Eren pombo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Aviso: Este artigo contém spoilers do final de Shingeki no Kyojin. Se você é fresco e só assiste ao anime, sugiro que saia imediatamente, ou saberá que GABI E FALCO FICAM JUNTOS NO FINAL.
Amargurada com o final de Gigantes Pelados Shippuden, a fanbase do mangá tratou de entupir o cu da internet de memes do Eren pombo

"Yo, Mikasa." Esta frase, esta maldita frase assombrou (e matou de rir também) todos os fãs de Ataque dos Titãs que leram o mangá e foram se deliciar com os comentários do derradeiro capítulo 139, o último de uma era. A seção de comentários dos sites que disponibilizaram o mangá ficaram abarrotadas de fãs malucos chorando para desenho preto-e-branco, fãs revoltadíssimos querendo a cabeça e a alma do Isayama, engraçadalhos que vieram só pelos memes, cabeçudos que analisaram o capítulo num verdadeiro artigo científico em textos de mais de sete mil linhas, e memes do Eren pombo. E sim, depois dessa pataquada sabemos que a fanbase de SnK é uma das piores e mais cancerígenas que existem, concorrendo até mesmo com as armys kpoppers.

Give me the context[editar]

No início de 2021 (a.k.a 2020 parte 2), foi anunciado que o último capítulo do principal mangá de Hajime Isayama seria lançado em 9 de abril. A história se aproximava do fim e algumas pessoas que acompanhavam o mangá desde seu início temiam que o final fosse uma bosta genérica como outros milhares de mangás. Via-se discussões acaloradas sobre qual final possível seria melhor, num verdadeiro debate digno de Undertale...

Eren vendo se algum raspa-canela não deu em cima da Mikasa depois de morto...

O final pacifista[editar]

Muita gente cogitava um final feliz para a história, onde a Aliança Paradis-Marley conseguiria conter o pseudovilão Eren Jaeger, ele desistiria de tentar mandar toda a humanidade para o quinto dos infernos e todo o mundo veria como os Eldianos eram um bom povo e ninguém nunca mais tentaria algo contra a ilha novamente. Os Eldianos do mundo afora seriam libertados, Eren exterminaria os poderes de Titãs (já que ele tem o poder do Titã Fundador, ou seja, tem uma piroca grande pra caralho e pode fazer o que quiser), voltaria para Paradis e se casaria ou com Historia (o que uma parte dos fãs desejava) ou Mikasa (o que a outra parte desejava) ou Levi (que era o que todas as fujoshis desejavam) ou Jean (que era o que você desejava). O mangá acabaria num final realmente feliz onde tudo dava certo.

O principal ponto negativo dessa tese é que seria exatamente o final genérico que muitos temiam. Num mangá onde a porradaria, a traição, o massacre e os memes rolaram soltos, um final tão bonitinho como esse cairia estranho (e falando sério agora, cairia estranho MESMO).

O final pacifista com Discurso no Jutsu[editar]

Uma vertente dessa primeira tese é que Eren finalmente desistiria do Estrondo por causa de seu melhor amigo e saco de pancadas Armin Arlett, que tal qual fez com Zeke Jaeger, entraria numa brisa profunda na quarta dimensão, falaria com Eren e Ymir Fritz sobre como nem todos os humanos seria maus e blá bla blá, toda essa baboseira que vemos frequentemente em Fairy Tail, Naruto e outros trocentos animes shounen. Eren e Ymir refletiriam sobre suas ações, derramariam algumas lágrimas para formar o clima de dramaticidade e todos voltariam para casa dando as mãos debaixo de um arco-íris, enquanto a humanidade dormiria tranquila para sempre.

Houve um exponencial aumento de casos de depressão e surtos psicóticos à medida que o final de SnK se aproximava

O final genocida[editar]

O completo oposto do final pacifista é obviamente o final genocida, onde o Eren tacaria o fodase pra humanidade toda e finalmente tudo e todos seriam mandados para sete palmos embaixo da terra. Eren, filhadaputamente furioso com tudo e todos, conseguiria exterminar toda a humanidade exceto os Eldianos de Paradis, claro, e uma única raça sobreviveria reinante na Terra.

Esse seria o final mais drástico possível para a série, e era o que grande parte da fanbase desejava, talvez porque a personalidade do Eren Mendigo e subsequentes conquistou todos os tipos de público:

  • Meninas retardadas que molham a calcinha pelo Levi;
  • Fujoshis pervertidas que floodam a internet de fanarts amaldiçoadas e perturbadoras do Eren, Levi e Jean;
  • Weebs que já estavam putos da cara com o Eren chorão da primeira, segunda e terceira temporadas;
  • Boomers que desejavam um genocídio no final;
  • Lésbicas que desejavam um pega entre Historia Reiss e a Mikasa;
  • Haters de Marley;
  • Fãs do bom e velho shounen que ainda esperavam um acerto de contas entre Reiner Braun e Eren;
  • E muitos outros.

Via-se muitos e muitos fãs da série defendendo esse final, mas também se via muitos e muitos que simplesmente ficaram horrorizados com a hipótese de isso realmente acontecer. Bom, ainda havia quem, num mangá de terror, matança, monstros que comem humanos, traição, estupro e tudo que há de bom, esperava um final bonzinho e feliz.

O loop temporal e o Multiverso[editar]

Eren fazendo uma visitinha para seu melhor amigo

Talvez o final mais cogitado e que seria o mais provável de acontecer seria aquele onde tudo isso seria um loop temporal e que existam várias linhas do tempo onde tudo tenha acontecido de forma diferente da anterior. Tá, ok, isso realmente aconteceu e o mangá realmente terminou assim, mas não da forma como todos esperavam.

