Kevin Federline

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa

Cquote1.png Você quis dizer: Gay? Cquote2.png
Google sobre Autor sobre Assunto


Loucura total[editar]

De mãe e avós crentes e família ortodoxa, Kevin sempre foi um garoto centrado. O pai(que sofrivelmente poderia ser chamado de ser humano, do mesmo modo como se chama um Rotveiler Caolho de Meu Neném Fofo & Inofensivo) desse ser dengoso era lenhador e passou todo seu conhecimento e sabedoria ao rebento(o mesmo que se aprende com um Visigodo faminto). Todas as noites eles rezavam á rodo (era pior do que a brincadeira da pastada no primeiro que dormir) e por isso a família toda tinha olheiras que não se restringiam ou/e/an? censuravam em chegar a suas bochechas gordas e rosadas.

História[editar]

Kevin sendo entortado por um bruto depois deste chamar Britney Spears de vagabunda

Como todo maldito pivete do interior, Kevin era gay e não aguentou a vida de ar fresco e devoção á Cristo para se aventurar nas pilhas de lixo da cidade grande.Seu destino era a capital do entretenimento mundial, Las Vegas, queria ser um grande jogador de poker. Entretanto, foi assaltado(no camiho) no Rio de Janeiro. A cidade era puro luxo e glamour. A riqueza esbanjava de todos os palacetes de semi-Duques burgueses-gordos da cidade e ele realmente planejou fazer historia ali, ter um monte de empregados e uma família burguesa com ideais Neo-Socioconomistas, porque eles estavam pop's na época. Nunca teve a mínima chance. Filho de um semi-urso lenhador, com seu suado dinheiro agora sendo gasto em cocaína por um delinquente maneta e a beleza de um esquimó-caolho (que nao lhe proporcionaria uma boa renda como Puta de Aluguel), Kevin se tornou um empregado sujo e teve mais trinta anos para escutar todas as grandes reformas que seu patrão pregava sobre a política Neo-Socioeconomista.

A Volta Por Cima[editar]

Mas Kevin Não Desistiu, virou metrosexual e quando completou seus 23 decidiu que não venderia mais seu corpo para velhos homossexuais tarados e iria em busca de sua falecida. Pegou o 1º Voo Para Miami (Que Pagou com o Dinheiro da venda de Seu Barraquinho Aos Pés do Cristo). Chegando Lá, sentado a Um pé De bar, Conheceu a Pessoa que Mudaria Sua vida, Era Ela Britney Spears, a puta que rebolava e se girava por um cano enquanto praticava a arte do playback.

Dentro de Semanas Kevin Já Estava Comendo pelo cu a Britney (Sim, Acredite, apesar disso ela ainda é virgem) e em um período de 2 anos eles já tinham se multiplicados feito coelhos e já estavam separados.

A Fama[editar]

Após a Separação com Britney, Kevin viu sua vida acabada mais uma vez, até que ele teve a brilhante ideia de vender pela internet um vídeo caseiro de sexo com britney O que não Deu certo pois apesar de a garota ter 2 filhos todos sabiam que ela ainda era virgem. Kevin então tentou se lançar como um rapper branco, coisa que não deu certo! Até que Quando kevin estava para desistir e prestes a cortar seu membro, ele percebeu que todos o conheciam agora como o cara que deixou a Britney careca!

Pós-Historia[editar]

Kevin vai a uma cartomante picareta melindrosa que lhe diz para "investir em seus talentos". Com esse conselho Kevin escreveu e editou um livreto mal ilustrado chamado "O Pequeno Príncipe", conseguiu fama e sucesso, enquanto a cartomante recebe 50% dos lucros da obra e, pelo menos uma vez na vida, não foi picareta. Kevin esta morto e deixou apenas uma viúva(a cartomante melindrosa) e montes de cifras na conta da mesma, apesar de nunca ter comido ela(não se sabe se ela não deixava ou se ele não teve fé o bastante para botar a mão "naquilo")(desconfia-se que ele não quis "desvirginza-la" pois tinha medo de provar e acabar gostando)(fontes super confiaveis desmentem este fato, pois é FATO que Kevin a noite era uma Drag chamada Kevina Ferderécà). E sim, ele é gay assumido, meninas.

Ver também[editar]