Guerra dos Shoppings

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Mantenha distância... ALLAHU AKBAR!!!!

Esta página contém elementos bélicos, químicos, atômicos ou bombásticos,
podendo causar um grande estrago no computador (e na mente) do leitor.
Exploding-head.gif


Escoteiro.jpg Este artigo foi tomado por fascistas!
Na Itália e na Alemanha, os Camisas Negras e Pardas amam o fascismo e exterminam você, seu comunista!


Verdade.
Verdade.
Este artigo contém...

VERDADES!

(pelo menos foi o que a Veja disse)

Material verídico: Use com moderação.


Guerra dos Shoppings
Data: 20 de agosto de 2008 - 16 de março de 2009
Localização: Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo
Status: Encerrada
Resultado: Vitória da Tríplice Aliança e Seus Amiguinhos
O arsenal reserva da C&A
Estados Intervenientes
Tríplice Aliança Exército Nazista
Líderes
Gilberto Kassab
Marta Suplicy
Gisele Bündchen
Coelhinho da Páscoa
Ronald McDonald
Tutubarão
Adolf Hitler
Gisele Bündchen(durante um mês)
Forças Militares
Exército: 300 sundaes de chocolate
456 hambúrgueres
50,000 roupas
78,910 soldados
1,250 deputados
1,014 modelos

Armas: 16,598,120 fatias de queijo
60,000 metros de tecido egípcio
14,000 canivetes
712 laptops
1 avião
2,756 armas de brinquedo
3 bazucas

Exército: 47,000 roupas
53 soldados brasileiros
903,156 soldados alemães
36 crianças
110 elefantes,
15 gatos
62 borboletas
14 bois
5 varejeiras
1 topeira

Armas: 12,755 bazucas
73,150 tanques de guerra
1,250 aviões
45 navios

As poderosas armas de Ronald McDonald

Cquote1.png Eu tenho medo Cquote2.png
Regina Duarte sobre Guerra dos Shoppings

Cquote1.png Imagiiiina o mundo sem shoppings!!! Cquote2.png
Paris Hilton sobre Guerra dos Shoppings

Cquote1.png Adoooooooorooooo!!! Cquote2.png
Adolf Hitler sobre Guerra dos Shoppings

Cquote1.png Não recebo em dólares, só em euros Cquote2.png
Gisele Bündchen sobre Adolf Hitler, após se tornar Cafetão da Colcci

Cquote1.png Eu ganhei Cquote2.png
Ronald McDonald sobre Guerra dos Shoppings

Cquote1.png Eu ganhei Cquote2.png
Coelhinho da Páscoa sobre Guerra dos Shoppings

Cquote1.png Eu ganhei Cquote2.png
Gilberto Kassab sobre Guerra dos Shoppings

Cquote1.png Eu ganhei! Cquote2.png
Marta Suplicy sobre Guerra dos Shoppings

Cquote1.png Pelo menos isso, né? Cquote2.png
População paulista sobre a frase acima

Cquote1.png Isso Non Ecziste Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Guerra dos Shoppings

Cquote1.png Existe sim Cquote2.png
Revista Veja sobre a frase acima

Cquote1.png É maaaaara Cquote2.png
Seu Ladir sobre Guerra dos Shoppings

Cquote1.png Ronaldo Cquote2.png
Corintiano sobre Guerra dos Shoppings


Início e Planejamento[editar]

Resumo[editar]

A Guerra dos Shoppings se deu início, quando Adolf Hitler decidiu fechar a Bauhaus. Após esse procedimento, retornou ao Brasil, onde viu que as lojas de roupas haviam se espalhado rapidamente. Hitler, desesperado, se abrigou em Belo Horizonte, no Shopping Center BH. Decidiu então, destruir todas as lojas de roupas no Brasil, para aumentar sua área de influência nazista nos shoppings. No dia 20 de agosto de 2008, Hitler invadiu o banheiro masculino do Shopping Center BH, planejando uma invasão à Renner. Ele se atrasou com a programação, pois estava ocupado admirando os "monumentos" do banheiro. No dia 27 de agosto, Hitler invade a Renner e arma um exército poderoso, baseado em sutiãs e calcinhas, por apenas R$39,99. No dia 6 de setembro, ele invade a C&A.

