Intel Corporation

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Intel)
Ir para: navegação, pesquisa
Atenção! Este artigo foi desenvolvido pela Microsoft! Menu canto windows.gif
E seu autor o programou no setor de R&D da Microsoft, por isso, pode conter slowdowns, travamentos, consumo excessivo de RAM, spam e Tela Azul da Morte.
Para ajuda, acesse o Centro de Ajuda e Suporte da Microsoft.
Process-stop.svg.png

 

NewBouncywikilogo.gif
Para os neo-ateus que preferem acreditar em mentiras, os supostos experts da Wikipédia têm um artigo sobre: Intel Corporation.
Intel

Os processadores menos usados do mundo !
Nomes Anteriores: Amd
Cadastro Bill gates
Proprietário Gordon Moore e Roberto carlos
Gênero Tecnológico eu acho


O logo da empresa
Filial de sucesso da Intel que criou processadores como Atom, Core 2 Duo, Core i7 para jogos pesados



Cquote1.png Você quis dizer: Internet Cquote2.png
Google sobre Intel Corporation
Cquote1.png Você quis dizer: Inutel Cquote2.png
Google sobre Intel Corporation
Cquote1.png Experimente também: Intel desaCeleron Cquote2.png
Sugestão do Google para Intel Corporation
Cquote1.png Experimente também: AMD Cquote2.png
Sugestão do Google para Intel Corporation
Cquote1.png "Pentium, a torradeira perfeita" Cquote2.png
Cozinheira sobre Intel
Cquote1.png "Onde Baixo um Pentium 4???" Cquote2.png
Loira do Orkut sobre Intel
Cquote1.png "Meu Pentium 4 consegue rodar F.E.A.R. 2 na configuração média (só que com laggg)" Cquote2.png
Eu, editor sobre Intel Pentium 4 rodando F.E.A.R. 2 com lag
Cquote1.png Intel Celeron só demora 20 minutos para iniciar o sistema Cquote2.png
Vendedor qualquer sobre Intel
Cquote1.png "Computador (L)Pentium com monitor Lcd e Windows Starter edition. è isso aí. Pentium!!!!" Cquote2.png
Casas Bahia sobre Intel
Cquote1.png A Dell recomenda. Cquote2.png
Dell sobre Intel
Cquote1.png "Qual é teu Pentium?" Cquote2.png
Noob sobre Meu PC
Cquote1.png "Você quiz dizer: Processo Interno" Cquote2.png
Google sobre Processador Intel
Cquote1.png "Intel que nada, compre o Novo Athlon 64bits X2 QuadCore ViiV Centrino Wifi Windows Linux" Cquote2.png
AMD sobre seu processador
Cquote1.png “Quad-Core? Isto non ecziste!!!" Cquote2.png
Padre Quevedo sobre Intel
Cquote1.png MeUuUxXxxxXX InTeL ÉEhHh uM MaXXiIiMuUuUuU Cquote2.png
Emo sobre Intel
Cquote1.png Pra que QuadCore? Meu Celeron roda meu servidor de Tibia sem lag... Cquote2.png
noob sobre Intel QuadCore
Cquote1.png "Mãe, compra a Barbie Intel pra mim?" Cquote2.png
Guria retardada sobre Intel"
Cquote1.png "Quem que comprar um Intel Centrino Xeon Triplo Quad Core?" Cquote2.png
Chuck Norris sobre seu processador (não duvide que ele tem um, senão...)
Cquote1.png "Meu Core i7 ta quase no nivel desse processador, quanto custa o seu?" Cquote2.png
Eu sobre Meu Core i7 e a oferta acima
Cquote1.png Amém! Cquote2.png
Papa sobre anúncio do Chuck Norris, pensando se tratar de uma oração em Hebráico
Cquote1.png “É uma linda cidade para se passar as férias” Cquote2.png
Carla Perez sobre Intel
Cquote1.png a terceira perna é exatamente o que você esta pensando Cquote2.png
Moore sobre Transistor

Inicio[editar]

Transistor,com sua avantajada "perna do meio"

Era uma vez um nerd que tinha uma obsessão bizarra por componentes eletrônicos chamado Moore, e ficava montando pecinhas como capacitores e etc em poses comprometedoras, até que um dia ele juntou dois diodos graças à física quântica, esses dois diodos fizeram a mesma coisa que a válvula, só que sem precisar esquentar, estourar depois de um tempo e ser gigante.

Ele chamou essa "peça" de Transistor, por que afinal são duas peças transando, mas logo ele condensou elas numa peça só de 3 pinos (sim, o pino do meio é exatamente o que você esta pensando), de qualquer forma, todo mundo queria aquela putaria, por que ou era a putaria, ou eram válvulas gigantescas que causavam muitos suicídios devido ao som hipnótico delas.

