Harpia (Marvel Comics)

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Marvel-avengers-alliance.jpg Este artigo é um(a) super-herói(na).

O texto a seguir é sobre alguém que voa, tem poderes, salva donzelas e prende bandidos. Se vandalizar este artigo, eles te levarão à Justiça.

Para conhecer mais desses seres incríveis, clique aqui.

Harpia fazendo pose de avassaladora

Cquote1.png Você quis dizer: A pia Cquote2.png
Google sobre Harpia (Marvel Comics)
Cquote1.png Experimente também: Harpia (Yu-Gi-Oh!) Cquote2.png
Sugestão do Google para Harpia (Marvel Comics)
Cquote1.png É uma gostosa! Cquote2.png
Gavião Arqueiro sobre Harpia

Apresentação[editar]

Harpia é a identidade não tão secreta da Dra. Barbara "Bobbi" Morse, uma cientista morena que trabalhava para o governo e certo dia resolveu tingir os cabelos de loiro, o que afetou drasticamente seu cérebro e, consequentemente, sua inteligência. Desde então, a moça passou a acreditar que é uma heroína, mesmo sem possuir nenhum tipo de poder especial. Ela apenas é lutadora de artes marciais, o que faz dela uma excelente combatente e ginasta, mas isso não a torna páreo para a extensa galeria de aberrações que fazem parte do núcleo de vilões da Marvel Comics. Tanto é que Harpia já foi até mesmo assassinada. Ops, que droga, fiz spoiler já no início do artigo...

Antes de ser a Harpia[editar]

Harpia pegando no pau, pronta para a foda luta

Em princípio, Bobbi Morse havia sido criada para ser apenas uma mera coadjuvante nos quadrinhos da Marvel sem fazer nenhuma participação importante. Sua estreia seria em 1971 em uma história do Quarteto Fantástico onde ela tentaria encontrar a fórmula para ajudar o Coisa a voltar ao normal. Devido à extrema vagabundagem dos roteiristas da casa, esta HQ em questão acabou não saindo, mas como a personagem já havia sido anunciada e os fãs estavam ansiosos por uma nova hentai girl para se acabarem na punheta, não podiam simplesmente anunciar seu cancelamento sem nem ao menos tê-la lançado ainda. Então, em 1972, com um ano de atraso, Bobbi Morse começou a aparecer como figurante do casal selvagem Ka-Zar e Shanna, sendo a sobrevivente de um acidente de avião que foi resgatada por um grupo de veteranos da Segunda Guerra Mundial agora habitantes da Terra Selvagem.

Como a presença de Xana Shanna encobria muito a de Bobbi devido ao fato de que a primeira usa bem menos roupa do que a segunda, a nova personagem não chamou muita atenção e corria sério risco de cair no limbo e causar a demissão de seus criadores. Para evitar o fracasso completo, ela foi transferida de núcleo e promovida a agente da S.H.I.E.L.D., onde ganha o criativo pseudônimo de Agente 19. Para dar um fim decente à sua participação no núcleo da selva, inventam uma missão doida ao lado de Ka-Zar onde ambos dão o maior amasso e quando estão quase partindo para os finalmentes, o Tarzan genérico dá um fora nela dizendo que ama demais sua mulher Shanna para colocar chifres nela. Indignada, Bobbi, ou melhor, Agente 19, vai embora dali magoada e jura que nunca mais voltará a aparecer nas revistas de nenhum deles. E até hoje a promessa vem se mantendo.

Após tornar-se Harpia[editar]

Harpia é extremamente desconfiada mesmo quando não há o que suspeitar.

A popularidade de Bobbi Morse como Agente 19 foi aumentando, então a Marvel decidiu que a personagem merecia mais destaque e optou por colocá-la como membro dos Vingadores, onde enfiam todo super-herói que começa a fazer um sucesso razoável e ainda não merece ter um gibi próprio. Novamente, chegou a hora de escolher um novo codinome para ela, mas qual? A primeira opção escolhida foi Caçadora, mas assim que a DC Comics ficou sabendo, ameaçou a editora rival de tudo quanto é processo possível devido a sua personagem homônima, então o nome foi modificado às pressas para Harpia, ainda que Bobbi não tenha absolutamente nenhuma ligação com a criatura mitológica em questão. Agora fazendo parte dos Vingadores Secretos, Harpia conheceu seu colega de equipe Gavião Arqueiro, que à princípio não concorda muito com sua entrada no grupo porque acredita que mulher gostosa não presta para trabalhar combatendo o crime e que isso é coisa de macho. Mas ela logo faz com que o super-herói mude de ideia ao provar que a empresa para a qual ele trabalhava como segurança era na verdade uma sociedade secreta manipulada pelo vilão Fogo Cruzado. Gavião Arqueiro ficou tão surpreso com o fato de uma mulher (e ainda por cima, loira) ter sido capaz de desvendar algo assim que apaixonou-se perdidamente e pediu-a em casamento após ambos resolverem o caso. Como o Cavaleiro Fantasma também era apaixonado por ela, ele a sequestra após drogá-la para torná-la sua noiva à força. Muito puta, Harpia mata o atrevido, e Gavião Arqueiro, com medo de morrer também, se afasta dela por um tempo. Quando decide enfim se reaproximar da esposa, ela morre para defendê-lo de Mefisto. Bem feito, quem manda não ter poderes?

Até que essa figura tem um popozão enorme!

Curiosidades[editar]

  • Harpia foi ressuscitada e transformou-se em uma Skrull (não sei o que é pior, morrer ou virar uma merda dessas).
  • Ela é uma loira inteligente, portanto valorize-a porque é raro encontrar uma dessas!
  • Não existe nenhuma outra pessoa além de Bobbi Morse que já tenha assumido o manto de Harpia.
  • Foi premiada por Nick Fury devido ao excelente trabalho prestado na S.H.I.E.L.D. antes de passar para os Vingadores.
  • Tem uma irmã gêmea maligna chamada Roberta Morse.

Ver também[editar]