Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa


Estatua da liberdade Russia.jpg VIVA LA REVOLUCIÓN!!!

Este artigo é comunista, e portanto, foi escrito por um Comunista, ou por um torcedor do Liverpool, ou do Manchester United, ou de qualquer torcedor de um time vermelho ou ainda, por fãs da Ferrari.
Se você vier com piadinha de iPhone, será mandado pra um gulag.


Bandeira do Estado de São Paulo.svg.jpg Salve, mano! Este artigo é paulista: não gosta de gaúcho nem de carioca e se acha um puta trabalhador, né, meu! E não tá completo, pois o vacilão foi tomar um chôps e dois pastel, meu!
Brasão da Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo

Cquote1.png Você quis dizer: Colégio Singular Cquote2.png
Google sobre Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo
Cquote1.png Você quis dizer: Colégio Múltipla Escolha Cquote2.png
Google sobre Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo
Cquote1.png Você quis dizer: Refugo da FUVEST Cquote2.png
Google sobre Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo
Cquote1.png Você quis dizer: A Grandiosa Cquote2.png
Google sobre Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo
Cquote1.png Você quis dizer: Bernô Cquote2.png
Google sobre Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo
Cquote1.png Mas professor, é mandado ou mandato? Cquote2.png
Você sobre professor que fala com a língua presa
Cquote1.png E eu achando era um puta cheirador de pó! Cquote2.png
Charlie Sheen sobre alunos da FDSBC
Cquote1.png A corrupção de lá é nota dez, mas chega a me intimidar. Cquote2.png
Lula sobre FDSBC
Cquote1.png Bora pro Supra? Cquote2.png
Seu amigo sobre intervalo
Cquote1.png Na minha época se chamava Joka. Cquote2.png
Repetente que está no nono ano sobre o comentário acima
Cquote1.png Me formei lá Cquote2.png
Levandoporforovsky sobre FDSBC
Cquote1.png Mas como a faculdade é pública se você paga? Cquote2.png
Qualquer um sobre sua faculdade
Cquote1.png Me vê uns milhões aí! Cquote2.png
Prefeiro William Dib sobre cofres da FDSBC
Cquote1.png SOU SÃO BERNARDO SIM SENHOR, E BEBO TODAS QUE VIER! Cquote2.png
Você sobre decepcionar seus pais nas festas
Cquote1.png Você está demitido! Cquote2.png
Roberto Justus sobre FDSBC participando dos Jurídicos
Cquote1.png Teremos a nova biblioteca ano que vem! Cquote2.png
Diretor sobre reformas da FDSBC

FDSBC meses antes da inauguração pós-golpe (1963)

Cquote1.png Eu ouço isso desde que eu era criança. Cquote2.png
Sua bisavó sobre a citação acima
Cquote1.png Vocês... Leram o texto? Cquote2.png
Michael Sandel sobre Aulas de Ética
Cquote1.png Agora vai essa mesmo Cquote2.png
Você sobre Não querer prestar Fuvest de novo
Cquote1.png Achava que era parte da UFABC Cquote2.png
Tio distante sobre sua faculdade
Cquote1.png São Bernardo só tem comunista Cquote2.png
Olavo de Carvalho sobre FDSBC

Conhecidíssimos portais da rua Java

A Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo (FDSBC), ou simplesmente Direito São Bernardo, ou "Bernô, para os íntimos, é uma balada faculdade localizada na Rua Java Software, no município de São Bernardo do Campo (ah vá!), estado de São Paulo, composta por caipiras que falam "jus" em vez de "ius", maconheiros, bêbados e ex-alunos do Colégio Singular que sonham (e sonham mesmo, já que a média é um absurdo 7) em advogar alcoolizados, de terno bege ou azul, sentados na escadaria do fórum, com rosto vermelho, suando, esperando fazer acordo em uma audiência trabalhista (porque é a única matéria que se aprende nesta terra do PT) atrasada. A maioria passa os dias jogando sinuca, apostando com o "suado" dinheiro do CAXXA, comendo lanches super saudáveis no Supra ou simplesmente dormindo mesmo nos sofás da Atlética enquanto os pais pensam estarem estudando e depois pedem seu caderno (caderno?) emprestado. Costumam também fumar na frente dos "portais da Rua Java", incomodando as idosas da faculdade da terceira idade que transitam pela calçada.