Aí para vender todos esses componentes tarados, ele fundou uma empresa chamada Intel, essa empresa foi um estouro, e vendeu transistores para todo mundo, inclusive a gigantesca IBM, que ficou muito grata por que além dos seus computadores agora poderem ocupar só uma sala, não mais causavam suicídio em massa/invocação da Samara, só que mesmo assim ainda eram gigantes.

A Intel estava em franca vantagem pois os japoneses tentaram copiar o transistor sem sucesso algum, pois o terceiro pino saía minúsculo e era completamente ineficaz. Este problema foi resolvido bem mais tarde com a joint-venture Japão/Congo.

Por isso o senhor Moore decidiu oferecer para a IBM uma coisa que unisse uma putaria inteira dentro de um componente, e assim eles fizeram o 4004, que era lento que nem uma tartaruga bêbada, mas abriu caminho para o 8008, 8080, 8090, 9090 (Este, uma versão mais econômica do 8090) R2D2 e C3PO.

Lei de Moore[editar]

Intel Inside Apple

Como você agora sabe, um processador nada mais é do que uma suruba de transístores, e como Moore era muito pervertido, ele proclamou que a cada 18 meses, a suruba fosse dobrada, e assim a suruba vai dobrando até os dias atuais, chegando a surubas monstruosas de 2 bilhões de transistores transando.

Era 8 bit[editar]

Apos o 8008 ter deslanchado, a intel decidiu fazer o processador mais moderno e caro da época, e forçar todo mundo a usar ele com um sistema operacional chamado CP/M,essa cpu se chamaria 8080, e custaria mais de 200 dólares.

porem, funcionários revoltados abandonaram a Intel e fundaram a Zilog, que logo soltou o Z80,que custava metade do preço do 8080,fazia tudo que ele fazia, só que com o dobro da velocidade, e ainda com instruções extra e controladora de memória GRÁTIS!,assim constituindo da primeira surra que a Intel tomou de gente clonando ela, isso sem falar é claro no massacre do 6502.

Era 16 bit[editar]

Depois a Intel fez o 8086, que seria o primeiro 16 bits deles (Meu super nintendo é mais rápido), lerdo para burro e horrível de programar, o que fez com que a IBM se apaixonasse perdidamente por ele, a partir daí o 8086 foi empregado no IBM PC.

Este virou um sucesso absoluto e esmagador, graças a sua velocidade horrível e gráficos de 4 cores, perfeito para planilhas de cálculo feitas por contadores enrolões (ou seja, a maioria deles) e para digitação de centenas de páginas de verborragia legislativa que ninguém compreende feitas por advogados prolixos (novamente a maioria dos advogados), que tornava ele terrível para jogar GTA e navegar em sites pornôs.

Ratos de computador contornaram o problema com a publicação de fotos de gostosas peladas no formato ASCII, disseminando o ASCII art nos anais da informática e assim popularizando definitivamente o 8086.

Porém, na mesma época a Motorola lançou o 68000(Um belo celular com câmera, bluetooth, mms, sms, msn, inss, nasa, iptu, batedeira, micro-ondas..., hã, não era celular? ah tá, o papo é processador... esqueci, sabe, eu trabalho na Intel.), que era bem mais rápido, barato, potente e por isso ele dominou tudo, de videogames, a computadores, a micro-ondas a androides ao Ronald Reagan, constituindo assim em mais uma surra que a Intel tomou.

Era 32 bit[editar]

Mas a Intel tinha que pagar pau para a Lei de Moore, e após um certo fracasso, ela fez o 80386! Decente, pelo menos empatando com o 68000 em performance, e trazendo o mundo dos jogos para o PC, isso até mais alguns funcionários insatisfeitos com a Intel debandarem para a AMD e fazerem o AM386, que era muito mais rápido e novamente massacrar a Intel.

E como resposta veio o poderoso Pentium! Logo massacrado pelo AMD K6, e o Pentium II que foi atacado severamente pelo K6-2, e por fim, o cartuchão Pentium III, que ia muito bem obrigado devido a Intel ter caprichado dessa vez, até a AMD lançar o Athlon e começar o massacre tudo de novo.

A Intel tentou contra atacar o Athlon com um microprocessador gigante chamado Pentium 4 e comerciais com extraterrestres, mas esse era pior do que o Pentium III e por isso nunca venceu a AMD. Os comerciais de etezinhos no entanto eram bons, e Steven Spielberg pagou vários bilhões de dólares pela equipe de propaganda da Intel, o que encheu o bolso dos acionistas e executivos da empresa.

