Léo Moura

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Leonardo da Silva Moura
Leomouracasamento.jpg
Modelo escolhido por Agostinho Carrara
Apelidos Léo Tchurak-Tchuru Tchurak-Tchuru
Nascimento 23 de Outubro de 1978
Niterói
Nacionalidade Bandeira do Brasil Brasil
Altura Sei lá
Peso Magro pa carai
Posição Lateral que tem que cruzar e voltar pra marcar
Tanto faz, ele vai errar os cruzamentos mesmo
Clubes Flamengo, Grêmio
Estilo de Jogo Cachorro castrado, nunca vai no fundo, e quando vai, não cruza


Cquote1.png O Motorzinho Leonardo Moura Cquote2.png
Téo José quando ele pega na bola
Cquote1.png Do Flamengo? É favelado! Cquote2.png
Vascaíno sobre Leonardo da Silva Moura
Cquote1.png Léo Tchurak-Tchuru Tchurak-Tchuru Mouraaaaa Mouraaaaaaaa Cquote2.png
Rock Bola sobre Leonardo da Silva Moura
Cquote1.png Mas ele também já jogou no Vasco. E aí? Cquote2.png
Flamenguista pro Vascaíno acima
Cquote1.png ... Cquote2.png
Vascaíno se esquivando
Cquote1.png Quero ver me ganhar na corrida! Cquote2.png
Usain Bolt sobre Leonardo da Silva Moura
Cquote1.png Quero ver me ganhar na corrida! Cquote2.png
Markus Winkelhock sobre Leonardo da Silva Moura
Cquote1.png EVERYOONNEE! Cquote2.png
Sargento Cross dizendo em quais grandes do Rio de Janeiro ele já jogou
Cquote1.png Você traiu o movimento andarilho, veio! Cquote2.png
Dado Dolabella sobre Leonardo da Silva Moura no Flamengo
Cquote1.png Você traiu o movimento meio-Campista veio Cquote2.png
Dado Dolabella ainda sobre Leonardo da Silva Moura

LEONARDO DA SILVA MOURA é um boleiro jogador de futebol que joga futebol (desculpem o pleonasmo), cuspido pro mundo em 23 de outubro de 1978, em Nikiti, ou seja, veio de uma família muito rica que o colocava nas melhores escolas do Rio (ou não). É do filo “Jogadoris Andarilhus”, aqueles jogadores que não sossegam o rabo num único time (bem, pelo menos era).

A Infância:[editar]

O jovem Léo era um garoto esperto: sabia que talvez pegassem no pé dele na escola, e, assim resolveu treinar numa pista de atletismo que tinha no campinho de várzea onde ele jogava futebol, então ele corria ali sempre que fazia um gol, pra comemorar, e soube usar a experiência pra se livrar dos Bullies na escola. Enquanto corria deles uma vez, um olheiro do Flamengo viu que aquele gurizinho veloz seria um bom meio-Campista pro futuro, já que aquela geração dos anos 80 não jogaria pra sempre (pelo menos era o que se sabia).

Após alguns anos, havia superlotação no Flamengo, e Léo, orgulhoso, resolve disputar na corrida a última vaga no time de base contra um moleque desconhecido e que nem imaginava que escreveria um nome no futebol: um tal de Sávio, que acabou ganhando na corrida e o tirando do time.

Triste e deprimido e, numa crise emo, chorando por motivos insignificantes, resolve ir pro lado choroso do Rio, migrando pro Botafogo (o cara vai chorando pro Botafogo, e ainda com a fama que tem. De fato, tem coisas que só acontecem com o Botafogo).

Profissionalmente:[editar]

Que merda é essa no meu braço?

Como a vida no Botafogo é mais tranquila e com menos concorrência que no lado Urubuzesco do Rio, ele conseguiu uma vaga pra jogar profissionalmente, e finalmente entrar nesse maravilhoso mundo de carrões, baladas, jornalistas babás que se sustentam com essas baladas e Marias-Chuteiras pra foder a vida deles (e com eles também, com duplo sentido). Jogou, na verdade, correu mais que jogou.

O que foi suficiente pra ser vendido pra Europa, naquele esquema pilantra de “ter que vender jogadores pra terminar o ano no azul”. Real Madrid? Barcelona? Manchester United? Milan? Juventus? Não! A necessidade de vendê-lo era tanta que ele foi parar no Germinal Beerschot, na Bélgica, onde traiu o movimento Meio-Campista, migrando pro Movimento Lateral.

O fato do time se chamar “Germinal Beerschot”, que, com o prefixo “Beer” no nome do time, convenceu os chorões botafoguenses, que têm fama de bêbados, e o maior ídolo deles morreu por causa disso e outras coisas mais. Lá durou um ano, saiu com as gostosonas que cantam House Music por lá, as traçou, ganhou uma espanhola da AnnaGrace, mas, teve que sair correndo de lá porque o noivo dela soube da história, e por causa das Teorias da Conspiração que inventaram em torno dele.

Foi pro país vizinho onde a putaria é liberada por lei, ou seja, lugar dos sonhos de um boleiro: foi jogar no ADO A ADO Cada Um No Seu Quadrado Den Haag, mais uma vez durou apenas 1 ano, até o Botafogo recontratá-lo. Com potencial de ser um andarilho do futebol, ele se manda do Botafogo depois de... 1 ano (de novo), indo pro Vasco, passou uns dias lá, comeu bacalhau e cacetinhos na Padaria do Manoel, jogar com Romário e Euller, mas, não durou muito lá porque não queria ser coadjuvante, e foi cair pra Segundona, digo, jogar no Palmeiras, cometendo a cagada épica de trocar um time com o Romário por um que ia cair. Após cair, ele traiu o Lado Azul da Força, migrando pro Rosa, indo jogar em 2 colônias gays simultaneamente: São Paulo e Fluminense, sem preconceitos, ele só queria bater o recorde de jogador que jogou em mais times no mundo.

Não ganhou porra nenhuma nesses anos de carreira, estava caindo em contradição e voltou a estar deprimido por isso, e, recebe um convite pra voltar ao Lado Azul da Força, ir pra Portugal, voltar a comer bacalhau e ganhar um pouco de dinheiro no Sporting Braga.

No Flamengo: Traindo o Movimento Andarilho:[editar]

Em 2005, o Flamengo tava falido, e precisava de jogadores baratos, já que tinham torrado toda a grana com prostitutas e drogas. Assim, Léo consegue a proeza de jogar nos 4 grandes do Rio. Correu no Copa Zveiter/Kia, salvou o time do rebaixamento e, depois de quase 10 anos sem ganhar nada, finalmente consegue criar vergonha na cara e conseguir ganhar algo e sossegar o rabo um pouquinho, comer a Perlla, sem saber que ela seria a Maria-Chuteira número 1 do Flamengo, e aprender a importância do “amor a camisa”, como aquele cara que se formou na faculdade e quer escolher só uma mulher pro resto da vida, ele escolheu um time pra sossegar (ou não), xingar a torcida corneta e tudo mais que há na vida dos jogadores.