Lindsay Lohan

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Esta página se adequa à Nova Política de Conteúdo Sexual.
Conteúdo impróprio para menores de 18 anos! Tirem as crianças da sala! Este artigo tem conteúdo impróprio para menores!
Este artigo pode conter pornografia pesada ou leve. De preferência, leia-o de olhos fechados...

Se ele estiver cometendo uma infração à Política de Conteúdo Sexual, por favor, reporte à moderação.
ESTE ARTIGO É SOBRE UMA EX-GOSTOSA!!

Se você acha que ela está enrugada, gorda ou morta e enterrada, é porque o Tempo, o grande comedor, também traçou esta. Respeite os veteranos e não vandalize este artigo! Gerações passadas já homenagearam na intimidade do banheiro esta

EX-GOSTOSA

Luana piovani a puta do elevador.png
Platéia vazia.jpg Please STOP the music!

Este artigo se trata de cantores, bandas ou músicas cantadas muito, mas MUITO mal.

213442112.gif Lindsay Lohan dá um tapa na pantera!

E é aprovado pelo Tio Bob!

Clique aqui se você quiser dar um tapa também.

Emblem-sound.svg Lindsay Lohan
Lindsay-lohan-10-6-09.jpg
Ela é um exemplo de beleza feminina. Ou não.
Nome Lindsey Lorran
Origem Bandeira dos Estados Unidos Estados Unidos Los Angeles
Sexo Anal
Instrumentos
Nuvola apps kcmmidi.svg
ela pensa que sabe tocar guitarra
Gênero Fluído
Influências Álcool, heroína, cocaína e ecstase
Nível de Habilidade Icon 00 percent.png
Aparência Já foi comestível
Plásticas Todas já inventadas para humanos e macacos
Vícios
Nuvola apps atlantik.png
Não usar calcinha
Cafetão/Produtor
Crystal Clear action bookmark.svg
Disney


Cquote1.svg Você quis dizer: Hilary Duff Cquote1.svg
Google sobre Lindsay Lohan
Cquote1.svg Você quis dizer: Lindsay Louca Cquote1.svg
Google sobre Lindsay Lohan
Cquote1.svg Você quis dizer: Aspirador de Cquote1.svg
Google sobre Lindsay Lohan
Cquote1.svg Você quis dizer: Barraco Cquote1.svg
Google sobre Lindsay Lohan
Cquote1.svg Você quis dizer: prisioneira nº 134254320 Cquote1.svg
Google sobre Lindsay Lohan
Cquote1.svg Você quis dizer: Desvairada Cquote1.svg
Google sobre Lindsay Lohan
Cquote1.svg Eu sou mais louca que ela Cquote2.svg
Kesha sobre Lindsay Lohan
Cquote1.svg I kissed a girl and I liked it... Cquote2.svg
Lindsay cantando
Cquote1.svg Quando sai, nunca me chama! Cquote2.svg
Calcinha sobre Lindsay Lohan
Cquote1.svg Mó chegada... Compra sempre uns baseado com a gente, morô? Cquote2.svg
PCC sobre Lindsay Lohan
Cquote1.svg Quem? Cquote2.svg
Decência sobre Lindsay Lohan

Antes de cheirar gatinhos e virar anoréxica, Lindsay era bem gostosinha... Pena que ela não gosta de você, mas da sua irmã.


Lindsay Lohan é mais uma dessas ex-cantrizes mirim da Disney que ficaram traumatizadas pela fama de Hollywood, do gênero Britney Spears. Ela quase que ia mandando a carreira pelo cano abaixo devido aos seus diversos escândalos (de cheiramento de gatinhos, sexuais, etc.) mas por algum motivo voltou e está mais desesperada por fama do que nunca.

Ao contrário das suas miguxas mirim da Década de 2000, Lindsay (ou "Lilo" como é apelidada pelas gurias retardadas pelos seus fãs) nunca foi propriamente gostosa... e "bonitinha" era o mais simpático que se podia dizer dela, já que era daquelas gurias muito sem graça, magricela e sardenta, e, portanto, resolveu entulhar-se de cirurgia plástica, tinturas e outros tarecos, o que deu merda e, com apenas 20 e tal anos, já parecia ter mais de 50.

Infância[editar]

Feliz por ter esse artigo na Desciclopédia.

Filha de Michael Lohan (um empresário de negócios obscuros) e Dina Lohan (ex-stripper bailarina e cantora drogada), Lindsay é a segunda filha mais velha de 4 irmãos, pelo que sempre levou com as putarias de sua mãe, que entretanto (tal como todas as ex-famosas cujo tempo já passou) virou socialite.

Seu pai odiava a esposa (a mãe de Lilo) e estava arrependido de ter casado com ela e ter dito que ela era linda... assim colocou o nome "Lindsay" porque colocando um "B" antes de "L" ficava "Blind", que significa "cego(a)" (para você que é burro). E "say" significa "dizer". Ou seja: ele estava cego quando disse que Dina (mãe de Lindsay) era "linda". E para não ficar "Blindsay", tirou o "B" e a guria ficou esse nome lindão. "Lohan" é, na verdade, o sobrenome da sua mãe, que, como prostituta cantora afamada lá nos States (Ou não), era carinhosamente chamada de "Nahola" ("Lohan" escrito ao contrário e com o acréscimo do "A").

