Homem-Aranha: De Volta ao Lar

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Spider-Man 1: The Original Film
Iron-Man 4: Spider-Man
Homem de Ferro 4: Como Ser o Tio Ben (BR)
Homem-Aranha: De Vola à Marvel (PT)
IronMan 4 Homecoming.jpg
Poster de lançamento do filme
Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos
2017 • Colorido • mais de 2 horas
Direção Um cara qualquer
Produção Sony Marvel na Disney
Produção executiva Kevin Faig e mulher que adora o Venom
Elenco Robert Downey Jr. como Tony Stark
Robert Downey Jr. como Homem de Ferro
Robert Downey Jr. como armadura do Homem de Ferro sem o Tony Stark dentro
Robert Downey Jr. como Tony Stark tirando férias
Tom Holland como aprendiz do Tony Stark
Gênero Filme de escola


Homem-Aranha: De Volta ao Lar, lançado mundialmente como Iron-Man 4: & Spider-Man, é o quarto filme protagonizado por Tony Stark e o 16º lançamento do UCM que nos conta a história de amadurecimento de Tony Stark que agora assume responsabilidades paternas ao adotar um jovem garoto para ser seu Homem-Aranha de estimação. O filme é erroneamente aceito como sequência de Homem-Aranha 3, pois conforme explicado na animação Aranhaverso fica claro que aquele Peter Parker de 40 anos de idade que ainda está na faculdade em Homem-Aranha 3 não podia ser o mesmo Peter Parker de 15 anos de idade que está na escola, portanto "De Volta ao Lar" é continuação direta de Homem de Ferro 3 (além disso, Birdman é um spin-off prequel que conta a origem do filme).

Produção[editar]

Teimoso em executar as cenas de ação, Tom Holland se acidentou nas filmagens.

A origem de Homem-Aranha: De Volta ao Lar, lançado em 2017, só foi possível graças antes à produção do filme O Horroroso Homem-Aranha 2: A Piada que foi o Electro de 2014, filme sem o qual De Volta ao Lar jamais existiria. Naquela oportunidade a Sony atestaria sua completa inaptidão para fazer filme de herói, conseguindo superar Homem-Aranha 3 em ruindade, algo que parecia tão difícil. Sem alternativas, o projeto do filme O Horroroso Homem-Aranha 3, que contaria com 13 vilões simultaneamente, precisou ser cancelado. Para não deixar o personagem parado, a Sony decidiu emprestá-lo para a Marvel por acreditar que o herói combina com os Vingadores, e uma longa negociação começou.

Kevin Faig da Marvel e Amy Pascal da Sony iniciaram longas negociações para trazer o Homem-Aranha ao MCU. Kevin Faige tinha apenas duas exigências: Não trazer o Venom e que ninguém matasse de novo o Tio Ben no filme que pobre coitado já havia sido morto duas vezes em menos de 10 anos e não merecia uma terceira vez daquilo. Amy Pascal só tinha uma exigência: Colocar o Venom no filme e transformar o Tio Ben no Tony Stark. Muitos interesses convergiram, mas visivelmente só o destino do que fazer com o Venom que ficou incerto. A Disney então entrou com alguns milhões de doletas e convenceu a Sony a aceitar um filme do Homem-Aranha sem o Venom, dando a ideia deles fazerem um filme solo do Venom muito ruim, que é a característica deles, e que por incrível que pareça foi realmente lançado.

De Volta ao Lar foi bem produzido e inserido no MCU. Mas como havia ainda alguns dedos da Sony, empresa que consagradamente sabe estragar qualquer Homem-Aranha, isso explica todos os anacronismos, como o fato de que o filme se passa 8 anos após a Batalha de Nova York quando na verdade deveriam ser 5.

Recepção[editar]

Após 3 filmes consecutivos do Homem-Aranha ruins de causar úlceras nos olhos de quem teve a coragem de assistir aqueles filmes, De Volta ao Lar foi recebido sobretudo com alívio pelos fãs e foi amplamente aceito como um filme "legal". É verdade que um pequeno nicho de fãs de Homem-Aranha idoso da trilogia original não gostaram do filme por preferirem um Homem-Aranha que se comporta feito um adulto independente.

