Geração Z

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Ptbosta.gif Este artigo tá uma bostinha.
Ele está pequeno, chato e sem graça. Será que teria alguma alma caridosa capaz de fazer uma boa ação, tipo a de editar e colocar coisas engraçadas, de forma que ele fique mais engraçado e menos idiota? Só tome cuidado porque o Moderador Malvado está de olho em VOCÊ!


Imagine que você é uma criança nascida nos Anos 90, exceto por um detalhe: Tu nasceu na década errada. Pois é, esses heróis existem e foram, não ironicamente, cancelados pela Geração Nutella. Eles são a última esperança do mundo, e isso (provavelmente) se deve ao Pânico na TV, MTV (Brasil), Orkut, Vale Tudo do Fórum UOL Jogos, etc.

Com isso eles tendem a possuir uma imunidade maior à vagabundices contemporâneas como Pronome Neutro, Tumblr, Twitter, Feminismo, groselha do COVID-19, Movimento Negro, Social Justice Warrior, TikTok, discussão sobre o símbolo real do Autismo, e, claro, o novo Baianinho da Casas Bahia.

Como virar um/Como é um[editar]

  • Nasça na Geração Z;
  • Não fique 24/7 na Internet;
  • Não dê ataque de pelanca por qualquer merda;
  • Respeite opiniões alheias (vulgo escute mas não dê tanta importância, um que outro que segue o que prega então foda-se);
  • Aproveite a juventude invés de querer ser e-Girl/Youtuber;
  • Seja mais responsável com a sua vida ao invés de pagar de oprimido pela sociedade/sistema na internet;
  • Faça coisas mais ou menos consideradas normais no passado;
  • Xaveque a mulherada do teu bairro/cidade ao invés de biscoitar attwhore no Instagram com jargões feministas;
  • Entenda piadas e não fique ofendido com tudo (Menos aqui: Categoria:Artigos ofensivos);
  • Aceite os altos e baixos da vida, desde que não seja uma situação bosta;
  • Não veja/leve a sério a imprensa marrom, influencers, coachs e demais vagabundos;
  • Seja zuero e tenha Bom Senso (Ou Senso Comum, foda-se);
  • Pratique algum esporte, mesmo que seja só aquela pelada de quarta;
  • Não seja amigo da pessoa só por ela ser não-branca, LGBT, deficiente, não-cristã, estrangeira, etc. (Ou vice-versa);
  • Aproveite a infância/adolescência porque, um dia, acabou...

Momento Wholesome Raro Pra Caralho.