História[editar]

A história é linear, mas mesmo assim complexa e conectada com acontecimentos internacionais, fruto da internacionalização recente (hã?) da faculdade.

Pré Golpe[editar]

A Faculdade de Direito de São Bernardo do Campo surgiu de um jogo de truco entre Lula e o Capeta, em 1921, que apostavam se alguém conseguiria criar algo pior que uma sogra. Como o Lula perdeu, ele ficou puto, jogou tudo pra cima e falou para o Diabo que criaria um lugar pior que o inferno; e assim foi para Brasília fazer greve. Para se vingar, o Capiroto resolveu criar um lugar para concorrer com toda a corrupção da capital, e assim surgiu a FDSBC, entregando-a nas mãos dos líderes da URSS, concorrentes de Lula a época.

Golpe[editar]

Inauguração pós golpe fascista da FDSBC com o líder supremo, Castelo Branco Hitler (1964)

Isso tudo ocorre curiosamente no ano de 1964, mesmo ano em que Hitler, fugindo da Alemanha, da um golpe de estado e assume o governo do Brasil até a década de 1980, período fascista do Brasil. Seria isso uma coincidência???

Fim do Golpe[editar]

Coincidência ou não, a faculdade ficou sobre o domínio fascista até aproximadamente 2013, quando, empoderados, o coletivo feminista e a resistência comunista que se escondia na sala do centro acadêmico, começaram a colocar cartazes pintados com sangue menstrual tinta a dedo, especialmente em 2018, na tentativa de impedir a eleição do Mito (haha!), mas entrando de luto depois de serem frustrados e se sentirem novamente no ano da fundação da faculdade.

História Recente[editar]

Recentemente, enquanto as feministas e comunistas choram pelos corredores cheios de fios soltos e obras de arte desconexas, o resto dos alunos bêbados e maconheiros sérios, tem participado de cervejadas e festas pouco animadas organizadas por outros comunistas ou pessoas mais interessadas em sair mesmo daquele lugar.

Características Peculiares[editar]

Dita a melhor faculdade de TODO O Á-BÊ-CÊ -DÊ, a Direito São Bernardo é composta por maconheiros e bêbados (51%), gente que não passou em faculdade pública de verdade (vulgo ex-alunos do Singular) (28%), aspirantes a políticos (16%), ex-alunos da Etec (5%), professores leitores de slide (3%), Tua Mãe (1,5%) e professores que dão aula (0,5%).

Alunos[editar]

Como grande parte dos alunos são frustrados por não terem passado direto do Colégio Singular para a USP (mas quem consegue também com certeza é um reptiliano iluminati, porque é humanamente impossível), e como não tinham coragem de cursar História ou Jornalismo com medo de morrer de fome, quase todos possuem a doença chamada Síndrome de Vira Lata, que consiste em uma autoestima mais baixa do que a teta caída da Tua Mãe. Além disso os alunos são conhecidos por terem a melhor nota nas matérias de Procrastinação (CPTE), dormir em aula (TGD), matar aula (Direito Internacional) e virar garrafa de duelo (Filosofia Jurídica) na prova da OED (Ordem dos Estudantes Desempregados).

Tipica aluna da FDSBC

Também são profissionais em chorar meio ponto de professores que se fazem de difíceis ou usar ius esperniandi princípio da razoabilidade quando escrevem absurdos coisas muito acertadas nas provas. Mas nem tudo são lágrimas de crocodilo, porque a bateria é o orgulho do alunado, mesmo ela aparecendo na faculdade apenas na primeira e na última semana do ano (conseguindo inclusive falhar de vez em quando no fim do ano), para alegria dos professores, que combinam de não dar aula nesses dias. Falando nisso:

Doutrinadores Professores[editar]

Um dos primeiros professores da casa no pós-golpe (1985)

