Escola de Informática

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Cquote1.png Você quis dizer: Baba-ovo da Microsoft Cquote2.png
Google sobre Escola de Informática
Cquote1.png Eu fiz e foi muito útil na minha área de trabalho. Cquote2.png
Bruna Surfistinha sobre Escola de Informática

O que é isto?[editar]

Escola de Informática é uma das criações mais diabólicas dos últimos tempos, mais precisamente dos anos 90 destinada em especial a pregar a doutrina falaciosa de que sem a doutrinação informática você não teria emprego decente garantido na virada do milênio.

O fato é que esta é mais uma das inutilidades criadas especialmente para tirar dinheiro de idiotas como você, Teu Pai e Tua Mãe, uma vez que estes pseudo-conhecimentos em geral pouco servem para nada mais que enfeitar o currículo (ou não).

Além disso, há informações de que estes cursos seriam tão inúteis a ponto de fazer com o que você esqueça o pouco que aprendeu no dia-a-dia da vida real, te fazendo um noob depois de alguns meses, ou não.

Como funciona?[editar]

Em geral, as escolas de Informática usam e abusam de propaganda na tentativa de conseguir que idiotas como você participem de seus cursos que conseguem o feito de serem mais chatos do que a sua escola de Ensino Fundamental.

Além disso, os cursos oferecidos em geral são de programas cujo custo consegue ser maior do que o preço de um computador (O RLY?), sendo que você nunca vai vê-los no computador da sua casa a não ser que você seja um idiota e os compre apele para a pirataria.

Por consequência, os jovens de hoje não dão mais valor aos mesmos, preferindo as Lan-Houses e os CSs da vida.

Cursos oferecidos[editar]

Inicialmente, lá nos tempos em que Dercy Gonçalves ainda era virgem, as escolas de informática ofereciam cursos de sistemas operacionais e programas do tempo das cavernas, a ponto de os mesmos serem executados em telas de duas ou três cores, mas já se notava desde já a tendência adesista ao Lado Microsoftiano da Força, como podemos ver pelos programas de iniciação abaixo:

Em vez de estarem estudando, estão no Orkut/MSN/Twitter! Vagabundas! (Perceba que os professores estão juntos lá fora para conversar sobre futebol)
A reação de um diretor de um colégio de informática ao verem as alunas no Orkut, no MSN e no Twitter.

Depois disso, as mesmas, com o consequente monopólio domínio do Lado Microsoftiano da Força, resolveram optar por oferecer cursos dos programas da Todo-Poderosa do momento, passando a oferecer entre seus cursos:


Como podemos ver, não podia se sair nada de bom desses lugares, sendo que só depois da virada do milênio que as mesmas deixaram um pouco de lado o lado Microsoftiano da força, inicialmente oferecendo cursos de Microsoft Linux, de montagem e manutenção de computadores, além de outros mais inúteis, como podemos ver adiante.

Cursos extras[editar]

Na tentativa de manter os otários idiotas alunos enfurnados em seus cursos, acreditando em uma vaga de trabalho que supostamente cairia do céu, as escolas de informática passaram a diversificar o seu spot e a oferecer cursos das mais inúteis coisas, sendo as seguintes as principais:

Como podemos ver, o que já era ruim ficou ainda pior, uma vez que os ensinamentos se resumem ao enrolês e ao gerundismo, típicos de pessoas idiotas que não tem nada para fazer.

O que você pode conseguir com esses cursos?[editar]

Quando muito você pode conseguir o seguinte com esses cursos:

  • Um trabalho na área de informática (mas isso depende do paitrocínio, até porque para pobres que nem você, pode esquecer)
  • Uma vaga de salário minimo, que não dá para pagar nem o das contas e tampouco o que você gastou no curso.
  • Um enfeite inútil para o seu currículo para serviços em especial onde você não vai utilizar 10% do que (supostamente) aprendeu.

Como podemos ver, é simples assim (ou não).

Ver também[editar]