Mágico

Origem: Desciclopédia, a enciclopédia livre de conteúdo.
Ir para: navegação, pesquisa
Harrypotterputa.jpg Hocus Pocus!

Este artigo se trata de charlatanismo magia, encantos e todo tipo de macumba. Ele serra pessoas ao meio, tira coelho de cartola, faz vodu e adora uma varinha mágica. Se vandalizar, Houdini fará você desaparecer.

Cquote1.png MAMÃÃÃIIIIIIIIII ShOwZiNhUU do MaGiCuZiNhuu!!Me Leva! Cquote2.png
Guria Retardada sobre Mágico
Cquote1.png E agora uma mágica que ninguém nunca viu! Cquote2.png
Mágico falando após fazer o número 100.000 de vezes.
Cquote1.png É a coisinha Mais Tchuqui Tchuqui da Televisão Brasileira! Cquote2.png
Marcelo Tas sobre Mágico
Cquote1.png Muitos dizem que fantasmas não existem... Mas se mágicos existem por que não nós existimos? Cquote2.png
Fantasma indignado.
Cquote1.png Tenho Medo Cquote2.png
Regina Duarte sobre Mágico

História[editar]

Um exemplo de mágico suspeito.

Os Mágicos surgiram apróximadamente em 1200 a.C onde um velho senhor chamado Cotoque-toque fazia truques mirabolantes que segundo ele era dado pelo cara lá de cima. Seu ditado era:"O que seria dos espertos sem os idiotas?" mas o público alvo era idiota o suficiente para não se dar conta de que Cotoque estava os chamando quase que não-subliminarmente de idiotas. A tradição de Cotoque-toque foi levada de geração em geração; mas na idade média um mágico acabou por na falta do que fazer quebrar a tradição e espalhar o segredo á um humano sem o sangue cotoque-tense. Mal sabia ele que tal passoa era logo um paparazzi que públicou na Idade News. O rei impressionado mandou matar o Cotoque-tense e todos os que compraram o manual de magia por alegar eles serem Bruxos. Assim nenhum descendente cotoque-tense existe hoje em dia.

Objetivos[editar]

Existem várias mágicas mirabolantes mágicamentegníficas famosas. Aqui, apresento algumas das mágicas mais mágicamentegníficas que já passaram pelas mãos do Coelhinho da Páscoa, Papai Noel, Fada dos Dentes, Cuca, Saci, Lobisomem, Mula-Sem-Cabeça, Dona Benta, Montros Espaguetes do Espaço, Homens Barbudos que ficam sentados no Céu rodeados por homossexuais alados, Mr. Merda, e pelo cara barbudo ali da esquina:

  • Flutuação de uma mulher: aquela em que o mágico pega uma mulher gostosa para caramba e dá uns "pega" nela atrás da cortina. Então ele vai para o palco e pega a mulher gostosa que ele deu uns "pega". Então ela deita na frente dele, deu em cima do seu pau. Então, começa a fazer caretas sensuais pra ele e aquela coisa começa a subir, e ela junto, até que PUF! ela está flutuando. Mágico.
  • Serrando uma pessoa: Primeiro, ele se prepara todo. Dá uma olhadas em algumas "revistinhas ingênuas" e vai para o palco, onde ele anteriormente pôs uma foto do Jô, como broxa, para se alguma coisa dê errada. Então ele vai para o palco e diz: "Agora, irei esporrar serrar uma mulher ao meio!" E os retardados dizem: "WOOOOOOOOOOOW". Então, os Descíclopes salvam: "Foda-se, seu viado!" Ele faz a mulher entrar na caixa de madeira que existe ali dentro. Então faz uns gestos bichas com as mãos e começa a "bater uma" no palco. Aí ele goza. Mas sua porra é tão forte, que chega a ser ácida. Logo, quando ela pega na madeira, começa a corroer, corroendo também a gostosa dentro dele. Então, ele a "serra" com sua porra encantada. Mágico.
  • Tirando um coelho da cartola: você sabe por que o fundo da cartola é preto? Não? Nem eu. u.u

Locais de Trabalho[editar]

Ver Também[editar]