Situação das lojas de roupas, depois que Hitler as invadiu

Batalhas[editar]

Invasão do BH Shopping: No dia 10 de agosto de 2008, Hitler deixou a Alemanha furioso e entrou no Brasil, para fazer uma visita a Fernandinho Beira-Mar. Ao ver que as lojas de roupas haviam expandido tão rapidamente no país, decidiu pôr um fim a essa palhaçada: Invadiu o BH Shopping e deu início a seu plano de dominação.

Batalha do Banheiro Masculino: No dia 20 de agosto, Hitler resolveu invadir o banheiro masculino. Boatos dizem que ele queria na verdade, praticar sexo oral com alguns pervertidos. Foi uma batalha épica, e possivelmente imaginária, em que os Machos foram derrotados pelos pervertidos. Outra versão seria que Hitler invadiu o banheiro para planejar mais facilmente seu ataque à Renner.

Batalha da Renner: Hitler invadiu a Renner no dia 27 de agosto, capturando todos os funcionários e trancando-os nos provadores. A batalha foi ganha no dia 29, quando Hitler dominou a mente das calcinhas e dos sutiãs, obrigando-os a lutar a favor dele.

Batalha da C&A: Adolf Hitler deixou seu grande exército rosa na Renner e começou a planejar seu próximo ataque: Dominar a poderosa C&A. Ele invadiu a C&A no dia 6 de setembro, colocando etiquetas falsificadas da C&A, nos produtos da Renner, que invadiram a loja, e a dominaram em poucos dias. Foi a maior Batalha envolvendo roupas da História Mundial, onde 146 peças de roupas foram danificadas.

Segunda Fase: Avanço Nazista[editar]

Resumo[editar]

Ao invadir a C&A, Hitler planejou fechar os caminhos que davam acesso à praça de alimentação, invadindo no dia 16 de setembro, a Hot Zone. Com isso, Ronald McDonald declarou guerra a Hitler. Hitler, sendo cagão como ele só, fugiu de Belo Horizonte e se instalou em Uberaba. Lá ele dominou em um dia, todas as lojas de roupas do Shopping. Adolfinho pulava de alegria ao conseguir dominar tão rapidamente todas as lojas de roupas. No dia 3 de outubro, Gisele Bündchen declarou guerra a Hitler, pois 50% de seus ganhos mensais eram baseados nas propagandas de roupas.

Como ficaria o mundo, se Hitler destruísse todas as lojas de roupas

Hitler invadiu São Paulo no dia 28 de outubro, depois de vencer o poderoso, sexy, porém estupidamente retardado exército de Gisele Bundchen, composto por modelos. Gilberto Kassab decide se opor a Hitler. No dia 3 de novembro, Marta Suplicy e Gilberto Kassab organizam o Tratado de Paz e Colaboração, onde o PT e o DEM iriam colaborar com Ronald McDonald e seu exército de Sundaes. Porém, Marta traiu Kassab no dia 6, desviando as tropas para Uberaba, para lutarem a favor de Hitler. Gisele Bundchen se escondeu no Rio Grande, onde foi capturada e levada para a Colcci. Hitler e Gisele negociaram o Primeiro Tratado BFF(Best Friends Forever), onde Hitler não só humilhou Gisele, como a pediu em casamento, para dissolver os boatos de que ele era interessado por homens.

Gisele Bündchen, pensando sobre a possibilidade de se tornar Convidada da Colcci

Hitler se tornava o Cafetão da Colcci e Gisele, a Convidada da Colcci. Ao saber da notícia no dia 18 de novembro, Marta se revoltou e ficou com ciúmes de Gisele, por isso pulou o muro e voltou a ajudar Gilberto Kassab e Ronald McDonald(Tríplice Aliança). No dia 22 de novembro, Hitler atacou as lojas da Hering. Com isso, Tutubarão ficou do lado da Tríplice Aliança, mas foi vencido no dia 14 de dezembro, após ser cercado pela marinha brasileira. No dia 15 de dezembro, Hitler mandou imprimir uma faixa rosa com os dizeres: "Adolf: Rainha das Rainhas".