O filme, todavia, visivelmente é tão ruim quanto todos os outros filmes da Sony do Homem-Aranha, com uma história extremamente genérica e rasa, com poucas cenas de ação e um monte de personagem sem propósito e sem graça com um monte de piada forçada. Não há a menor diferença entre a participação pífia de Shocker neste filme com um Homem-Areia em Homem Aranha 3. Mas como agora faz parte do MCU, aí todos se sentiram obrigados a elogiar, porque assim realizariam o sonho de ver o Homem-Aranha no filme dos Vingadores.

Enredo[editar]

Introdução[editar]

O filme começa deixando bem claro que esse Homem-Aranha vive na mesma Nova York que foi em 2012 invadida por baratas intergaláticas. Então conhecemos um idoso com cara de uva passa que após se aposentar de ser o Batman entrou em decadência e se tornou um sucateiro. Quando a sorte finalmente sorri para ele quando um monte de alienígena é morto pelos Vingadores em Nova York, ele perde o emprego de sucateiro e perde toda chance de reunir a sucata alienígena e vai à falência.

Alguns anos no futuro somos apresentados ao Homem-Aranha, um artista que se apresenta em festas infantis e se torna integrante de um famoso grupo de dançarinos conhecidos como Vingadores, sendo recrutado por Tony Stark em pessoa. O problema é que dos Vingadores surgiu uma dissidência conhecida como Carreta Furacão, formada por Capitão América, Palhaço, Fofão, Mickey e Popeye, contra quem lutam num duelo de break dance num aeroporto na Alemanha. Os detalhes disso tudo, entretanto, ocorreram no filme Capitão América: A Carreta Furacão e o filme do Homem-Aranha começa após o duelo, no qual o Aranha perdeu.

O amigão da vizinhança[editar]

Homem-Aranha enfrentando os Vingadores, impedindo-os de furtar um banco.

Tony Stark presenteia Peter Parker com um traje novo porque a roupa original não passava de um cospobre. Com a roupa nova agora Peter Parker conseguia ficar com a bundinha bem empinada e mais chamativa que da Capitã Marvel. Com essa roupa Homem-Aranha se dedica a caçar bandidos genéricos, inclusive um bando de mal-feitores conhecidos como "Vingadores Leprosos", que só queriam roubar um caixa de banco usando armas alienígenas, mas foram impedidos pelo Homem-Aranha cujas técnicas de subir o muro se demonstraram imbatíveis.

Intrigado com a origem daquelas armas alienígenas, o Homem Aranha vai investigar quem está vendendo essa tecnologia pra bandidos e descobre que aquilo nada mais é que um hacker modificando os produtos da Polishop e reformulando-os como armas letais. Ao tentar interceptar esses bandidos o Homem-Aranha acaba capturado pelo Homem-Urubu e enviado aos céus, de onde despenca e cai no rio Tietê cuja poluição quase mata o Homem-Aranha que precisa ser resgatado pela armadura do protagonista da história, Tony Stark.

Soletrando em Washington[editar]

Convencido que ele não é bom nem como integrante da Carreta Furacão e nem como caçador de bandidos, o Homem-Aranha decide voltar a viver apenas como Peter Parker e vai participar do campeonato Soletrando organizado por Luciano Huck em Washington, D.C.. Mas antes da competição Peter acaba ficando nervoso ao perceber que não sabia soletrar nem o vocábulo "excessão" (ou seria "exceção"?) e decide fugir num caminhão da Sadia. O problema é que ele não sabia que acabaria ficando preso no frigorífico da empresa. Mas pelo menos lá pode conhecer mais a voz sexy implementada em seu traje e se masturbar bastante soltar teia sem parar.

