Full Throttle

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Virtualgame.jpg Full Throttle é um jogo virtual (game).

Enquanto você lê, Chris Redfield esta matando algum hunter.


Turbina Cheia
Full Throttle Cover.jpg

Quando estou na estrada... sou invencível

Informações
Desenvolvedor LucasArts
Publicador LucasArts
Ano 1995
Gênero Adventure Game
Plataformas MS-DOS
Avaliação 10%
Idade para jogar Livre

Cquote1.png I don't put my lips on that Cquote2.png

Cquote1.png Quando eu sinto o cheiro de asfalto, eu penso em Maurenn Cquote2.png
Ben sobre o desodorante vencido de sua amada

Full Throttle é um joguinho infanto-juvenil de clicar com o mouse em coisas, do gênero aventura clichê, produzido pela LucasArts em 1995, época em que a tecnologia de jogos de mundo aberto tipo The Legend of Zelda: A Link to the Past (lançado em 1991) ainda nem existia, e as coisas tinham que ser mais estáticas e mais focadas em história e não em efeitos visuais, explosões ou enormes cut-scenes em CG, lançado exclusivamente para o MS-DOS, em outras palavras, impossível de ser jogado nos dias atuais sem gambiarras, o que tornou o jogo algum tipo de lenda para trouxas que não sabem usar a porcaria do ScummVM.

História[editar]

O jogo gira em torno do protagonista Ben, um motoqueiro arruaceiro que quando está na estrada é invencível, na abertura do game passa por cima de uma limousine e fica dirigindo rumo ao infinito enquanto os créditos passam. De início o jogador percebe estar controlando um desempregado vagabundo, mas o mundo em questão é semi-apocalíptico e claramente inspirado em Mad Max.

Adrian Ripburger, um mauricinho que de tanto dar o cu ficou com hemorróida e agora só sabe andar mancando, é o grande antagonista do jogo, e como tal, é um fanático por mini-vans, afinal é um jogo de motoqueiros. Ele arma uma cilada para Ben, atacando-o por trás e sabotando sua moto.

Um carregamento de pó para temperar Cheetos, tombado na estrada, servindo de obstáculo.

Depois que Ben acorda numa lixeira, quebra a cara de um gordo fedorento e sai por aí tentando caçar o cara que bateu nele, por algum diabo de motivo tentar empina a moto (Só que com estilo, ao contrário de um Funkeiro ou um Mauricinho), perde a roda dianteira, bate e quase morre. É salvo por uma pirralha que, ao invés de levar a um hospital. o leva até uma mecânica folgada que se chama Maureen (Afinal de contas, é um mundo quaee apocaliptico). Como ela é extremamente desocupada, decide consertar a moto de Ben com a mão-de-obra de graça, mas as peças o protagonista tinha que procurar. Lembrando que Ben é um falido, ele tinha que achar garfos dianteiros, maçarico e gasolina de algum jeito. Nada mais conveniente que roubar as três coisas e criar um pequeno caos naquele resto de aldeia decadente onde Mo morava.

Apesar da moto consertada, Ben não consegue salvar Malcolm, o dono da Harley Davidson, que é golpeado cruelmente nas costas, por Ripburger, bem no único momento em que um motoqueiro está distraído: tentando subir o zíper das calças após uma boa mijada.

E para piorar Ben é incriminado por essa tragédia, e o velho revela ser o pai da mecânica doida que lhe consertou a moto. Nessa encruzilhada Ben precisa ir para a fábrica da Harley Davidson e impedir que Ripburger a transforme numa fábrica de mini-vans para mauricinhos e patricinhas (Novamente, é um mundo quase apocalíptico, as zonas urbanas só funcionam para mauros/patys, a verdadeira tragédia para o universo criado pelo jogo). Para chegar lá é preciso passar por uma intensa barreira policial, e para isso Ben pega carona com um caminhoneiro filha da puta traficante de cocaína radioativa, que apesar de furar sem parar os dedos com uma faca não tem escrúpulos para roubar o carburador da moto de Ben, que foi levada escondida para passar do bloqueio, pois a maconha radioativa é permitida nesse mundo. O que esse caminhoneiro não esperava é que uma gangue de motoqueiros alienígenas o explodiria no meio de uma ponte.