Batalhas[editar]

Batalha da Hot Zone: Hitler dominava as duas lojas de roupas, mais importantes do BH Shopping, e precisava garantir que nignuém atrapalharia seus planos maléficos. Por isso, decidiu dominar a única passagem entre as lojas de roupas e a praça de alimentação(lugares de maior transição em qualquer shopping no Brasil), a Hot Zone. As tropas de Hitler invadiram a Hot Zone no dia 16 de setembro, o que impediu a entrada de pessoas nas lojas de roupas e nas praças de alimentação. Na batalha, morreram 7 homens do Exército Nazista e 13 homens do exército da Hot Zone, sendo que um nazista perdeu todo o seu dinheiro, brincando na Hot Zone. Após perder todo o seu lucro, pois a entrada na praça de alimentação estava proibida, Ronald McDonald declarou guerra a Hitler, e enviou um poderoso grupo de detetives para procurar o ditador.

Fuga para o interior Mineiro: Após a declaração de guerra de Ronald McDonald, Hitler ficou com medinho e decidiu fugir para o interior de Minas Gerais, na pacata cidade de Uberaba. No caminho, Hitler enfrentou várias dificuldades, como o calor escaldante do deserto e a falta de cultura mineira.

Domínio do Shopping Uberaba: Ao chegar em Uberaba, no dia 20, Hitler decidiu acabar com as lojas naquela cidade também. Foi a batalha mais fácil que Hitler enfrentou, dominando as lojas em apenas um dia, sem enfrentar qualquer resistência por parte dos uberabenses. Depois de dominar as lojas, Hitler mandou cortar a produção de roupas imediatamente.

Modelos treinando para atacar as tropas de Hitler

Batalha das Top Models: Sem roupas, não havia razões para serem feitas propagandas. A subcelebridade Gisele Bündchen perdeu 50% de seu lucro mensal, com o fim das propagandas; por isso declarou guerra a Hitler. Hitler tinha a intenção de invadir os maiores shoppings do Brasil, por isso mandou suas tropas para o sul, em direção a São Paulo. No caminho, perto de Delta, teve de enfrentar Gisele Bündchen e suas tropas de top models. Foi a maior batalha em terra firme da história da Guerra dos Shoppings. Hitler conseguiu a vitória, e para evitar de ser pega, Gisele se escondeu no Rio Grande.

Batalha de São Paulo: Hitler continuou a avançar para o sul brasileiro, invadindo todas as cidades que via pela frente. Hitler conseguiu invadir a cidade de São Paulo no dia 28 de outubro. Teve de enfrentar um enorme grupo de deputados formado por Marta Suplicy e Gilberto Kassab, que declararam guerra a Hitler imediatamente, sendo que a única declaração formal foi a de Kassab, já que Marta era secretamente fascista e tinha uma paixão por Hitler. Os dois políticos organizaram o Tratado de Paz e Colaboração, onde ajudariam Ronald McDonald, no contra-ataque de seu exército de Sundaes, formando a Tríplice Aliança. Porém, Marta enviou suas tropas para ajudar Hitler a encontrar Gisele Bündchen. Hitler venceu os deputados e dominou São Paulo forçando Marta e Kassab a fugirem para São José dos Campos.

Derrota de Bündchen: Com a ajuda de Marta Suplicy, as tropas de Hitler encontraram a top model Gisele Bündchen no dia 9 de novembro. Ele mandou que a colocassem em seu escritório, em Uberaba, convenientemente localizado na loja da Colcci. Hitler forçou-a a assinar o Primeiro Tratado Best Friends Forever, onde ele pedia Gisele em casamento. Ele se tornaria o Grande Cafetão da Colcci, e ela se tornaria a Grande Convidada da Colcci. No início Gisele preferiu a morte, mas aceitou logo depois, quando a palavra "400 milhões de euros" foi mencionada. Quando Marta Suplicy descobriu sobre o casamento, voltou para o lado da Tríplice Aliança.

