro faria, como transformar-se em morcego e sair voando por aí.

Como é uma personagem gostosa, criada devidamente para incentivar punheteiros a fazer hentai dela, Eliza é parente do Demitri Maximoff e sofre os efeitos do seu Demitri's Midnight Bliss cada vez que ataca uma nova vítima para chupar o pescoço. Quanto mais sangue ela bebe, mais seus peitos crescem, oscilando do tamanho pettanko ao oppai.

Ver também[editar]

  • Meitenkun, outro lutador dorminhoco.
  • Nyotengu, sua clone de outra franquia.
  • Peituda, o que ela vira gradativamente.
  • Rayne, uma outra chupadora de sangue gostosa dos videogames.