O Homem-Aranha ainda descobre que tem uma bomba no Monolito de Washington e comete o erro de não chamar a ajuda do Homem de Ferro e vai tentar resolver tudo sozinho, o que obviamente não dá certo porque ele não é o primeiro Homem-Aranha e nem o espetacular Homem-Aranha, mas apenas um Homem-Aranha comum que precisa de uma roupa com uma inteligência artificial para lhe dizer o que fazer, inclusive dizer quando ele deve beijar uma garota e deixar de ser virjão.

De volta à Nova York o Homem-Aranha continua rastreando os revendedores dos produtos da Polishop e da Herbalife afim de exterminá-los, e após interferir na negociação da venda de um air fryer que frita sem óleo, descobre que mais bandidos vão vender mais mercadoria de baixa qualidade na famosa Balsa de Staten Island, local onde o Zeca Urubu está na sua trambicagem rotineira vendendo um Juicer Philips Walita em conjunto com um grill para microondas, e o Homem-Aranha não consegue impedir a negociação porque o Zeca Urubu corta a balsa ao meio. Mais uma vez o Homem-Aranha cometeu o erro de não chamar o protagonista do filme para o ajudar, o Homem de Ferro, e não consegue consertar a balsa, certamente não conseguiria parar um trem sem freio desgovernado. O Homem de Ferro precisa então aparecer para facilmente resgatar e salvar aquela balsa. Graças à sua incompetência Peter Parker perde o traje e o Tony Stark decide continuar o filme ele sozinho.

O maior vilão de todos sempre é o sogro[editar]

Agora apenas como Peter Parker, o jovem garoto pelo menos consegue convencer sua crush, Liz, ir para o baile de formatura com ele. Mas no dia de levá-la ao passeio descobre que seu sogro é ninguém menos que o Batman amargurado que às noites assume a identidade do Zeca urubu, garantindo uma conversa tensa no carro de sogro para genro, afinal que pai que vai desejar que sua filha namore um dançarino da Carreta Furacão? É claro que o Zeca Urubu exigiu que Peter Parker tomasse rumo na vida e parasse de se fantasiar ridiculamente para sair dançando por aí.

Em grave dilema, Peter Parker precisa tomar a decisão mais importante de sua vida: Ficar no baile, dançar com o amor de sua vida e finalmente perder a virgindade, ou vestir-se de Homem-Aranha e sair para a rua dançar e ser feliz. Ele escolhe a segunda opção, uma decisão estúpida é claro, e por isso um maluco eletrocutado aparece, o Shocker, para tentar transformar aquele viadinho fantasiado em homem, mas ele acaba espancado por um gordinho. O Zeca Urubu, furioso com a atitude embaraçosa de seu genro, faz um prédio inteiro cair na cabeça do Homem-Aranha só de raiva.

Salvando o avião[editar]

Sabendo que um prédio no meio de Nova York atraía muita atenção da Al-Qaeda, Tony Stark decide transferir a sede dos Vingadores para o Acre, onde o cinto do Thor ficaria seguro num local mais isolado. Nesse momento já está mais do que claro que o grande plano do Zeca Urubu é roubar o Tony Stark e colocar tais produtos à venda no site da Polishop e está obstinado a roubar aquela carga durante o voo.

Coube ao Homem-Aranha aparecer e interferir no furto, iniciando um enorme combate aéreo contra o vilão, que como todo vilão de filme de herói acaba derrotado numa grande explosão. Como o Homem-Aranha estava sem o seu traje tecnológico coube ao Tony Stark, usando uma armadura invisível, derrubar o vilão. Morrer numa explosão é pelo menos como deveria ser, o que não acontece porque Peter Parker decide salvar o sogro no último momento, acreditando que a cadeia seria um melhor destino a ele. No fim Liz termina o namoro ao perceber que ele é emo e que vai precisar trabalhar para ajudar em casa agora que o pai foi preso. Depois de lamber os sapatos de Tony, Peter recebe de volta seu traje especial, mas tolamente o veste com a porta aberta, e sua tia milf descobre seu segredo.

