Famke Janssen

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Bebegula.jpg Famke Janssen é vegetariano(a)!

Ele(a) defende os direitos dos animais sem se importar com os direitos das plantas e odeia quando perguntam se pode comer frango. Se vandalizar este artigo, você vai comer uma lasanha de couve ao molho branco!

Famke Janssen
Famke janssen.jpg
Não há quem resista a esse olhar de bruxa...
Nascimento 5 de novembro de 1964
Nacionalidade Holandesa
Ocupação Atriz
Medidas 91 - 61 - 91
Altura 1,80m

Cquote1.svg Você quis dizer: Jean Grey? Cquote2.svg
Google sobre Famke Janssen
Cquote1.svg Isso aí, amiga! Orgulho holandês! Cquote2.svg
Jill de Jong sobre Famke Janssen.
Cquote1.svg Eu preferiria não trabalhar do que atuar em um filme que ninguém vai assistir. Cquote2.svg
Famke Janssen sobre sua carreira.
Cquote1.svg Hum... Acho que você já trabalhou demais, então... Cquote2.svg
Eu sobre Famke Janssen.
Cquote1.svg Já peguei! E já vinguei! Cquote2.svg
Liam Neeson sobre Famke Janssen.

Funk, digo, Famke Janssen (nomezinho difícil) é uma atriz e modelo super conservada e sucessora de Anjelica Houston como oráculo do MILFismo. Nascida em Amsterdã, capital dos Países Baixos (pensou besteira, seu animal? Eu estou falando da Holanda!) há mais de meio século (é, ela é velha...), cresceu com um sotaque caipira ridículo e ordenhando vacas holandesas, como era de se esperar.

Curiosamente, ela é a única morena da família (provas óbvias de que sua mãe pulou a cerca) e por isso, sempre notou ter uma certa superioridade em relação às irmãs burras. Tal motivo faz com que Famke se mudasse para os EUA para estudar Literatura, mas como toda mulher bonita e burra que se preze, acabou virando modelo.

Biografia[editar]

Famke Janssen feliz da vida lendo este artigo.

Com o fracasso sucesso nas passarelas, Famke inventou de querer ser atriz e matriculou-se em um curso de interpretação. Ela até que foi muito bem, diga-se de passagem, já que foi a única que conseguiu passar sem ter que apelar pro famoso teste do sofá, mas só porque não falava inglês direito e não entendeu as segundas intenções do professor.

Nada mal para uma cinquentona, hein?

Frustrada (igual na foto ao lado) por ter sido aprovada desse jeito, a moça decidiu fazer um curso intensivo de idiomas e passou a falar não só holandês e inglês, mas também francês e alemão, para provar de uma vez por todas que foi adotada não tem nada a ver com suas parentes loiras. Se bem que holandês é uma mistura de alemão com francês, então nem foi tão difícil...

Em 1992, Famke finalmente conseguiu seu primeiro papel profissional, como figurante em um seriado de Star Trek. Sim, foi um papel bem inútil, mas o suficiente para ela ser escalada três anos depois para viver uma Bond Girl no trocentésimo filme do 007 e assim conseguir prestígio mundial.

A fama mesmo chegou quando interpretou a mutante Jean Grey na trilogia X-Men, onde ela chamou atenção do público que mais rende dinheiro para a indústria do entretenimento (os nerds, é claro), virando assim uma celebridade "top de linha".

Curiosidades[editar]

  • Seu nome significa "Pequena Garota". Oh, que ironia cuti-cuti!
  • Já foi indicada várias vezes ao Oscar. E em 1997 ela ganhou, que supimpa!
  • Famke calça 42 bico largo (na verdade 40, mas dá no mesmo). Não, ela não é lésbica, só tem pé grande mesmo.