Juliana Canabarro

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
(Redirecionado de Juliana Cannabarro)
Ir para: navegação, pesquisa
Gauchodanc.jpg Mas bah, tchê!

Este artigo buenaço e tri-legal é do mais puro humor gaudério dos pampas, vivente, então veste tua bombacha, recolhe teu pelego no galpão e toma um mate amargo com a gente, macanudo!

Chima.jpg
Juliana Soares Canabarro
Images juliana canabarro ex bbs.jpg
Ela toma banho de roupa
Nascimento 9 de novembro de 1982
Bandeira do Brasil Brasil - Porto Alegre
Ocupação boa pergunta, o que ela faz?

Juliana Canabrava é uma das mais de 8000 Julianas que já participaram do Big Brother Brasil. No caso dela, foi o da sexta edição, em 2006. Apesar de ser gostosa e ter posado nua após o programa, é pouquíssimo lembrada pelos telespectadores, não só porque foi logo eliminada já na primeira votação do paredão, mas também por se tratar da merda que foi o BBB 6.

Carreira[editar]

Juliana no seu último grande trabalho.

Antes do BBB, era promotora de eventos, seja lá o que diabos for isso exatamente. Prestes a iniciar a faculdade de jornalismo, trancou o curso ao ser escolhida para estar no reality show. Afinal, a vaidade e a ganância de ficar rica e famosa falaram mais alto que a necessidade profissional de ter um diploma. Porém, ela acabaria se arrependendo depois, já que mal durou uma semana naquela porcaria.

Com o término do Big Brother, começaram a surgir convites para ser figurante em humorísticos, mas ela considerava aquilo extremamente degradante para sua imagem pública. Ao invés disso, preferiu escancarar a xavasca na Playboy e abrir um restaurante em São Paulo, que até hoje continua atraindo muitos clientes a fim de comer.

Após passar alguns anos afastada da mídia, Juliana tentou retomar, ou melhor, iniciar a carreira artística, e inscreveu-se no concurso 8º Integrante, que elegeria um novo membro para o falido CQC. Um tanto quanto contraditório isso, já que ela anteriormente recusou propostas de trabalhar em programas de humor e agora estava justamente querendo fazer parte de um. Tudo indicava que essa ideia acabaria em merda, e de fato acabou, já que Juliana quis processar os "homens de preto" alegando que pegaram muito pesado com ela durante a entrevista. Como resultado, sua participação foi cancelada e nem sequer chegou a ser exibida.

Indignada com o fato de que o tribunal de justiça deu vitória à Band no processo aberto por ela contra o CQC, Juliana decidiu que passaria a punir crimes e injustiças (em sua opinião pessoal, claro) por conta própria, tornando-se policial. Atualmente, é chefe de cartório em uma delegacia de polícia em Porto Alegre, sua terra natal, mas sonha em chegar ao posto de delegada. Para tanto, começou a cursar direito na FADERGS, uma faculdade gaúcha quase tão insignificante quanto ela mesma.