Katsbarnea

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Sem Graça - Aline Barros.jpg -Katsbarnea é gospel porque ser gospel tá na moda...-

...e só assiste Raul Gil.

Cuidado: Ouvir suas músicas é um perigo para o teu cérebro.


Placa80.svg

Este artigo discute coisas intrínsecas aos Anos 80's!
E vivia vendo preço ser remarcado por conta da inflação.


Wikisplode.gif
Para aqueles sem senso de humor, os espertalhões da Wikipédia têm um artigo (pouco confiável) sobre: Katsbarnea.
Katsbarnea
Makuko.jpg
Makukão, vocalista da banda.
Origem Bandeira do Brasil Brasil link={{{3}}} São Paulo
Gênero Musical Rock, blues, axé, forró
Álbum mais Vendido Acústico
Maior Sucesso Extra, Extra
Integrantes Paulin Maluko e anônimos
Influências Resgate, É o Tchan
Vícios
Cafetão/Produtor Estevam Hernandes

Cquote1.png Você quis dizer: Banda Blitz Cquote2.png
Google sobre Katsbarnea
Cquote1.png Na União Soviética, a fumaça arisca acaba com VOCÊ! Cquote2.png
Reversal Russa sobre a canção "Fumaça Arisca"
Cquote1.png Sem Brother Simion essa banda morreu, literalmente! Cquote2.png
Fã dos anos 80 sobre Katsbarnea
Cquote1.png MENTIRAAAA! Cquote2.png
Fã alienado sobre a citação acima
Cquote1.png De quem é essa voz de cantor de axé? Cquote2.png
Fã dos anos 2010 sobre Paulin Maluko
Cquote1.png Um grande grupo de axé! Cquote2.png
Carla Perez sobre Katsbarnea
Cquote1.png Deus ferirá a Ti, PAREDE BRANQUEADAAAA!!! Cquote2.png
Brother Simion sobre qualquer coisa
Katsbarnea ou Katsbarnéia ou Kats é uma banda de Rock Góxxpel Cristã Brasileira de 1988. É singular no seu estilo por ter como vocalista um cara baiano que cantava axé. Seu ex-integrante mais conhecido é o vocalista Brother Simion que deixou o grupo em 1999. Desde então o Kats está se afundando.

Integrantes[editar]

Atuais
  • Paulin Maluko: Conhecido como Paulinho Makuko é um cantor frustrado, convencido e ex-maconheiro. Conheceu Brother Simion ainda em 1988 quando foi convidado a entrar no Kats como percussionista. Saiu da banda em 1993 para cantar axé em trios elétricos gospel com seu maior hit chamado "Borboleta Psicodélica". Sua carreira sempre foi bancada pela Renascer em Cristo. Depois que o Simion saiu da banda ele foi convidado a voltar ao Kats e como não fazia sucesso em sua carreira solo foi aproveitar o sucesso de sua banda. Desde então tem afundado o Kats
  • Marrash: Ninguém sabe quem é o sujeito, toca bateria
  • Moisés Brandão: Idem
Ex-integrantes conhecidos
  • Brother Simion: Era o cara mais importante da banda: Vocalista, compositor, produtor musical, fã nº1, fundador, dono, back vocal e etc, simplesmente carregava a banda nas costas. Deixou-a após querer investir na carreira solo.
  • Déio Tambasco: Roqueiro de Cristo, sempre emitiu riffs malucos que deixavam Chimbinha de cabelo em pé. Foi o cara que segurou o sucesso da banda enquanto Paulinho Makuko a destruía com álbuns acústicos com regravações.
  • Marcelo Gasperini: Ficou quase 20 anos na banda, ninguém sabe por que saiu dela, afinal o Kats mal tem um site oficial...
  • Jadão: Durou 15 anos no Kats, saiu da banda após ataques de pelanca de Paulin Maluko
  • Tomati: Comedor de Tomati era instrumentista no programa do Jô.

História[editar]

Brother Simion, como você faz falta cara!

Brother Simion acabava de deixar de usar drogas pois havia virado um roqueiro de Cristo. Com vontade de montar uma banda saiu na noite e conheceu três pessoas: Paulin Maluko, Marcelo Gasperini e Tchu Salomão com quem fundaram o Katsbarnea.

Brother Simion escreveu todas as músicas da banda, tirando uma que Paulin Maluko fez chamada Corredor 18 que insistivelmente ele canta nos shows depois que o Simion deixou o Kats.

O primeiro disco da banda se chama O Som que Te Faz Girar, que conta as aventuras e overdoses de Brother Simion na Europa. Assim os fãs girariam com o cheiro de maconha que fluíam das músicas. Depois com o sucesso regravaram o disco com mais algumas canções e colocaram o título mais criativo possível: Katsbarnea.

Brother Simion já previa sua saída do Kats, por isso o grupo lançou em 1995 Armagedom que conta o inferno que seria sem Simion na banda. Ele saiu em 1999.

Sem vocalista a banda foi obrigada a chamar Paulin Maluko para voltar à banda. Este já tinha 3 discos de axé gravados, e como não fazia sucesso decidiu voltar como vocalista e tirar casquinha do sucesso do Kats. Como não era compositor como o Simion decidiu gravar um CD acústico ao vivo com os maiores sucessos da banda. Foi um sucesso e ganhou disco de ouro. (é claro, com as músicas do Simion...)

A partir daí alguma coisa deu errado: Chegou 2002 e não tinha repertório: O que Maluko fez? Escolheu músicas da carreira solo de Simion e gravou Profecia. Foi um fiasco! Aí Déio Tambasco, Marcelo Gasperini e Jadão saíram do Kats e o que restou foi Paulin sair também, acabando oficialmente com o Kats.

O que aconteceu? Em 2007 ele se arrependeu de novo, chamou Tambasco e Gasperini e após 12 anos sem lançar nada chegou A Tinta de Deus. Aí era tarde demais, Kats já havia se fudido há muito tempo...

Discografia[editar]

  • O Som que Te Faz Girar: Conta as aventuras de Simion usando drogas no paraíso da Europa, Amsterdã
  • Katsbarnea: Tem as músicas do anterior em CD para enganar os fãs idiotas
  • Cristo ou Barrabás?: ...
  • Armagedom: Brother Simion contava ao seu ouvinte o inferno que a banda seria sem ele
  • 10 Anos: Uma coletânea idiota lançada em 1998
  • Acústico - A Revolução está de Volta: A fase mais gay da banda - Conta com a participação especial do cafetão da Renascer, Estevam Hernandes
  • Profecia: Músicas do Brother Simion em acústico, de novo...
  • A Tinta de Deus: Foi o perdão de Paulin Maluko para os fãs do Kats. Poderia ser o melhor trabalho do Kats se ele não fosse o vocalista
  • Ao Vivo: Gravado em Salvador, foi um DVD que mistura rock com axé
  • Eis que estou a Porta e Bato: Músicas pseudointeligentes, chatas e entediantes de Makuko
  • A Carne o Sangue: Neste show, Makuko apresenta os restos mortais de quem disse para ele a famosa frase: "Prefiro o Brother Simion"

Ver também[editar]