Para pular essa ponte é uma nova aventura, onde Ben precisa andar com sua moto numa estrada repleta de filhas-da-puta arruaceiros, tomar muita porrada e bater muito também, com socos, pé-de-cabra, correntes, tábuas de passar roupas, serrotes ou mesmo punhados de peido verde-marca-texto. Ao reunir uma rampa, um turbo e uma hélice, ele pula o cânion.

Cquote1.png I don't want to set off any of these boys. Cquote2.png
Ben sobre sacrifício de coelhos fofinhos de pelúcia

O capítulo semi-final é nas fábricas da Harley Davidson onde Ben tem a ideia genial de atravessar um campo minado soltando coelhinhos de pelúcia para serem sacrificados. Já deu para perceber que o jogo não tem muita lógica, especialmente quando você parar numa corrida de demolição e depois num seminário de mini-vans.

Desmascarado como criminoso, Ripburger foge em um caminhão para atormentar a vida de Ben e Mauren que finalmente iriam dar alguns bons e merecidos amassos, mas Ripburger aparece e atropela Ben com sua moto e tudo, então os amigos de Maurren chegam com um Boeing 707 sem asas usado como furgão gigante mesmo, e engole o caminhão de Ripburger. Então somos apresentados à parte mais difícil do jogo que é adivinhar a sequência certa de comando para fazer o avião frear antes de cair no abismo

Cquote1.png Urrgh! Let's try again! Cquote2.png
Ben após morrer caindo no abismo 1000 vezes até descobrir a sequência certa de parar o avião

Jogabilidade[editar]

Ben recusando-se a comer lixo, ele é fudido mas tem seu orgulho.

Full Throttle foi um dos primeiros jogos do mundo lançado com legendas em português, por isso um dos primeiros entendíveis no Brasil, tornando-se bem famoso na década de 1990.

Basicamente o jogo é todo feito com o mouse, no esquema Point 'n' Click, igual naqueles jogos eróticos de flash, só basta ficar clicando onde deve ser, mesclando itens e usando itens nos locais certos. Os diálogos também são variados e você pode escolher o que Ben pode dizer. Você pode ordenar que Ben coloque sua boca em toda parte, embora ele váse recusar quase sempre.

Personagens[editar]

  • Ben Throttle - Protagonista do jogo, um desempregado vagabundo vadio (ou seja, motoqueiro) que passa a vida vadiando como um bom motoqueiro, ficando em espeluncas e fazendo porra nenhuma da vida. Acaba envolvendo-se num grande esquema vilanesco no qual descobre que Ripburger matou Corley para transformar a fábrica de motos em fábrica de minivans, e uma loucura dessas precisa ser impedida a qualquer custo!
  • Maureen - Filha do dono da Harley Davidson é uma gênia da mecânica, consegue consertar uma moto inteira só com um garfo, um pote de gasolina e um maçarico. Acaba tornando-se o interesse amoroso de Ben quando este descobre que ela tem tendência ao sadomasoquismo, mas depois que ela se torna uma executiva multi-bilionária o protagonista não aceita bem a ideia de ser sustentado pela mulher, e vai embora.
  • Malcolm Corley - O dono da Harley Davidson, só um velhinho gente boa que é assassinado pelo sócio Ripburger no seu único momento de distração, enquanto tenta subir o zíper após uma boa mijada num banheiro de posto de beira de estrada.
  • Adrian Ripburger - Grande vilão, dublado pelo Luke Skywalker num reaproveitamento da LucasArts para poupar dinheiro, ele não tira um vibrador do cu para nada, por isso é sempre visto andando mancando e com cara de poucos amigos. Por ser o vilão, quer transformar a fábrica de motos de Corley em uma fábrica de minivans.
  • Father Torque - Antigo mentor de Ben, o cara tem diálogos que parecem infinitos. Pulamos tudo.
  • Emmet - Caminhoneiro que tem preconceito contra motoqueiros e os acha todos a escória da humanidade. Está carregando um carregamento de pó de tempero de Cheetos, quando é assaltado pelos Cavefish e morre tentando fugir.

Gangues[editar]

  • Polecats - A gangue de Ben, todos vagabundos igual seu líder.
  • Vultures - A gangue de Maureen, praticantes de BDSM conhecidos possuir um turbo e fugirem dos outros.
  • Cavefish - Uma gangue feita por alienígenas ladrões de caminhão. Eles são cegos mas usam um óculos especial para dirigirem na estrada.
  • Rottwheelers - Gangue de gordos pançudos. Claramente homossexual da classe ursão.

Agradecimentos especiais[editar]

  • 40 lhamas especialmente treinadas.