Geração Nutella

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Galvao-bueno-na-globo.jpg Este artigo é sobre algo ou alguém que enche o saco e inferniza os outros por diversão. Se você vandalizar, ele será seu tormento pro resto da vida!


Típicos espécimenes da Geração Z.

Cquote1.svg Você quis dizer: Geração Mimimi Cquote2.svg
Google sobre Geração Nutella
Cquote1.svg Você quis dizer: Geração que faltou cintada no lombo Cquote2.svg
Google sobre Geração Nutella
Cquote1.svg Não sou homem, nem mulher. Não me rotule! Cquote2.svg
Típica frase de um espécimen da Geração Z
Cquote1.svg Sou Pan-demi-poli-bi-queer-fluid-gay-lesbian-vegan *inserir mais 500 rótulos* e sua opinião me ofendeu! Não invada meu espaço seguro! Cquote2.svg
Outras frases típicas destas criaturas
Cquote1.svg MORTE AO CAPITALISMO!!!! Cquote2.svg
Geração Nutella via Twitter for iPhone
Cquote1.svg Os adolescentes mudam o mundo! Cquote2.svg
Geração Z se achando especial.
Cquote1.svg #PrayForTheArtic #instavegan #plantbased #veganfood #govegan #... Cquote2.svg
Geração Z fazendo militância na Internet e achando que isso resolve porra alguma.
Cquote1.svg 7x1 foi pouco.. Cquote2.svg
Baby boomer sobre Geração Nutella

A Geração Nutella (também conhecida como Geração Floco de Neve ou Geração Z), é a designação que a Sociologia usa para descrever os vagabundos indivíduos nascidos entre lá por 1996, passando pelos Anos 2000 até a Década de 2010. São uma evolução piorada dos Millennials e, portanto, considerados a pior geração de sempre por sociólogos, psicólogos, professores, empregadores, motoristas, taxistas, mestres de obra, encanadores, mecânicos, açougueiros, operadores de retroescavadeira... (até agora, esperem até virem os descendentes).

Vamos lá logo diferenciar essa molecada das outras gerações (até pra você, se for Millenial, ficar aliviado e se tocar da idade que você tem agora): se você nasceu na primeira metade nos anos 90 ou nos anos 80 (ou seja foi adolescente nos anos 2000 ou 90) você é da Geração Y, também chamado de Millenial. Para de se iludir achando que ainda é novinho, você agora trabalha e tem conta pra pagar e é chamado de Boomer pela Geração Z.

Se você nasceu nos anos 70 ou nos anos 60, você é da Geração X, também chamados de Geração Coca-Cola. Deve ser pai ou mãe de alguém da Geração Z (possivelmente avó, caso o tal indivíduo da geração Z seja funkeiro). Você mesmo tendo participado lá das Diretas Já e do Fora Collor e mesmo não sendo tão velho assim também é chamado de Boomer por aborrecentes mal-educados da Geração Z.

Se você nasceu nos anos 50 ou nos anos 40, você é um Baby Boomer autêntico. Sem palavras. E na boa... independente se você era um careta certinho ou um hippie vagabundo ... você conheceu e viu opressão de verdade, mas é cancelado por essa geração frescurenta, mesmo quando você é um progressista (essa molecada retardada uma vez cancelaram até a Madonna e o Caetano Veloso... vai entender).

O Que Define?[editar]

Sou tão megadescolada, única e especial com esse cabelo mermaid irónico que você não vai entender mesmo.