Cena pós-créditos[editar]

Escorpião revela-se como um potencial novo vilão.
Capitão América elogia os espectadores do cinema que seguraram a vontade de fazer xixi.

Personagens[editar]

Vilão do filme, Birdman, que após perder o Oscar é assombrado por um amigo imaginário que o incentiva a vingar-se da sociedade.
  • Homem de Ferro / Tony Stark (Robert Downey Jr.) - Protagonista do filme, após os eventos passados em Homem de Ferro 3, Vingadores 2 e Homem de Ferro 3.5: Guerra Civil ele percebe que o centro de Nova York não é o lugar mais seguro para instalar a sede do grupo de pessoas destinadas a combates vilões intergaláticos, então decide se mudar para algum local mais isolado. Enquanto isso ele decide adotar um Homem-Aranha para ser seu aprendiz, dando para ele uma roupa tecnologicamente avançada. Neste filme o Homem de Ferro se envolve em altas aventuras, como consertar um navio que foi partido ao meio, salvar o seu aprendiz diversas vezes e impedir que seu avião repleto de itens raros fosse furtado em voo.
  • Homem-Aranha / Peter Parker (Tom Holland) - Personagem coadjuvante que pode fazer uma participação especial no filme graças a um acordo da Sony, ninguém sabe como ele ganhou os poderes ou o que aconteceu com o seu tio, pois a história do filme não é sobre o Peter Parker. Mas pelo menos sabemos que ele não foi picado por nenhuma aranha radioativa, porque se fosse o caso ele dispararia teias pelo ânus e não pelos pulsos.
  • Abutre / Adrian Toomes (Michael Keaton) - Ex-Batman que ficou desiludido com a vida quando teve uma filha e percebeu que ficar dando porrada em bandidos não ajudaria ninguém a nada. Em depressão, passou a acreditar que era algum tipo de homem pássaro, então passou a dedicar sua velhice a ficar revirando escombros de cidades após invasões alienígenas para adquirir armas poderosas para vender em nome da Polishop, empresa a quem ele se tornou revendedor. Tem seus planos frustrados por um genro nerd que preferiu manter-se virgem para ir impedir os planos malignos de tal vilão.
  • Mary Jane Michelle Jones (Zendaya) - Muito menos gostosa que a Kirsten Dunst, quando ela disse que podia ser chamada de "MJ" quase que o filme se torna uma merda, até ela esclarecer que não é a Mary Jane mas sim uma mulher que está ali para ser um par romântico não pela sua beleza mas sim pela sua perspicácia, inteligência e senso de humor ácido. Embora não apareça direito no filme.
  • Ned Leeds (Jacob Batalon) - Melhor amigo do Homem-Aranha, é o típico moleque gordinho nerd pra caralho que se torna o melhor amigo de Peter Parker apenas para se sentir menos excluído.
  • Liz Allen (Laura Harrier) - Filha de um idoso sucateiro que revende armas alienígenas para ganhar a vida, ela mal sabe que seu pai se veste de Zeca Urubu mecânico todas as noites, então apenas leva sua vida de estudante normal, se achando a gostosa porque o Peter Parker está sempre babando por ela. Passa o filme inteiro tentando dar pro Peter Parker, que frouxo não toma atitude correta em momento nenhum e deixa Liz na mão a todo momento. Como no final seu pai acaba preso por ser um filho da puta, ela precisa largar a escola para se prostituir.
  • Shocker / Herman Schultz (Bokeem Woodbine) - Vilão inserido no filme a contragosto da Marvel e por insistência da Sony que tem essa mania de ficar colocando mais de um vilão por filme do Homem-Aranha. Não faz nada.
  • May Parker (Marisa Tomei) - A primeira Tia May plenamente comível de toda história do Homem-Aranha.
  • Jennifer Connelly (Jennifer Connelly) - Esposa do Visão e tal qual seu marido também é uma inteligência artificial, precisando ser o cérebro do Peter Parker dizendo-o o que fazer durante os combates e cenas de ação.