Hatakeyama Shigetada

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Shigetada, em direção ao morro. (Mestre Myagi, Alho e Óleo, 1195)

Hatakeyama Shigetada (畠山重忠) (1164 – 1205) foi um samurai que lutou nas Guerras Genpei, no Japão (claro, queria que existissem Samurais onde? No Zimbábue?). Lutando originalmente pelo clã Taira, ele viu que ia acabar se dando mal se continuasse ali, e resolveu virar a casaca na batalha de Dan-no-ura, o que fez com que acabasse a guerra no lado vitorioso. Tal ato haveria sido copiado posteriormente pela Itália na Primeira Guerra Mundial para evitar com que sua terra fosse invadida pelos inimigos, por puro medinho.

Depois da guerra[editar]

Depois da guerra, seu filho Shigeyasu foi morto por empalamento pelo Hōjō Tokimasa. Então, Shigetada ficou puto, resolveu subir o morro para tirar satisfações com Tokimasa, e acabou sendo estuprado e depois morto pelo mesmo. Depois, Tokimasa desceu o morro, foi até a casa de Shigetada, e estuprou e matou posteriormente a mãe, o pai, a sogra, a esposa, as filhas e o cachorro de Shigetada. A tentativa inteligente feita por Hatakeyama para defender sua honra, subindo o morro, junto com vários atos de destreza na guerra, como abrir uma garrafa de saquê com os dentes, fez com que ele ganhasse um lugar no Heike Monogatari e outras histórias de boteco na época, nas quais ele era invejado pelas suas habilidades nas artes marciais mais obscuras, como estrangulamento do adversário usando hashi.

Imagem do rio no qual houve a corrida dos samurais. Realmente, um lugar muito bonito e limpo para se admirar uma competição aquática.

Em uma parte do Heike Monogatari, ele é descrito como um dos participantes da corrida de São Silvestre. Como naquela época não existia asfalto, e nem existia o Brasil, a corrida foi feita pelos samurais em um rio no Japão. Quando um pivete acerta uma estilingada bem no olho de seu cavalo, ele arranca a pedra com as próprias mãos, mesmo com o cavalo já morto, e com esta pedra quebra um galho de uma árvore que estava perto, fazendo um cajado com ele. Subindo um barranco com o cajado, porém, seu neto de sete anos Okushi no Shigechika grita por ajuda, por ter caído no rio e não saber nadar. Puto da cara, Shigetada o que fez com que seu adversário, Shigechika, fosse o primeiro a passar o rio, e assim ficasse mais feliz que gordo com camisa nova e se auto-proclamasse vencedor da corrida.

Morte[editar]

No ano de 1205, Hatakeyama estava cortando um peixe para preparar um sushi quando acidentalmente a faca escapou de suas mãos, fazendo com que ela caísse no chão. Quando ele foi se abaixar para pegar a faca, seu aprendiz, Motumbeku Bengaleleshi não resistisse e acabasse por empalá-lo, assim como seu filho querido.