Slogan de guerra de Tutubarão

Batalha da Hering: Não satisfeito com seu império, Hitler ordenou que suas tropas invadissem a Hering no dia 22 de novembro. Foi outra grande batalha que envolveu um forte arsenal de roupas, em ambas as partes. A dominação nazista ocorreu de forma rápida, porém, Hitler atraiu um novo inimigo. Tutubarão, o mascote da Hering, imediatamente declarou guerra a ele e se juntou à Tríplice Aliança.

Primeira Batalha Naval: Após declarar guerra à Adolf e Gisele Hitler, Tutubarão começou seu ataque contra os nazistas, destruindo os navios de Hitler, nos portos de Santos. Após isso, ele enviou uma tropa de peixes para atacar as tropas próximas do Rio Grande e do Rio Tietê. Mesmo com os rápidos ataques de Tutubarão, Gisele contratou um pescador profissional, que capturou os peixes de Tutubarão e os guardou nas suas Pokébolas. Foi feito um delicioso churrasquinho de peixe em homenagem a ideia de Gisele.

Tratados de Paz[editar]

Tratado de Paz e Colaboração[editar]

O tratado de Paz e Colaboração foi assinado entre Marta Suplicy e seu brother Gilberto Kassab. O tratado levou dois dias para ser organizado. No tratado, dizia que Gilberto e Marta deveriam enviar suas tropas para lutarem junto com os deliciosos Sundaes de Chocolate e Baunilha de Ronald McDonald, que preparava o contra-ataque no BH Shopping. Porém, com a traição de Marta Suplicy, que desrespeitou o tratado, ao desviar suas tropas para ajudar Adolfinho a encontrar Gisele no Rio Grande no dia 6 de novembro, a Operação foi um fracasso

Primeiro Tratado Best Friends Forever[editar]

Foi o tratado assinado entre Adolfinho e Gisele, para que eles parassem de guerrear entre si, e preservassem a paz interior. O tratado foi organizado por Hitler e seu conselheiro, na loja da Colcci em Uberaba. Nele Hitler declarava sua paixão pelas roupas super fashions de Gisele e pedia ela em casamento. Gisele foi obrigada a aceitar o tratado que envolvia a pequena quantia de 400 milhões de euros. No dia seguinte, (12 de novembro) ela foi coroada como a Grande Convidada da Colcci.

Gisele Hitler: A grande surpresa[editar]

O mundo inteiro se espantou quando Gisele Bündchen anunciou seu casamento com Adolf Hitler e declarou que o Nazismo era sua maior paixão. A festa dos Hitler foi bem simples, já que foi realizada no Taj Mahal, na Índia e contou com a presença de 65,250 convidados. Após aquele dia Gisele ordenou que suas tropas de modelos passassen a defender Adolfinho

Gisele Hitler, com seu vestido de casamento.

Terceira Fase: Contenção Nazista[editar]

Resumo[editar]

No dia 23 de dezembro, Gisele pediu a separação, pois o marido não quis comprar seus sapatinhos de cristal. No mesmo dia, a top model calçou suas botinas de 1967 e voltou para o lado da Tríplice Aliança. Hitler chorou durante 7 dias e 7 noites. No dia 30 de dezembro, após limpar a maquiagem borrada, continou seu avanço em direção aos Shoppings do Rio de Janeiro. No dia 3 de janeiro de 2009, Hitlerzinho foi detido pelos favelados, pelos cheiradores de gatinhos, pelos mano e pelos play-boys de vila, que enfiaram sua cabeça na privada e colocaram-no num caixote. Mas os pobres desaculturados esqueceram de trancar a caixa; Hitler se libertou e voltou para São Paulo. Lá, travava uma batalha com Marta e Gilberto. Marta Suplicy resolveu então, no dia 8, usar uma de suas habilidades: mandou hackear o iphone de Hitler, para descobrir sua senha no banco (senha:Nazismo). Com isso, ela roubou todo o seu dinheiro. Hitler não podia mais investir em armas, por isso convocou os alemães para lutarem no lugar dele.

