Luison

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Zeu.jpg Oh my God!!

Este artigo se trata de algum(a) deus(a) que foi ou ainda é adorado por milhões de pessoas em algum templo. Se vandalizar esse artigo, Kratos lhe pagará uma passagem só de ida para o Submundo.

Night creature.JPG Luison surgiu das trevas!!

E à meia-noite vai levar a tua alma!

Puro osso.gif
NovoWikisplode.gif
A nossa sátira autorizada, a Wikipédia, tem um artigo sobre: Luison.
Luison
Isso não parece um Lobisomen
Isso não parece um Lobisomen
Classificação científica
Reino: Folclorico
Filo: Filosóficia
Classe: Lenda Urbania
Ordem: Através do Caozium
Família: Diabolium
Gênero: Deus da Mortium
Espécies

Lobizón; Luisito; Juicho; Luisõ; WTF Lulasonaro

Cquote1.png Você quis dizer: Lobisomen da mitologia BR Cquote2.png
Google sobre Luison
Cquote1.png Experimente também: Shinigami Cquote2.png
Sugestão do Google para Luison
Cquote1.png Faz parte do panteão tupi-guarani, sendo o nosso brother deus da morte Cquote2.png
Tupã sobre Luison
Cquote1.png Já dei pra ele, e foi grotesco! Cquote2.png
Iara sobre Luison
Cquote1.png Nunca ouvi falar Cquote2.png
Brasileiro Noob sobre não conhecer sua própria cultura
Cquote1.png Nunca ouvi falar desse ai Cquote2.png
Argentino sobre também não conhecer sua própria cultura
Cquote1.png Na moral, ate eu sou muito mais conhecido que essa lenda folclorica ai Cquote2.png
Ocultista do Acre sobre Luison
Cquote1.png Não mais que eu! Cquote2.png
Saci Pererê sobre citação acima
Cquote1.png O Lui é de Luís Inácio e o Son e Bolsonaro! Cquote2.png
Politicagem sobre Luison
Cquote1.png Capitão América referência.jpg Cquote2.png
Capitão América sobre as referências presentes no sincretismo presente em Luison
Cquote1.png Se ele é uma persorificação da Morte, deveria ter uma foice na mão! Cquote2.png
Metaleiro sobre Luison
Cquote1.png E eu carrego uma foice por acaso? Cquote2.png
Hela sobre citação acima
Cquote1.png Da zero pra ele.jpg Cquote2.png
Chaves (personagem) sobre sobre a conversa acima

Luison é ninguém menos que um dos deuses da Mitologia Guarani, que por sinal ainda é extremamente desconhecida pelos próprios brasileiros nos dias de hoje. O nome dele surgiu da palavra Lobizón, que lá na Argentina quer dizer Lobisomen, por isso os indios plagiaram conteúdo lá de Licantropia e criaram esse figura ai. Só que o Lusion é um pouquinho mais original, já que ele é um deus da morte que adora trazer a destruição e ter aqueles habitos nortunos de andar em cemitérios, sendo um verdadeiro gótico raiz.

Origem[editar]

Luison quando ainda era humano, agora sim ele lembra bastante um Lobisomen!.

Reza as lendas que antes desse ser se tornar o medonho senhor dos mortos ao estilo Hades, ele era mero moral como qualquer ser humaninho descente, mais especificamente, um cidadão brasileiro chamado Luis Bolsonaro da Silva (atentendo pelo apelido de amigos de infância: Lulassonaro). O garoto era o sétimo e último filho de Tau e Kerana, que segundos as lendas indigenas eram seres malégnos, por isso que o pequeno Luis tinha uma aparência vagamente humana, mas que dizia as patricinhas e meninas da sua escola ser extremamente feia, até horrenda! Bem, nessa parta da história podemos vê que o nosso personagem possuí aquela arquetipo de ser o cara excluído, já que as gatinhas não queriam namorar com ele por ser feio igual você, mas não dá pra tirá razão nisso porque não era só o defeito de feiura que ele sofria! Para começo de conversa, ele tinha cabelos combridos e sujos que viviam caindo para cobrir boa parte de sua forma (mas isso foi só em uma fase da adolecencia, onde o moleque tava querendo desaparecer), além de uma pele e olhos pálidos e doentios (motivo esse pelo qual se tornou um ilustre exemplo de gótico niilista), mas o que matava mesmo era o seu odor constante igual Cascão, de fétido de morte e decadência.

Bem, depois de tudo o que descrevemos aqui, Luis era um cara tão assustador e repulsivo tanto em sua aparência quando em presença, que só dele ir pra escola ou chegar em qualquer lugar ele naturalmente já instigaria terror em qualquer um! Porém, nada disso era o que essa criança desejava, como qualquer Patinho Feio da vida ele só queria fazer amigos. Além é claro de descolar uma namorada (gótica de preferência), mas nenhuma dava bola pro coitado por causa da sua maldição de inhaca podre. Então Luis ficou muito puto da vida e decidiu seguir uma filosofia de niilismo absoluto e fuder com toda a humanidade de vez. Nisso ele assumi uma nova identidade e passaria a se chamar Luison e oculparia a função de deus da morte! Atacando pessoas no cemitério cumbrindo com a sua função de Ceifador Sinistro dando uma justificativa para suas maldades (motivo esse pelo qual Tupã, Iara e os outros deuses nunca mecheram com ele).

"Este esboço é fraco. Você pode ajudar o artigo
dando Biotônico Fontoura a ele .