Era 64 bit[editar]

Tampax Inside

A Intel começou mal essa era, tentando fazer uma cpu que não era x86 (PÉSSIMA ideia) e consumia MUITO, que ao menos tinha o mérito de de carregar 3000 passageiros, até bater contra um iceberg e afundar, o chamado Itanic.

E depois ela tentou revampear o Pentium 4 colando dois Pentium 4 com Super-Bonder, três Pentium 4, aumentou a velocidade, colocou turbo, colocou gasolina aditivada, etc etc, mas por mais que eles turbinassem o Pentium 4, ele ainda continuava uma porcaria muito mais lenta do que os Athlon, até que uma virada do destino aconteceu chamada Core 2 Duo!


Era 128 bit[editar]

A Intel resolve desenvolver programas que possuem a capacidade de prever o futuro e realizar cálculos extremamente avançados em pouco tempo (como o índice de masculinidade de Chuck Norris), mas para isso viu que seus meros 64 bits não era o suficiente.

Em alternativa, a Sony desenvolveu o Emotion Engine, uma pedra de silício que servia para rodar jogos para o Preisteixo 2.

Somebody set up us the bomb[editar]

A filial da Intel em Israel secretamente pegou os projetos do Pentium III (sim, aquele que era bom) e começou a brincar com ele. Quando eles mandaram o Pentium III pro espaço, ele foi quase morto durante a reentrada, mas nem tudo estava perdido! Eles resolveram que podiam reconstruir ele como um ciborgue! Afinal, eles possuíam a tecnologia.

"Mais rápido! Mais forte! Mais potente do que tudo o que já se viu! Senhores, o Pentium III será esse microprocessador!" - Citação de um fã de Bob Colwellengenheiro da Intel de Israel.

E 6 milhões de dólares depois, estava pronto um prototipo chamado Yonah.

Quando a Intel de Israel apresentou a CPU colada com baba de camelo para a Intel americana, eles riram, afinal "Cadê o turbo compressor? eca! Isso ai tem marcha manual! Porra, esse motorzinho de fusca não vai dar em nada!" e deixaram eles fazerem só uma cpuzinha de laptop.

Resultado: a CPU simplesmente massacrou todos os Pentium 4 do mercado em performance e custo-benefício (é fato conhecido que o Pentium 4 consumia 100 vezes mais do que o Yonah para fazer um décimo do serviço), e causou bizarrices como empresas lançando placas mãe moderníssimas para ele mesmo com a própria Intel não querendo, e assim a Intel of América foi ownada novamente, só dessa vez pela própria Intel! Dammit!

Mas dessa vez eles foram espertos, e ao inves de tentar fazer outra CPU podre só para vencer a eles mesmos, simplesmente entregaram os pontos para Intel de Israel e falaram "A gente desiste cacete! Façam o que quiserem!" e assim a Intel finalmente foi derrotada pela Intel com o lançamento do Core 2 Duo e Quad, que são tão poderosos, mas tão poderosos que nada da AMD até agora bateu eles.

A Intel of America continua desenvolvendo e melhorando o Pentium 4 para atender o lucrativo mercado de grelhas e de aquecedores de ar.

Intel Atom[editar]

Noutro experimento curioso, a Intel de Israel soube que Chuck Norris fazia visitas regulares a fim de treinar os esquadrões de elite israelenses na arte do Roundhouse Kick. Ela então desenvolveu um aparelho capaz de detectar o elemento químico Chuck Nórrio nas proximidades da Intel israelense, e quando finalizaram-no o aparelho apitou sem parar para a surpresa dos cientistas.

O detector não encontrou Chuck Norris, mas descobriu resíduos de Chuck Nórrio dentro de diversas mulheres israelenses as quais foram trazidas para o laboratório. A Intel descobriu que um pouco de Chuck Nórrio já era suficiente para calcular todos os segredos do Universo gastando apenas 0,000000001mW de potência. A partir daí o status do experimento foi elevado para TOP SECRET e a Intel negará quaisquer afirmações (obviamente verídicas) contidas neste artigo.

Desde o Pentium 4 e o Centrino a Intel cultiva o hobby de irritar seus clientes. Desta vez ela mantém a tradição patrocinando mini-laptops castrados com vídeo integrado e desaceleração gráfica, equipados com o invento resultante da experiência batizado de Atom, feito a partir de um único átomo de Chuck Nórrio com o restante envolto por diversas resistências elétricas para conter tamanha potência computacional, já que a Intel quer continuar mamando nas vendas dos Core 2 Duo e Quad.

Ver também[editar]

v d e h
Processadores da Intel