Lesbos

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Greece-flag copy.jpg "ΑΝΕΓΚΥΚΛΟΠΑΙΔΕΙΑ Η ΘΑΝΑΤΟΣ!!!"

Re, este artigo é grego! Ele come churrasco grego, joga tudo na janela do carro quando acaba e gosta de ganhar de Portugal na Eurocopa, além de estar endividado pra caralho.

Botina.jpg Este artigo pode levar-te para o Lado Azul da Força!

Este artigo contém fatos sobre sapatas e adora carne mijada.

LesboKiss.gif
DramaticQuestionMark.png
Você sabia que...
  • ...o gentílico de Lesbos é lésbica

A Ilha de Lesbos localiza-se no meio do Mar Egeu próxima da ilha do Santuário da Grécia, foi a primeira região no mundo a registrar acontecimentos maliciosos entre duas aranhas.

História[editar]

Turistas visitando a Ilha de Lesbos.

Lesbos foi criada por Safo, a primeira sapatão da história, que cansada de homens, criou a Ilha de Lesbos, e chamou todas as menininhas igualmente insatisfeitas com homens a irem colonizar Lesbos.

Originalmente foi colonizado por Loiras Suecas durante a Era Viking, após o fim dessa linhagem, anexou-se aos gregos que durante a história, principalmente nas culturas espartanas deportavam para a ilha as lésbicas, uma vergonha para a cultura grega.

No início a vida era dura, porém as habitantes da ilha foram conseguindo se desenvolver e poder executar seus mais diversos gostos sexuais sem se importar com ninguém. Personagem importante da ilha foi a poeta e cantora de MPG (Música Popular Grega) Safo, que viveu no local com sua amiga Sandrão.

O grande acontecimento épico histórico que não pode faltar em territórios gregos, foram o episódio das 300 de Lesbos. No século VII A.C, houve uma imensa orgia entre 300 lésbicas, record até hoje não batido.

Separou-se da Grécia recentemente por não admitir a ditadura de Nikos Petrakis e de seu primeiro-ministro Takis Tsoukalas do partido Ante Geia.

Demografia[editar]

Se por um lado um homem heterossexual não vai conseguir coisa alguma na Ilha de Lesbos, pelo menos se ele for voyeur, a ilha é um prato cheio.

Economia[editar]

A ilha vive da fabricação de sapatos femininos como o All Star, Conga, Kichute e o sapatão 44 bico largo, além de vários tipos de cuecas; São também organizados diversos campeonatos de briga de aranha e futebol, e participação de novelas da Rede Globo.

Personalidades locais[editar]

Habitantes da Ilha de Lesbos se beijando