A própria Lilo sempre detestou o pai por causa do significado do seu nome e chegou mesmo a cortar o mal pela raiz relações com ele, sempre tendo sido mais próxima da mãe (o que explica sua natural inclinação para a putaria e escândalos sexuais diversos). Também foi da mãe que herdou seu gosto por cheirar gatinhos indefesos, já que a própria Dina é, também, uma conhecida consumidora do pó mágico.

Carreira[editar]

Lindsay aos 23 anos… que mais parecem mais de 50.

A mãe de Lindsay não descansou enquanto a filha não alcançasse o sucesso que ela nunca teve (afinal não passava de uma sub-celebridade), portanto, mal a guria fez 3 anos (e mal sabia falar) a colocou como modelo de uma qualquer agência pedófila de Hollywood chamada "Ford Models". A pequena Lindsay era ruiva, o que a mãe aproveitou se auto- a promover, pois a criança era a primeira modelo ruiva infantil lá do sítio. Ela fez mais de 80 comerciais para a TV, de marcas de renome da indústria da moda como Jello, Pizza Hut e Wendy's.

LiLo pensando nas suas escolhas de vida de merda... possivelmente depois de cheirar gatinhos.

Em 1998, consegue contrato com a Disney para uma comédia qualquer de gurias retardadas intrometidas, Operação Cupido. A Disney, que pensou ter encontrado em Lohan o seu astro patricinha de excelência (apesar da concorrência apertada de Hillary Duff) para fazer frente à sua grande rival, a Nickelodeon, e, por isso, vai continuar promovendo-a e lhe dando trabalho em vários filmes de merda sucesso até 2005. Toda a mídia (paga pela Disney, claro está) babava-ovo para ela, dizendo que era uma gracinha, uma mocinha de bem, uma das melhores atrizes da sua geração, etc.

Em 2002, Lohan "aprendeu" a cantar e tocar guitarra para mais um dos seus filmes irritantes da Disney e ficou com a ilusão de ser talentosa para a música e, portanto, em 2004 revolve vir sangrar infernizar os ouvidos alheios com seu primeiro álbum. Speak (que só fez sucesso entre seus fãs retardados, já que a crítica foi arrasadora). Esse, que devia ser o primeiro e último, logo foi seguido de um segundo, logo em 2005.

Quando se sentir em baixo, se lembre que a bunda de Lindsay Lohan está pior do que você.

A partir de 2007 sua carreira começa indo pelo cano abaixo por conta de seus múltiplos escândalos de prisão, droga, sexo, amizade com Paris Hilton e outras drogadas famosas. Ela se entulha de porcaria no rosto, botox (que dizem que usa desde os 19 anos), cirurgia plástica, e fica feia para caralho (talvez mais até que a Donatella Versace...), a pobre coitada (que de pobre não tem nada, já que tinha os cofres cheios). Começa pintando seu cabelo de várias cores: já foi de ruiva a loira e até morena. Começou a surtar que nem a miguxa Britney Spears e foi várias vezes para a rehab. A mocinha quase-gostosa de antes virou louca, puta de luxo e pseudo-cantora.

Por conta de tudo isso, a Disney cortou relações com ela, e Lohan só consegue bancar papel em filmes de quarta ou quinta categoria e chega mesmo a ganhar o prestigiado prêmio cinematográfico Framboesa de Ouro por "pior atriz do ano". Ela tenta regressar várias vezes, mas nem Hollywood quer essa porra. Em 2012, vai posar nua para a Playboy para tentar captar a atenção da comunidade punheteira mas ela está tão desfigurada que nem todo o photoshop, maquiagem e produção do mundo a conseguem salvar... Em 2014, vai no programa da Oprah chorar sua vida triste, mas nem isso faz com que os produtores de cinema tenham pena dela. Já sem opções, tem de ir fazer séries televisivas medíocres em 2015. Em 2017, tenta puxar o pé de Harvey Weinstein, ao defendé-lo das 119233 acusações de assédio sexual e estrupo, pensando que o magnata se ia safar da prisão mas seu plano deu merda e ela só se enterrou ainda mais e manchou sua reputação (que já está mais suja do que o Rio Ganges há mais de uma década, de qualquer maneira, mesmo...) Já sem ideias, em 2018 faz o que todas as sub-celebridades fazem para não cair no esquecimento: um reality show, mas como ela é milionária, compra ganha o seu próprio programa na MTV, uma imbecilidade passada na praia que ninguém para além de gays veem (e é só por causa de seu co-apresentador viado).

Lindsay antes (em 2004)...
... e Lindsay agora!

Filmografia[editar]

A mais relevante conhecida, pelo menos...