Além de alunos entediados e entediantes a Grandiosa é majoritariamente composta por professores que copiam criam slides e leem por duas aulas inteiras o que está escrito neles, uma vez que o QI dos alunos é duvidoso até para essa tarefa. Outros tipos de professores são aqueles que passam a maior parte do tempo fora do país fechando acordos com faculdades internacionais em Hogwarts, na Islândia, em Nárnia ou na Terra do Nunca, lugares que os alunos nunca conseguirão ir porque não conseguem nem arranjar estágio, quanto mais pegar aerotrem avião pra esses lugares. Quando eles estão no país passam a maior parte do tempo com sono e liberando os alunos depois de 10 minutos de aula. Por fim existe (que incrível) a minoria que tenta dar aula fascista dos professores, mas ninguém se importa, já que nessa aula o Supra está aberto.

Eventos[editar]

Semana Jurídica[editar]

Evento que ocorre pelo menos desde quando D. João VI pisou no Brasil, de tão tradicional, a semana jurídica da São Bernardo corresponde à semana do saco cheio da maioria das outras faculdades (menos da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, porque ui, a Sanfran é especial). Nessa semana os alunos são obrigados a assistir pra ganhar 1 ponto nas matérias assistem palestras tão atuais quanto o Meirelles e super interessantes (nossa) normalmente dadas por professores falantes de porto-riquenho ou português de Macau, língua já praticamente extinta ou então por expoentes "muito conhecidos" do comunismo nacional, afinal, onde não tem comunismo nessa faculdade?

Pendura[editar]

Mesmo o Centro Acadêmico fazendo ofício para os caras de pau alunos entregarem nos bares e restaurantes, ninguém teve coragem ou pachorra de realizar tal ato "tradicionalicimooooo".

Peruada[editar]

Isso é coisa de fuvesteiro safado e não tem vez pra isso na "amada" bernô.

Bota Fora[editar]

Evento que, teoricamente, invade salas, bagunça com calouros e todos aqueles que ficarão, enquanto o pessoal do 5° ano (maioria com já 8 anos de casa) vai saindo. Porém a cada ano o evento tem se tornado mais fraco e o bumbo tem tocado mais baixo, para alegria dos professores que não conseguem terminar a matéria, mesmo sua única missão sendo ler os slides enquanto os alunos dormem. Fica a dúvida, o evento continuará?

Centro Acadêmico XX de Agosto (CAXXA)[editar]

Batizado em honra a data de nascimento do presidente Lula de Lula, o CAXXA é uma cópia invejosa do CAIXA da SanFran, mas menos importante para história nacional e mundial, uma vez que não faz muito além de organizar palestras que ninguém vai assistir e fornecer serviços que não costumam durar mais de um semestre, como nosso vergonhoso lendário Centro de Idiomas XX de Agosto (CIXXA) nome tão bom quanto "brexit".

CAXXA em seus primórdios

O CAXXA tem a pretensão, e apenas a pretensão, de representar os alunos da faculdade, uma vez que desde 1900 e guaraná com rolha as eleições são de chapa única, o que quer dizer que ninguém tem escolha, além do que, apenas 0,25% dos alunos se importam em perder 5 minutos de Supra aula para ir votar. Hoje em dia a função mais nobre do CAXXA é fornecer 3 microondas (mais do que a SanFran oferece) para aqueles poucos escravos estagiários que almoçam suas marmitas na faculdade (já que a cantina parou de vender almoço pra esse bando de mentecaptos que só gastam com duelo e marijuana).

Associação Atlética Acadêmica XX de Agosto (AAAXXA)[editar]

Estrela do filme Beethoven também é mascote da FDSBC

Conhecida simplesmente por "Atlética", é um lugar estranho, um clube destinado a venda de blusões, bonés, garrafas de água (normalmente usados para esconder birita) e ingresso para festas aproveite para comprar antes do lote virar!!!. Não ganham nada no JUD faz um tempo e ficou fora do Jurídicos por longos anos e quando voltou não realizou as proezas prometidas, como quebrar os recordes de fumar 50 maços de cigarro em um dia, beber 10 litros de cerveja em uma hora ou pegar mais mulheres que os caras da SanFran. A sala da Atlética também serve para dormir e jogar vídeo game no orário de aula.

