Em Busca do Ouro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Em Busca do Ouro é mais um filme feito pelo zé graça, Charles Chaplin. Dizem que o filme é americano, quando Charles é inglês e o local onde o dito ocorre é no Alaska. Por isso, os filmes de Charles Chaplin são ditos como "multinacionais".

Em Busca do Ouro é considerado uma espécie de autobiografia de Chaplin por muitos, mostrando como ele comia merda antes de começar a defecar mais ainda com seus roteiros e filmes inspirados nele mesmo. A culpa mesmo vai para ele por nunca dizer o nome dos personagens que ele interpretava em seus filmes mudos, cujo personagem era chamado apenas de "Chaplin" ou de Vagabundo mesmo.

Produção[editar]

Charles Chaplin brincando com comida antes de ser estuprado por Jim e Black na cabana.

A produção do filme foi relativamente simples, segundo alguns dos que acompanhavam Chaplin em seus trabalhos anteriores (os quais não sobraram muitos atualmente). Dizem que Charles não fez o filme no Alaska como é dito, e sim que fez o filme no México, que era um lugar mais quente e que tinham pessoas que eram mais limpinhas do que quem morava no Alaska.

Aí deve ser destacado que na época o Alaska era apenas uma favela do Canadá e que o México era um lugar reluzente e cheio de oportunidades. Ok... Mais ironias à parte não podem existir.

Sinopse[editar]

É o primeiro filme de Chaplin que não aparece seu personagem, O Vagabundo, se ferrando todo por causa de uma mulher. Sim, a frente feminista da época acabou descendo o pau em Chaplin depois que souberam que só haviam homens em "Em Busca do Ouro".

Conta a história do Vagabundo que agora está tentando a sorte nas minas d frio Alaska, em meio a Malamutes do Alaska e Huskys Siberianos, ele está lá para tentar conseguir ouro e ficar rico de verdade e deixar de ser vagabundo.

Acontece que há a introdução de três personagens: Big Jim, um aventureiro que anda pelas terras gélidas do Alaska em busca de extraterrestres (ou algo do tipo. Nunca é esclarecido o que aquele maluco busca), Black Larson que é um fugitivo e Jack Cameron que é um cara que gosta de cair na farra com travestis e garotas de salão.

Após ter reunido esse trio, começaria a trama da história, que pode ser uma das mais complexas que Charles elaborou. Talvez ele tenha queimado milhares de neurônios só imaginando 3 personagens masculinos que não fossem pobres como o personagem dele e que não fizessem ele no final da trama ir para um presídio. O que acontece ao decorrer da trama é que O Vagabundo precisava de comida e água, por isso se hospeda na casa de Jim que acaba negociando com ele que se ele conseguisse ganhar um jogo de cartas ficaria lá. Após o Vagabundo vencer, ele e Carlitos (escravo sexual de Jim) deveriam fazer a janta enquanto Larson iria caçar. Por causa da demora de Larson, Jim começa a delirar e pensar que o amigo era uma galinha e tentar comê-lo (em qual sentido não fica bem claro...).

É nesse filme também que Charles Chaplin faz a típica cena dos pãezinhos. Após Carlitos ficar perplexo pelo fato de Chaplin brincar com comida, eles continuaram a vigiar Jim, que estava ficando cada vez mais maluco pela abstinência à comida.

A cabana de Jim, prestes a cair no penhasco onde Black morreu. Obviamente, isso significa que o fugitivo continuava mexendo uns pauzinhos para puxar o pé dos outros.

Após aquela noite conturbada, a turma inteira vai para um salão e todos acabam se apaixonando por uma dançarina chamada Georgia. Se você tinha a esperança de que nesse filme não teria uma mulher que iria fazer o homem comer merda por ela, está enganado! No fim de tudo, Carlitos acaba sendo despachado pela dançarina após ele tentar beijá-la.

Final[editar]

Após a confusão, várias coisas acontecem: Big Jim que era um ricaço que esqueceu onde pôs o próprio ouro acaba se lembrando da localização do mesmo. Após uma chuva, a cabana acaba send deslocada para perto de um penhasco onde Black acabou pulando.

Big acha sua montanha de ouro e fica rico. O Vagabundo e Carlitos partem em um barco, mais pobres do que estavam e Carlitos olhando para a foto da dançarina. Querendo insistir naquilo, ele fala no ouvido do Vagabundo que precisariam de mais um aposento para abrigar sua futura noiva.

E esse é o fim, mais sem pé do que cabeça. Pelo menos agora sabe o nome do filme em que aparece a clássica cena dos pãezinhos.

Ver também[editar]