  • 1998: Operação Cupido - Sua estreia no cinema na Disney, interpreta duas gurias retardadas gêmeas, que fazem uma operação siririca arrombada para a mãe e o pai;
  • 2000: A Boneca Que Virou Gente - Mais uma produção da Disney para gurias retardas;
  • 2002: Seguindo as Pistas - O mesmo de cima;
  • 2002: Sexta-Feira Muito Louca - Uma sexta-feira do cu aberto;
  • 2004: Confissões de Uma Adolescente em Crise - Mais um desses filmes para adolescentes da Disney, mas nesse caso ela é viciada em beber semen;
  • 2004: Meninas Malvadas - Um filme de pattys retardadas e boqueteiras;
  • 2005: Herbie - Meu Fusca Turbinado - É a protagonista desse filme que conta a estôria de Herbie, um vibrador turbinado;
  • 2005: Sorte no Amor - Mais uma dessas comédias românticas retardadas;
  • 2006: Bobby - A estôria de Bobby, que comeu e não pagou;
  • 2006: O Amor não Tira Férias - Quando sua carreira começa a ir pelo cano abaixo, já tem de fazer cameo;
  • 2013: Todo Mundo em Pânico 5 - Lindsay contra-ataca como ela mesma, de novo.

Discografia[editar]

2004: Speak[editar]

Título em português: "Gemer"

Só se conhece o single "Rumors" (em português: fofocas), e nem se sabe se isso tem mais músicas (esperamos que não!)

2005: A Little More Personal (Raw) [editar]

Título em português: "Um Pouco mais de Cocaína"

Só se conhecem os singles "Over... After Fucking!" (Terminei Após a Transa) e "First" (Primeira foda) e ninguém escutou o resto.

Singles[editar]

  • 2005: Confessions of a Broken Heart (Confessoes de Uma Puta quebrada)
  • 2006: Don't Move On - (Mova seu Pênis)
  • 2018: Bossy - (Voltei... para encher seu saco)

Vida Pessoal[editar]

Lindsay não gosta de calcinhas... nem de tarjas.

Mal fez 18 anos, Lindsay sai de casa dos pais e se muda para Los Angeles indo viver para o apartamento da sua miguxa coleguinha lésbica da Disney Raven-Symoné durante uns tempos. Foi nesse período que aprendeu que também gostava de transar de tesourinha, mas só se viria a assumir sua bissexualidade em 2008, quando começa namorando a DJ Samantha Ronson. Depois de muita confusão, elas acabaram terminando o relacionamento em 2009, mas reataram passados uns meses, e terminam de novo e de vez. A partir daí, so tem namorado homem, de preferência rico (e nem milionários russos escapam), já que seu "estilo de vida" a levará à ruína (mais cedo ou mais tarde).

Mesmo antes do seu consumo exacerbado de químicos modificadores do comportamento humano, Lindsay era conhecida por ser barraqueira, sempre armando confusão com suas miguxas Hilary Duff e Ashlee Simpson. A primeira briga foi quando Hilary descobriu que seu namorado, o galã genérico Aaron Carter, estava transando com Lindsay e Ashlee. Aaron disse que elas haviam levado ele a força para um motel, tiraram a roupa dele e o forçaram a transar com elas... E a burra da Hilary acreditou e armou o maior barraco com as duas. Lindsay e Ashlee, que eram super amigas na altura, sempre venciam a briga por ser maioria. Depois, as três brigaram porque o galinha do Aaron Carter beijou as duas e depois inventou a mesma desculpa para Hilary, dizendo que elas tinham beijado ele. E, de novo, ela acreditou. Mas, dessa vez, as três ficaram brigadas, e a amizade entre Lindsay e Ashlee acabou de vez.

Consumo de droga em excesso dá nisto.

Depois de perder suas miguxas, faz amizade com Paris Hilton, que logo a apresenta a Nicole Ritchie, Kate Moss e Amanda Bynes, que a iniciam no mundo da cocaína, heroína, maconha, pinga, Bulimia e não usar calcinha em público. Lindsay já estava familirizada com o pó por conta de sua mãe drogada, portanto isso não era nenhuma novidade para ela. Mas, ainda assim, começou indo a festas, aparecer despirocada em boates e outros eventos de Hollywood cheios de drogados famosos. Em 2004 começou a envolver-se em acidentes de viação, bater com o carro... Começou fumando, cheirando e bebendo 300 vezes, foi presa não se sabe quantas vezes, pegou condicional... mas botou as culpas nos paparazzi. Até 2010, foi pega desobedecendo ordens da polícia e dirigindo bêbada que nem uma porca, e pegou mais três meses de prisão. Foi fotografa nua, provavelmente se prostituindo para pagar pelas drogas e papéis de cinema merdosos. Só depois de aprontar mil e um barracos diferentes, vai para a rehab da zelite.

Atualmente, ela diz estar limpa das drogas (O RLY?), mas ganhou o vício do botox, continuando a cagar cada vez mais o seu rosto (como se este já não estivesse arruinado o suficiente), estando mais parecida com o Golum a cada ano que passa...

Galeria[editar]

Afiliados[editar]

Seres semelhantes:

v d e h