Lana Parrilla

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
I love nerds.jpg

Sim, nerds gostosas existem!
E por mais que você não acredite, este artigo trata sobre uma delas!

Cquote1.svg Você quis dizer: Regina Mills Cquote1.svg
Google sobre Lana Parrilla
Cquote1.svg Queria pra mim! Cquote2.svg
Jennifer Morrison sobre Lana Parrilla

Lana Bonita Parrilla (15 de julho de 1977) é uma atriz estadunidense com descendência porto-riquenha, conhecida por seus diversos trabalhos em filmes e seriados e pelos vários prêmios que ganhou com suas interpretações. Em outras palavras, ela é o raríssimo protótipo de atriz que mesmo sendo americana, consegue ser uma nerd gostosa.

Vida e Obras Biografia[editar]

Cquote1.svg Posso estar quarentona, mas ainda deixo muita novinha no chinelo. Cquote2.svg

Lana nasceu no Brooklyn, na área das poucas famílias ricas de lá. Veio de uma família super bem sucedida, seu pai era um jogador profissional de beisebol muito famoso que ganhava vários milhões de reais por mês e sua mãe além de pintora, era bancária. Com uma família assim, seu futuro era obviamente promissor.

Desde pequena foi bem ensinada sobre todas as áreas possíveis na qual podia se especializar, se destacando um pouco mais na área artística. Em um certo dia seus pais brigaram bastante, pois um achava que a teoria específica da física quântica é uma coisa e o outro achava que era outra coisa. Por causa disso, se divorciaram e ela passou a viver em duas casas, um ano na casa do pai e outro ano na casa da mãe e vice-versa.

Aos seus 10 anos, sua mãe saiu para apresentar um teorema de pintura clássica em uma universidade qualquer e deixou a filha sozinha em casa. Lana viu um gato escaldado correndo perto de sua janela e ela saiu para ver, mas ela não viu o cão feroz e raivoso que perseguia o gato e ela acabou levando uma chocante mordida na boca. Ela ganhou uma pequena cicatriz em cima do lábio mas você não liga pra isso. Aos 16 anos, aconteceu outra desgraça em sua vida, seu pai foi morto por um fã alucinado de beisebol, no fim ela teve que dividir com sua mãe a herança.

Não, ela não chama a atenção por onde passa.

Já com 22 anos, ela decidiu entrar definitivamente no ramo artístico e começou a participar de vários filmes e séries de tudo que é gênero. Já participou de séries notáveis como 24 horas, Lost, Six Feet Under e diversas outras, conseguindo algum mísero destaque por suas atuações (exceto em Lost, mas quem se destaca em uma série cheia de personagens aleatórios feitos para morrer?). De toda a sua carreira, o seu papel de maior destaque foi interpretando a semi-vilã e semi-mocinha Regina Mills na encantada série Once Upon a Time, onde roubou o protagonismo de sua ex-peguete Jennifer Morrison e atuou até o fim da série.

Depois de um tempo acabou se casando com o sortudo Alfredo Di Blasio, sendo que tiveram que se casar as escondidas para que a antiga intenção amorosa de Lana, a atriz Jennifer Morrison, não tentasse estragar tudo. Após o casamento, Lana virou madrasta de três crianças.

Desde o início de 2017, a MILF nerd resolveu dar uma repaginada na rotina, assim frequentando diversas baladas e passou a deixar de lado seus afazeres familiares, ela simplesmente passou a agir como se seu marido não existisse, o destrato com ele foi tanto que se separaram no ano seguinte. Mas e daí? Até parece que a existência dele fosse de muita utilidade e com o divórcio hoje ela está livre, leve e solta dando a perereca e comendo umas também toda hora.