Extreme Aggression

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Ozmaeleozelito.jpg Este artigo trata de um álbum

E já teve milhares de cópias vendidas! (ou não).

Conheça o resto da playlist clicando aqui.

Cquote1.svg You and your life mean nothing to me! Cquote2.svg
letra da faixa-título sobre o o que a banda sente por você.
Cquote1.svg AAAAAAHHHHHHHH Cquote2.svg
Mille Petrozza sobre Extreme Aggression
Cquote1.svg Agent Orange é melhor! Cquote2.svg
Fã do Sodom (com razão) sobre Extreme Aggression
Cquote1.svg Nevermind é melhor Cquote2.svg
Fã de Nirvana (sem razão) sobre Extreme Aggression

Extreme Aggression é o quarto álbum do Kreator. Até que é legalzinho, mas muito sem graça! Ventor não canta mais, eles não falam mais do Capeta... não xingam mais o público nos shows... outros momentos...

A pior capa que um álbum de Thrash pode ter...


Antecedentes[editar]

Era 1989, a banda já estava ficando sem ideias (nota-se pela horrível capa do álbum, que mostra os caras da banda num fundo avermelhado todo tosco). Mas... se queriam continuar como um Gigante do Thrash alemão, o Kreator teria que lançar algo novo. Daí surgiu esse álbum, que é meio... meia-boca.

Produção[editar]

Tão meia-boca quanto o álbum. Meu filho de sete anos (que eu ainda não tenho) produziria um álbum focentas vezes melhor que esse! Ainda bem que com o próximo álbum a produção ficou supimpa.

Recepção[editar]

Os críticos receberam muito bem esse álbum... com um tapa no meio das fuças!! Cquote1.svg Que isso Kreator? Essa que é a "Agressão Extrema"? Faça-me rir! Cquote2.svg
Crítico musical sobre o álbum
. Como foi visto aí em cima somente fãs alienados e alguns puristas do Thrash consideram o álbum como muito foda.

Conceitos líricos[editar]

Desde o álbum anterior a banda deixou as suas letras do mal pra trás e agora foca em visões da sociedade. Há até uma música sobre pedofilia.

Músicas[editar]

  • Extreme Aggression/Punheta Extrema - Fala sobre... peraí... ahhh!! Gozei!
  • No Reason To Exist/Sem Razão Pra Ver O Sol - Música dedicada á emos
  • Love Us Or Hate Us/Nos Coma Ou Nos Deêm - Conta as orgias bissexuais da banda.
  • Stream Of Consciousness/Corrente do Amazonas - Conta as aventuras de Chico Bento no Norte do Brasil.
  • Some Pain Will Last/Algum Viagra Irá Sobrar - Revela seus pensamentos toda noite com sua namorada.
  • Betrayer/X9 - Nóis vai matar os alemão! Aqui é Comando Vermelho porra!
  • Don't Trust/Não Goze - Os pedidos de sua mina pra que você consiga passar dos 1 minuto e meio na cama.
  • Bringer Of Torture/Trazedor da Marmita - Música em homenagem aos trabalhadores braçais brasileiros.
  • Fatal Energy/Chicotada Fatal - Um método de tortura de escravos.

Integrantes[editar]

  • Mille Petrozza
  • Ventor
  • Rob Fioretti
  • Um carinha guitarrista que ninguém se lembra.