Fase Final: Hitler derrotado[editar]

Resumo[editar]

Hitler continuava em vantagem, quando fez a maior burrada de sua vida: atacou as Lojas Americanas. Tal ato revoltou o Coelhinho da Páscoa, que perdeu sua maior fonte de exploração. O Coelhinho implantou ovos explosivos nos shoppings conquistados por Hitler em Belo Horizonte, no dia 19 de janeiro, perdendo todo o exército de calcinhas, sutiãs e camisolas. No dia 23 de janeiro, Gisele Bündchen refaz seu exército e junto com Kassab e Suplicy, libertam São Paulo até o dia 18 de fevereiro. Ronald McDonald e o Coelhinho da Páscoa libertam Minas Gerais até o dia 5 de março. As tropas alemãs, que desembarcaram no Brasil no dia 10 de janeiro, foram detidas pelas TETAS (Tropas Especializadas e Treinadas em Ataques Superfortes), em São Paulo, até o dia 20 de janeiro. No dia 8 de março, Hitler assinou o Segundo Tratado BFF com o antigo dono da Colcci. Nesse tratado, Hitler assinava sua rendição e pedia um emprego na loja. Quando Kassab, Suplicy, Coelinho, McDonald e Bündchen chegaram à loja da Colcci, encontraram Hitler, pois era o único funcionário que tinha vestes rosas. Eles bateram em Hitler, que contou tudo para sua mãe. Hitler se trancou no quarto e não saiu por uma semana. Os cinco vitoriosos assinaram o Terceiro Tratado BFF, onde dizia que eles formariam a Liga da Justiça, (que aceitou a presença do Super Homem, posteriormente) que teria a função de manter a paz nos shoppings.

v d e h
Guerra dos Shoppings quer dizer GUERRA!!!
Guerravvsdsd.jpg
Batalha de Waterballoon | Grande Guerra Israel-Japão | , , , 3ª + 0,5, , , , , e Guerras Mundiais | Guerras Black-Folk Metal | N-ésima Guerra Mundial | Guerra Civil | Guerra Fria | Guerra Quente | Guerra da Cisplatina | Guerra Bolivo-Brazuca | Guerra de Canudos | Guerra de Canutos | Guerra da Wikipédia | Guerra do Facebook | Guerra do Futebol | Guerra da Cereja | Guerra dos Cem Anos | Guerra Mineiro-Fluminense | Guerra do Norte Paranaense | Guerra do Pão-de-Queijo | Guerras Clônicas | Guerras Genpei | Guerra de Travesseiros | Guerra Japão - Irã | Guerra das Malvinas | Guerra dos Seis Dias | Guerra de Troia | e Guerras Cartoonísticas | , e Guerras Gamísticas | Grande Guerra Suwa | Guerra do Pacífico | Guerra Tucano-Petista | Guerra do Balde | Guerra dos Inscritos | Guerra dos Farrapos | Guerra do Paraguai | Guerra dos Imundos | Primeira Guerra Mesozóica | Guerra nas Estrelas | Guerra dos Emboabas | Guerra dos Mascates | Guerra de Bolas de Neve | Guerra de Póing | Guerra do Golfo | Guerra do Ópio | Guerra do Infinito | Guerra dos Trinta Anos | Guerra de Hogwarts | O Grande Crash dos Videogames | Segunda Guerra da Cereja | Guerra de Secessão | Guerra Civil Romana | Guerra do Vietnã | Guerra de comida | Guerra dos Cogumelos | Quarta Grande Guerra Ninja (Naruto) | Guerra Oz-País das Maravilhas | Guerra do Iraque | Guerra Civil Inglesa | Guerra Civil Iugoslava | Guerra Civil Russa | Guerra Civil Espanhola | Guerra da Crimeia | Guerra Mundial Z | Segunda Guerra Civil dos Estados Unidos | Guerra Coxinhas-Mortadelas