TCC[editar]

O brilho da nossa alma mater; nossos incríveis e super-duper alunos tratam dos temas mais complexos e contundentes possíveis, trabalhando neles duas semanas anos antes de apresentarem suas teses, passando dias inteiros na sala de estudo e na biblioteca, sempre cheias de alunos sedentos por conhecimento (aham!). Todos os TCCs são defendidos por alunos mui convictos das teses que apresentam tanto quanto Hitler, quando assinou o pacto de não agressão com Stalin (outro comunista formado na São bernardo) e os professores que formam as bancas são sempre muito moles! rigorosíssimos, atribuindo notas 7 duras a trabalhos porcaria muito bem feitos. FDSBC sempre colabora com o desenvolvimento da alienação comunista cientifico do Brasil.

Diretores e Vice-Diretores[editar]

Os diretores e vice-diretores dessa fenomenal autarquia são muito bem cotados (pff) no país inteiro:

  • (Período pré fascista)
    Recorte do anuário da Faculdade (1926)
  • 1922-1924 - Vladimir Lenin
  • 1924-1926 - Alexei Rykov
  • 1926-1953 - Joseph Stalin
  • 1953-1964 - Nikita Khrushchev
  • (Período fascista)
  • 1964-1965 - Adolf Hitler (fundador)
  • 1965-1969 - Paulo Teixeira de Camargo / José Cretella Júnior
  • 1969-1973 - Paulo Teixeira de Camargo / Farid Casseb
  • 1973-1977 - Farid Casseb / Rubens Teixeira Scavone
  • 1977-1981 - Horácio de Carvalho Junior / Walker da Costa Barbosa
  • (Período pós-fascista)
  • 1981-1985 - Farid Casseb / Horácio de Carvalho Junior
  • 1985-1987 - Calixto Antonio / Diogenes Gasparini
  • 1987-1989 - Farid Casseb / Enrique Ricardo Lewandowski
  • 1989-1993 - Eduardo Domingos Bottallo / Vera Lúcia Machado D'Avila
  • 1993-1995 - Julio Bonetti Filho / Diogenes Gasparini
  • 1995-1997 - Julio Bonetti Filho / Francisco Neves Coelho
  • 1997-2001 - Diogenes Gasparini / Elisabeth Vicentina De Gennari
  • 2001-2005 - Eliana Borges Cardoso / Nei Frederico Cano Martins
  • 2005-2009 - Luiz Antonio Mattos Pimenta Araújo / Eduardo Domingos Bottallo
  • 2009-2013 - Marcelo José Ladeira Mauad / Rui Décio Martins
    Foto da formatura de 2013, estude para o vestibular, ou você será o próximo
  • 2013-2016 - Marcelo José Ladeira Mauad / Rui Décio Martins
  • 2017 - hoje - Rodrigo Gago Freitas Vale Barbosa / Hélcio Maciel França Madeira

Lei da Sangria[editar]

Lei que visava a doação, toda sexta-feira antes e depois das aulas, de um copo de sangria, bebida que é um coquetel de vinho com frutas e especiárias, só para dar um gás para terminar a sofrida semana do proletário são bernardense.

Infelizmente não foi aprovada na Câmara dos Vereadores de São Bernardo do Campo.

Sala onde se esconderam os comunistas durante o Golpe

Considerações Finais[editar]

Depois de tanta desilusão, nossa querida antro comunista particular bernô não nos deixa muita saudade, pois é graças a ela que hoje podemos trabalhar na Associação de Proteção as Tartaruguinhas Mancas e defender Caio, Mévio, Tício e Semprônio, hoje litigando via holograma, já que suas mentes foram recuperadas dos artefatos romanos encontrados por um professor da casa. Só não resta saudades dos longos bimestres sem notas lançadas da matéria de "ius enrrolandis" (Introdução ao Processo). E apesar de tudo, a faculdade é responsável por 23% do PIB de São Bernardo do Campo através de suas festas que ocorrem semanalmente, que também servem para sustentar a economia colombiana, venezuelana, cubana, nicaraguense e chinesa. Salve salve, São Bernardo!


Universidades Direito São Paulo