No caso, a partir do momento em que Eren recebe o Fundador de Grisha Jaeger, ele passa a conhecer o passado, o presente e o futuro. Ou seja, ele fez tudo e viu tudo acontecer já sabendo o que iria acontecer. Sim, caro leitor, Eren salvou Berthold Hoover de ser comido em Shiganshina para que a primeira corna de Grisha devorasse sua própria mãe. E sim, depois dessa sabemos com toda a certeza do mundo que Isayama cheira de telhas de zinco antes de ir desenhar seus mangás.

O verdadeiro final e o surgimento de um meme[editar]

A...

Pois bem, o mangá aproximou-se de seu derradeiro final. O C138 deixou todo mundo com uma pulga atrás da orelha: será que Eren realmente morreu? Mas ele é o Tatakae! Ele não pode morrer! Ele tem que mandar a porra da humanidade direto pro inferno!

Sim, o menino tatakae realmente bateu as botas dessa vez. Depois dos trocentos milhares de baits de quase-morte do protagonista proporcionados pelo maconheiro Isayama, dessa vez, realmente, de fato, deveras, ele bateu as botas.

  • No episódio 5 (ou 6, não lembro ao certo) no anime, Eren é devorado pelo Titã Karl Marx quando dava piti porque metade do seu esquadrão tinha esticado as canelas. Isso com certeza causou muito rebuliço na internet lá pelos idos de 2014, quando o anime dava seus primeiros passos e o hype na comunidade afora era gigantesco, maior até mesmo que o causado pelo Eren Mendigo e Mikasa Travecão, Titã Marcelo de Guerra e o ódio generalizado pela Gabi. Aliás, essa criatura dos infernos sobreviveu e ficou com o Falco no final. Voltando ao assunto, certamente quase todos os que assistiram aquilo pela primeira vez ficaram estarrecidos e confusos (porra, mas logo agora que eu comecei a simpatizar com o prota, ele morre???). Só que não: ele reaparece alguns episódios depois, aparecendo pela primeira vez na forma de Gigante Pelado.
  • Alguns episódios depois, já no arco da Titã Bunduda, Eren é derrotado pela mesma e ela abocanha o garoto. Muita gente chegou a pensar que ele havia morrido de novo, mas foi revelado no episódio seguinte que ela só o colocou na boca e ele estava coberto de esperma e escarro de bêbado, e então Levi o resgata.
  • Durante o contra-ataque de Marley (Facção Jaeger vs. Tropa do Reiner), Gabi dá um headshot, ou melhor, um pescoçoshot no Eren usando uma espingarda tunada. Dessa vez TODO MUNDO teve certeza que o tatakaeador havia morrido de verdade, mas não, uma lacraia esquisita saiu da coluna dele (após o corpo dele tocar no Zeke, condição fundamental para o Estrondo, ou seja: fudeu) e milagrosamente o ressuscitou.
  • E finalmente, no capítulo 137, o Armin, após uma conversa pra lá de maconhadassa com o Zeke, se transforma em homem-bomba e solta o nuke bem debaixo do corpo do Titã Fundador. Era o fim? NÃO!!

Por alguma bosta de motivo, a Mikasa sabia que a cabeça do seu princeso de estimação estava situada bem dentro da boca do Titã Encapetado, sendo que literalmente todos os titãs inteligentes desse mangá possuíam seus humanos alojados na parte de trás do pescoço. Convenientemente, o Titã do Eren era diferente. E, pra completar a cagada, ele era o Fundador, ou seja, sabia de tudo: passado, presente e futuro. É como se fosse Jesus, só que foda... Então por que ele não deu um simples tapa na Mikasa e tudo se resolveria da forma mais fácil possível?

Nova forma de Eren: Titã Cagador de Carro[editar]

Vai Eren!! Voa menino!

Claro que o Isayama cagou um taco de baseball grossíssimo pra quem levantasse a voz contra esses pormenores, afinal, tudo o que o público queria era a) Ver trocação franca de Titãs Colossais; b) Ver a Gabi se fodendo; c) Ver ao menos uma bitoca entre o Eren e a Mikasa ou a Historia ou o Levi. Bem, a tal bitoca finalmente saiu, mas não do jeito que todos esperavam... Mas deixando a enrolação de lado, Mikasa desferiu o ataque final contra Eren, e cabeças voaram. No que as cabeças voaram, a mulher não desperdiçou sua chance de ouro e tratou logo de tacar o linguão. Ela cortou a cabeça do seu princeso e a beijou. Sim, beijou. BEIJOU. Ela beijou a porra da cabeça decepada do Eren. E fodase.

Bom, daí pra frente foi só um final triste pra cacete e o mangá termina na cena em que Mikasa está no quintal de casa, num timeskip fodido, olhando o horizonte enquanto imagina perversidades com a cabeça do seu amor, enterrada ao pé de uma árvore. Nessa cena, enquanto ela pensa no Eren, um pássaro vem e meio que "puxa" o cachecol dela, e sai voando. E foi aí que a fanbase de SnK, com toda a sua sagacidade de shitposters adolescentes, concebeu essa cringidade que é o Eren pombo.

Cquote1.svg Pruprukae!! Pruprukaee!! Cquote2.svg
Eren lutando pela liberdade... Dos pombos!
E assim, o lendário e muito discutido mangá de Hajime Isayama chegou ao seu final. A impressão geral é que os editores do mangaká ameaçaram o coitado de morte caso ele não terminasse logo essa porra, e saiu esse final meio "cagado".

Outras obras de arte[editar]