Igreja de Peregrinação de São João Nepomuceno

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para navegação Ir para pesquisar
Este artigo é um
Patrimônio Mundial da Humanidade.

Pode ser uma ruína, uma cidade
de merda, um matagal abandonado,
mas está protegido!

World Heritage Site logo.png

Leitura recomendada apenas para
pessoas com cultura.

A UNESCO monitora este artigo.


Igreja de Peregrinação de São João Nepomuceno em Zelená Hora Žďár nad Sázavou localizada no que é hoje a República Chota.

História[editar]

Um dos vitrais da igreja na típica arte sacra tcheca.

Em 1719, o sacerdote Petr Čech defensor da pederastia como prática cultural saudável do cotidiano tcheco de iniciação na fase adulta, sendo assim ele estava pensando em algum lugar para esconder uns pedófilos. Naquele mesmo ano São João Nepomuceno foi canonizado pela Igreja Católica e pronto, foram matados dois coelhos com uma cajadada só, a Igreja de Peregrinação de São João Nepomuceno foi construída e inaugurada naquele mesmo ano.

Em 1770 algumas bruxas até atearam fogo no edifício mas com o trabalho de 10.000 tchecas ejaculando sobre as paredes sagradas do templo, o fogo foi controlado e nenhum grande dano foi causado.

Atualmente as autoridades insistem em manter o edifício desta igreja para uso nenhum, apenas para ficar lá ocupando espaço no centro de Zelená Hora, isso rendeu o tombamento como patrimônio mundial, por parte da UNESCO.

A Peregrinação de São João Nepomuceno[editar]

São João Nepomuceno é o santo padroeiro dos segredos, muito venerado pelos tchecos que pelo visto tem muito a esconder. Por guardar segredos de confissões de noivas que não eram virgens, durante muito tempo a Igreja de Peregrinação de São João Nepomuceno celebrou casamentos de mulheres que não ligam para coisas mundanas como castidade.

Acontecimentos estranhos e terríveis podem ser observados nesta igreja todos os domingos. Os curiosos fatos incluem gente orando (comunicação telecinética unilateral com Deus), consumindo pão e vinho, e até mesmo sofrendo visões espirituais (vulgo "interferência elétrica").

Arquitetura[editar]

Por se tratar da obra-prima do arquiteto Jan Santini Aichel que mesclou arte barroca com elementos dos estilos góticos renascentistas, demonstrando quão indecisa era o estilo de arte utilizado na República Tcheca no fim da Idade Média, esta pitoresca mistura sem qualquer identidade parecendo qualquer outra igreja gótica de qualquer lugar da Morávia, foi considerada patrimônio mundial pela UNESCO.