Filhos de pais superprotetores e paranoicos, que viam perigo em todos os lugares e promoveram um complexo de superioridade e de "ai-o-meu-menino-é-tão-especial", os frescos membros da Geração Nutella são babacas abiolados que não têm qualquer capacidade para enfrentar as dificuldades do mundo real, estando mais propensos a desenvolver depressão e outras doenças de doido do que as gerações anteriores. Eles levam como ofensa pessoal qualquer obstáculo que encontram no seu caminho, quer seja um acontecimento ou mesmo uma ideia ou opinião contrária à sua, querendo comparar isso à síndrome pós-traumática sofrida pelos veteranos de guerra. Querem ser os donos da razão, e para isso ignoram e distorcem fatos científicos e a palavra de autoridade de cientistas e outros profissionais só para promover seus delírios. Afinal, os papais lhes ensinaram que eles são muito especiais e, portanto, melhores que as outras pessoas. A sua falta de pragmatismo e de maturidade emocional para lidar com a realidade faz com que exijam "espaços seguros", mesmo que tenham sido educados num ambiente social estável e seguro, em comparação com as gerações anteriores.

Exemplares da Geração Z na infância.

O seu habitat natural é a Internet, especialmente as redes sociais como o Facebook, Instagram, Twitter, etc.. Não têm qualquer conexão com pessoas na vida real, vivendo literalmente agarrados aos celulares e computadores, preocupando-se mais com o número de likes e seguidores nessas porras inúteis do que em estudar. Se perguntar para um Geração Z quais são suas perspectivas de futuro, ele dirá que quer ser youtuber, blogueiro, vlogueiro ou influencer. Entrar na faculdade e se especializar? Imagina!!! Eu quero é exibir-me nas redes sociais e ter muitos likes e seguidores!! Olha só minha selfie!! Mas depois querem uma profissão boa e que os deixe ricos sem terem de trabalhar no duro para isso. Entretanto, os membros dessa geração que ainda têm cérebro sabem que Psicologia e Psiquiatria são áreas que terão muito emprego no futuro. São a geração mais preocupada ou manipulada com a tolerância e igualdade social, apesar de só fazerem militância na Internet e sobre aquilo que os favorece. Muitos nem acreditam nas porras que pregam, simplesmente o fazem para ganhar likes e seguidores, e parecerem "despertos" e descolados (só parecerem). No fundo é simplesmente moda ser gay, se for trans melhor ainda, e se acrescentar todos os rótulos inúteis é a cereja no topo do bolo.

Geração Z in a nutshell.

Caraterísticas[editar]

Exemplo do que a Geração Z acha como "fonte de inspiração e coragem".
  • Vivem na e para a Internet;
  • Preguiçosos;
  • Infantilizados e imaturos;
  • Vagabundos;
  • Putas e cafajestes;
  • Encostados nas costas dos pais e dos avós;
  • Superficiais;
  • Irresponsáveis e não pensam nos riscos;
  • Impacientes;
  • Mimados;
  • Exigentes com todos (exceto consigo próprios);
  • Complexo de superioridade (só na internet, na vida real choram por qualquer merda);
  • Sentimentais demais e se ofendem com e por tudo (mimimi);
  • Pouco racionais;
  • Sem identidade pessoal (efeito manada);
  • Politicamente corretos e policiamento da opinião alheia;
  • Frescos Mais propensos a doenças mentais e ao consumo de drogas do que as gerações anteriores;
  • Militância política (Feminismo, Movimento negro, Veganismo...).
  • Dormiram na cama dos pais até quando quiseram, largaram a mamadeira e a chupeta quando quiseram e só comem o que querem;
  • Têm vida social aos 10 anos e centenas de amigos na Internet;
  • Têm de receber sempre o melhor celular disponível no mercado e mais de 10 prendas no Natal;
  • Não sabem esperar, não sabem ouvir "não" e conseguem tudo o querem;
  • Não levaram palmada, não gritaram com eles nem foram postos de castigo;
  • Educação não é dada pelos pais, mas pela escola.

Afiliados[editar]

Ver também:[editar]

Putin Gay.jpg Este artigo trata de uma personalidade mortalmente,
putaqueparivelmente e filhadaputamente odiada!
É algum(a) idiota inútil que não vale porra nenhuma.

Conheça outros filhos da puta clicando aqui.