Klaksvíkar Ítróttarfelag

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Klaksvíkar Ítróttarfelag
Escudo do KÍ.png
Brasão
Hino '
Nome Oficial Klakshdfhfdfvíkar Ítróttasdfsasjhhrfelag
Origem Bandeira das Ilhas Faroé Ilhas Faroé - Klaksvík
Apelidos
Torcedores
Torcidas
Fatos Inúteis
Mascote
Torcedor Ilustre
Estádio Djúpusdghggfmýra Klakgfdgdssvík
Capacidade 1.500
Sede
Presidente
Coisas do Time
Treinador
Pior Jogador da história Nuvola apps core.png
Melhor Jogador da história Crystal Clear action bookmark.svg.png Todi Jónsson
Patrocinador
Time
Material Esportivo
Liga Campeonato Feroês
Divisão Effodeildin
Títulos
Ranking Nacional
Uniformes



Cquote1.png Perder de 9x0 para um time de um país mais tradicional é normal Cquote2.png
Abel Braga na época que treinou o KÍ e instalou por lá sua filosofia de jogo que perdura até hoje

Klaksvíkar Ítróttarfelag, ficando pronunciável apenas como , é um dos mais tradicionais times de futebol das Ilhas Feroé, o que não quer dizer nada, porque numa ilhota isolada daquela basta você simplesmente saber as regras do futebol e ter mais 10 amigos que saibam para que acabe formando um time de futebol tradicional.

História[editar]

Fundação[editar]

O KÍ foi fundado em 1904, mas ter tantos anos de história não significa muita coisa, porque é preciso pular para 1942 para o primeiro registro desse time fazendo alguma coisa, que foi ser o primeiro campeão faroês, e depois pular para 1992 que é a primeira vez que o time viajou para fora da ilha para ser humilhado no continente europeu. Se as pessoas nem sabem que existe um lugar chamado "Ilhas Feroé", imagine então um time que nem o principal do país.

Disputando as porcarias europeias[editar]

A sua estreia numa competição europeia se deu pela fase preliminar dos times café-com-leite na Liga dos Campeões da UEFA de 1992-93. Danielsen foi o herói do time, marcando o gol da derrota por 6x1 no placar agregado. O adversário era o muito tradicional Skonto FC da Lativéria e resultado foi aceito como normal.

Novas humilhações viriam no cenário europeu, como 9x0 para o Grazer AK e 9x2 para o FC Újpest. O KÍ aparentemente nunca se importou muito, tratando todas essas humilhações como coisas normais. Nenhuma revolta da torcida ou reformulação do time. Como esses jogos das primeiríssimas fases ninguém assiste (a maioria nem sabe que esses jogos existem) o KÍ não se importa, então derrotas por menos de 7 gols de diferença são até consideradas boas, como o 6x0 do Molde FC e 5x0 do AIK nas Liga Europa de 2002–03 e 2003-04

Títulos[editar]

  • Campeonato feroês: 18 vezes (1942, 1945, 1952, 1953, 1954, 1956, 1957, 1958, 1961, 1966, 1967, 1968, 1969, 1970, 1972, 1991, 1999, 2019)